Conecte-se agora

BR-364 tem tráfego liberado após protesto de moradores do bairro Santo Afonso

Publicado

em

A interdição da BR-364, feita por moradores do bairro Santo Afonso, encerrou no final na manhã desta segunda-feira, 11, informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Reivindicando melhorias no bairro, a comunidade do Santo Afonso bloqueou rodovia no começo desta manhã.

O bloqueio ocorreu na altura do quilômetro 3 da rodovia, sentido Rondônia, depois do posto de fiscalização da Corrente, sentido Porto Velho.

Propaganda

Cotidiano

Abertas inscrições para o programa Parlamento Jovem Brasileiro 2019

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Educação, Cultura e Esportes (SEE) aderiu ao programa Parlamento Jovem Brasileiro (PJB), por meio do Departamento de Inovação. As inscrições estão abertas desde o dia 27 de março e vão até o dia 31 de maio de 2019.

O Parlamento Jovem Brasileiro é um programa de educação para a democracia realizada anualmente pela câmara dos deputados e é voltado para estudantes do ensino médio de todo o Brasil. O programa foi criado em 2003, pela resolução nº 12/2003 da câmara dos deputados.

O PJB é destinado aos estudantes do ensino médio regular, ensino médio técnico na modalidade integrada e alunos que estejam concluindo o ensino médio na Educação de Jovens e Adultos (EJA), nas escolas públicas ou particulares, na faixa etária de 16 a 22 anos.

Para participar do PJB, o estudante deverá fazer um projeto de lei, que traga alternativa de melhoria para a sociedade, dando soluções ou alternativas e justificando a necessidade da apreciação do tema, preencher a ficha de inscrição que pode ser encontrada em www.camara.leg.br/pjb e apresentar os demais documentos que estão junto à ficha.

Mais informações sobre as inscrições no PJB, também na Coordenação estadual: Departamento de Inovação – (68) 3226-6284 e-mail: [email protected] Instagram: @pjb.acre e Facebook: PJB Acre

Com informações da SEE

Continuar lendo

Cotidiano

Juíza concede prisão com monitoramento eletrônico a mulher com hanseníase

Publicado

em

IMAGEM ILUSTRATIVA

A juíza Luana Campos, da Vara de Execuções, concedeu prisão domiciliar com monitoramento eletrônico a Mirna Viana da Silva, que fará tratamento contra hanseníase. A decisão é excepcional e dá em função dos laudos médicos. “Na conclusão, a equipe médica recomenda acompanhamento ambulatorial domiciliar por tempo indeterminado. Assim, concedo prisão domiciliar com monitoração eletrônica por 6 meses, a fim de dar continuidade ao seu tratamento”, diz a sentença de Luana Campos.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.