Conecte-se agora

Mulheres de faccionados do B13 e CV não farão mais visitas íntimas até segunda ordem

Publicado

em

Um protesto inusitado deve mexer com as estruturas das Forças de Segurança nesta semana. As mulheres e familiares dos detentos do presídio Francisco D’Oliveira Conde e Antônio Amaro Alves, em Rio Branco, ligadas as facções criminosas Bonde dos 13 e Comando Vermelho, se unirão, não precisamente pelo fim da guerra pelo controle do tráfico de drogas e armas, que nos últimos anos já vitimou mais 1.400 pessoas no Estado, mas sim por uma situação que vem se tornando comum em bairros periféricos de Rio Branco: pessoas inocentes que são parentes de presos estão sendo expulsas de suas casas a base de coação e ameaça por membros de facções rivais.

A medida drástica tomada por essas mulheres é a suspensão das visitas íntimas e familiares que ocorrem durante a semana, o que pode ocasionar uma série de contratempos no Sistema Penitenciário do Acre. “Nós não compactuamos com essas atitudes de membros faccionados que vem tomando conta do nosso estado de impedir as famílias de não ter acesso de suas residências ,onde a casa é algo inviolável”, disse uma das mulheres que não quis se identificar por medo de morrer.

“Esse tratamento não está sendo aceito. Temos familiares que não precisam está passando por isso. Não tem nada a ver com essa guerra onde idosos, crianças, pessoas que são da igreja, que não vivem do crime, que apenas para não abandonar o filho, sobrinho, neto, esposo e o irmão, visitam seu familiar que está ali no presídio”, argumentou.

A mulher disse que uma mobilização “diplomática” entre esposas de membros do B13 e CV ganha corpo e reuniões estarão sendo feitas nesta semana. O objetivo é cessar as visitas íntimas e familiares até que líderes resolvam entrar em um acordo para não mexer com familiares um dos outros.

O ac24horas apurou por meio de fontes ligadas familiares de presos que residem no bairro João Eduardo, em Rio Branco, tiveram suas casas marcadas por membros de facções para deixarem seus lares.

Propaganda

Cotidiano

Homem é ferido com um tiro no Santa Maria

Publicado

em

Mais uma tentativa de homicídio foi registrada na capital acreana. O trabalhador Rui Barbosa da Silva, de 38 anos, foi ferido com um tiro na tarde desta segunda-feira (22), no Ramal do Brindeiro, bairro Santa Maria em Rio Branco.

De acordo com informações de familiares, a vítima estava às margens do ramal trabalhando, quando dois homens não identificados em uma motocicleta se aproximaram e um deles efetuou vários tiros. Um dos tiros atingiu Rui no peito. Após a ação, os criminosos fugiram.

Uma ambulância do Samu foi acionada, prestou os primeiros atendimentos ainda no local e conduziu a vítima ao pronto socorro de Rio Branco. O estado de saúde é estável.

Policiais Militares do 2°Batalhão colheram as características dos autores do crime e fizeram rondas, mas não conseguiram prender nenhum suspeito até o momento.

Segundo as primeiras informações obtidas pelos policiais, a motivação do crime pode ter sido uma briga por posse de terras.

Agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) continuam com as investigações.

Continuar lendo

Cotidiano

Abertas inscrições para o programa Parlamento Jovem Brasileiro 2019

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Educação, Cultura e Esportes (SEE) aderiu ao programa Parlamento Jovem Brasileiro (PJB), por meio do Departamento de Inovação. As inscrições estão abertas desde o dia 27 de março e vão até o dia 31 de maio de 2019.

O Parlamento Jovem Brasileiro é um programa de educação para a democracia realizada anualmente pela câmara dos deputados e é voltado para estudantes do ensino médio de todo o Brasil. O programa foi criado em 2003, pela resolução nº 12/2003 da câmara dos deputados.

O PJB é destinado aos estudantes do ensino médio regular, ensino médio técnico na modalidade integrada e alunos que estejam concluindo o ensino médio na Educação de Jovens e Adultos (EJA), nas escolas públicas ou particulares, na faixa etária de 16 a 22 anos.

Para participar do PJB, o estudante deverá fazer um projeto de lei, que traga alternativa de melhoria para a sociedade, dando soluções ou alternativas e justificando a necessidade da apreciação do tema, preencher a ficha de inscrição que pode ser encontrada em www.camara.leg.br/pjb e apresentar os demais documentos que estão junto à ficha.

Mais informações sobre as inscrições no PJB, também na Coordenação estadual: Departamento de Inovação – (68) 3226-6284 e-mail: [email protected] Instagram: @pjb.acre e Facebook: PJB Acre

Com informações da SEE

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.