Conecte-se agora

O combate à dengue é corpo-a-corpo nos bairros e não nos gabinetes ou com campanhas coloridas e caras

Publicado

em

É voz corrente entre professores e doutores em economia que o Brasil gasta muito e gasta mal. Muito mal, por sinal! O desperdício de recursos públicos superior a R$ 300 bilhões de reais por ano deixa a Operação Lava Jato e todas as suas crias apagadas diante desse montante. Isto quer dizer que o principal problema do país não é exatamente a corrupção, mas o desperdício do dinheiro público.

Gasta-se, por exemplo, com uma campanha de combate à dengue estética, plastificada, colorida, de muito bom gosto, mas que não alcança seu objetivo. É muito fácil de comprovar: Os casos de dengue vem crescendo na cidade, apesar de toda campanha. As chuvas e a população desatenta aos criadouros de mosquitos em seus lares são sempre apontados como os culpados. (Dessa a imprensa escapou).

As chuvas sempre existiram e a população não sofria com a dengue. Nesse caso, as evidencias apontam um culpado: a prefeitura executando estratégias erradas. Aqui vai, modestamente uma sugestão mesmo sabendo que será tratada com desdém: Ao invés de colorir a cidade, enquanto as unidades de saúde estão superlotadas de doentes, colocar mais gente para trabalhar nos bairros. O combate à dengue é no front e não em gabinetes planejando e pagando campanhas caras.

. Hoje, a partir das 9h, audiência pública na Câmara Municipal para discutir e debater a questão do açaí.

. O Ministério Público estará presente.

. Não são apenas os empresários que contestam os números apresentados pela equipe econômica do governo com uma queda tão acentuada na previsão de receita.

. Os Poderes, o MPE e o Tribunal de Contas também.

. Citam como exemplo a melhora de receita do mês de janeiro comparado com janeiro do ano passado.

. Tem jabuti na forquilha.

. Sobre as eleições municipais ouvi o seguinte comentário na Assembleia essa semana:

. “Ás vezes um prefeito é um excelente gestor público, mas politicamente tem o DNA das traíras”.

. Até hoje eu não entendo porque chamar de “traíra” um político inconfiável.

. Coisa do povo, se é do povo tem que ser respeitado.

. Traíra é porque atraiçoa, engana, trama, arma “casa de caboco” para o amigo perder a eleição por pura inveja.

. Entretanto, segundo as 48 leis do poder, politicamente falando certo está o que trai.

. Serve de consolo para cauterizar a consciência de alguns.

. Só há um probleminha: as 48 leis do poder foi inspirada pelo capeta no deserto da Judeia quando ofereceu para Jesus todos os reinos deste mundo.

. “Ai dos que chamam o amargo de doce e do doce de amargo; que chamam ao mal bem e ao bem mal”.

. A maioria dos prefeitos se preparando para começar a tapar buracos no verão mesmo.

. O cobertor está pequeno.

. Só não pode deixar a buraqueira se alastrar muito porque depois não dá conta, o verão fica curto.

. Deputado Roberto Duarte (MDB) cobrando providências para a recuperação do ramal do riozinho do Rola que dá acesso ao projeto Moreno Maia.

. Cerca de 400 famílias estão isoladas na biqueira de Rio Branco porque no ramal não passa nem sapo acorrentado e carroça traçada com duas juntas de boi.

. A coisa tá preta, Marieta!

. Arrocha, Roberto!

. A tão propalada reforma administrativa do governo fez um corte radical prejudicando o andamento da máquina estadual.

. Não foi por falta de aviso, Macunaíma!

. Quando critiquei a proposta me chamaram até de “seu petista-leninislta-stalinista-marxista cubano da Venezuela e comunista”.

. Pois é, né!

. Logo eu que sou DC.

. Soube essa semana que em uma reunião técnica alguém do cume sugeriu que se fechasse a Oca.

. É quando o PT volta para o governo com 70% dos votos!

. Só lembrando: o ex-reitor da Ufac, Minoro Kimpara, está entre os mais fortes candidatos a prefeito de Rio Branco no ano que vem.

. Se encontrar o partido e o apoio certo vai dar muito trabalho derrota-lo.

. Atenção Dnit:

. A BR-317 no rumo de Brasiléia está com catapora.

. O bom Juiz Danniel Bonfim assumindo a Associação dos Magistrados do Acre.

. Sucesso!

. A propósito, estranho seria se os ex-deputados Nelson Sales e Jairo Carvalho não fossem nomeados assessores especiais do governo.

. Fizeram dura oposição ao PT no governo passado.

. Leitora oferecendo para o JV a música “Gota D’água”, Chico Buarque de Holanda.

. Só um embrete: a coluna não tem viés ideológico ou religioso!

. Erga omnes!

Propaganda

Coluna do Astério

Governador em exercício quer mais empenho da equipe de secretários no atendimento à população

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Saudosismo vesgo não pode trazer de volta o que não prestava no passado

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Governo quer tratorar deputados de oposição nas comissões permanentes da Aleac

Publicado

em

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.