Conecte-se agora

Agentes prendem esposas de detentos que tentavam entrar com droga no presídio

Publicado

em

Durante procedimento de revista para entrada de visitantes da Unidade Penitenciária Manuel Neri da Silva, em Cruzeiro do Sul, Agentes Penitenciários deram voz de prisão, na manhã deste sábado, 09, a duas visitantes que tentavam entrar com substâncias entorpecentes. As substâncias estavam acondicionadas nos solados das sandálias das mulheres.

Thaide Thamara Alves do Nascimento, esposa do preso José Francisco de Souza Melo, e Ednalva Rodrigues da Silva, esposa de Emerson Correia da Silva, portavam em suas sandálias substâncias entorpecentes aparentando ser maconha. Mas, no caso de Thaide Thamara a situação foi ainda pior, pois a visitante também tentava levar 03 trouxinhas de uma substância, que supostamente seria cocaína, escondidas em suas peças íntimas.

Ao serem surpreendidas, as visitantes confessaram o crime, receberam voz de prisão e foram conduzidas à Delegacia de Flagrantes do município para o registro da ocorrência. Elas informaram aos Agente Penitenciários que as substâncias eram para o consumo dos maridos.
De Acordo com o Diretor da Unidade, Marquines Santos, as apreensões foram feitas com base na atividade de Inteligência que atua dentro do Presídio, o que possibilita o monitoramento e controle de atitudes suspeitas.

No âmbito da Administração da Unidade, os esposos das visitantes foram encaminhados ao isolamento preventivo e um procedimento administrativo foi instaurado para investigar a conduta destes. Eles também serão ouvidos pelas autoridades policiais que, se entenderem que as substâncias eram destinadas aos presos, também poderão indiciá-los.

Anúncios

Cotidiano

Casal é preso com cocaína durante abordagem da polícia no bairro Vitória

Publicado

em

Uma ação dos Policiais Militares do Tático do 3° Batalhão resultou na prisão de um casal e na apreensão entorpecentes na noite desta quarta-feira, 30. A prisão aconteceu na rua São Raimundo, no Bairro Vitória em Rio Branco.

A polícia estava fazendo um patrulhamento de rotina na região quando avistou o casal em ação suspeita em uma motocicleta CB300, de cor vermelha, placa NXR-9352.

Foi feita a abordagem e durante a revista pessoal foi encontrado em posse do casal 9 sacos pequeno aparentando ser cocaína de em uma bolsa, totalizando 900 gramas da droga.

Diante do fatos foi dada voz de prisão e os criminosos foram encaminhados à Delegacia de Flagrantes (Defla) para os devidos procedimentos.

Continuar lendo

Cotidiano

De 128 internações no Acre, 79 testam positivo para Covid-19 e 32 estão em UTIs

Publicado

em

A taxa geral de ocupação de leitos de Unidade Tratamento Intensivo (UTI) exclusivos para pacientes com a Covid-19 no Acre está em torno de 34,4%. Os dados são do boletim desta quarta-feira (30). Os dados são do Boletim de Assistência ao Enfrentamento da Covid-19, emitido pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre). O boletim mostra a ocupação de leitos do Sistema Único de Saúde (SUS), por especialidade do leito e por regional.

Segundo dados oficiais, das 128 internações em leitos do SUS, 79 testaram positivo para Covid-19, ou seja, a maioria das pessoas que buscam atendimento médico foram infectadas pelo vírus.

Na região do Baixo Acre, que engloba as cidades de Rio Branco, Sena Madureira, Plácido de Castro e Acrelândia, das 70 Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), 28 estão ocupadas registrando uma taxa de ocupação de 40%.

Já região do Juruá, que engloba Cruzeiro do Sul, Tarauacá e Marechal Thaumaturgo, dos 20 leitos de UTI existentes, três estão ocupados, registrando 15% de ocupação. Os leitos clínicos somam 95 e 24 estão ocupados, registrando 25,3% de ocupação.

Já regional do Alto Acre, que engloba as cidades de Brasileia e Epitaciolândia, nenhum leito de enfermaria está ocupado, num total de 19 leitos disponíveis. A regional do Alto Acre é a única que não tem leitos de UTI para a Covid-19.

Continuar lendo

Cotidiano

Universidade Federal do Acre lança editais com bolsas que vão de R$ 400 a R$ 750

Publicado

em

A Universidade Federal do Acre (Ufac), por meio da Pró-Reitora de Graduação (Prograd), está com editais de bolsas abertos para inscrições até o dia 6 de outubro.

A primeira bolsa trata da seleção de professores preceptores do Programa Institucional de Residência Pedagógica. Será concedida bolsa ao professor participante do subprojeto no valor de R$ 750 mensais.

Na mesma categoria, a Ufac abriu inscrições para a seleção de alunos bolsistas e voluntários do Programa Institucional de Residência Pedagógica, com bolsa no valor de R$ 400 mensais.

Há também o processo seletivo para composição do Quadro de Bolsistas e Cadastro de Reserva de Supervisores (as) do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid). A bolsa será de R$ 750,00 mensais.

Encerrando a Ufac lançou o processo seletivo para a Composição do Quadro de Bolsistas, Voluntários e Cadastro de Reserva para o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid). Será concedida bolsa de iniciação à docência ao aluno e à aluna participante do subprojeto no valor de R$ 400,00 mensais.

Para saber mais informações, clique aqui. 

Continuar lendo

Cotidiano

Funai e Embrapa assinam acordo para apoio técnico ao povo Poyanawa e Yawanawá

Publicado

em

Fundação Nacional do Índio (Funai) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) formalizaram nesta terça-feira (29) um Acordo de Cooperação Técnica para o desenvolvimento das cadeias produtivas e conservação da biodiversidade nas Terras Indígenas no Acre, Roraima, Mato Grosso, Tocantins, Bahia, Alagoas, Sergipe e Pernambuco.

No Acre são contempladas as Terras Indígenas Rio Gregório e Poyanáwa, que poderão capacitar agricultores indígenas em Sistemas Agroflorestais (SAFs), realizar o levantamento de solos e recursos genéticos locais de uso alimentar e medicinal; oficinas de boas práticas de produção de farinha; mecanismos de conservação de recursos genéticos.

O acordo vai viabilizar a realização de ações conjuntas voltadas para a implementação da Política Nacional de Gestão Territorial e Ambiental em Terras Indígenas e dos objetivos do desenvolvimento sustentável.

As ações propostas pelo ACT já haviam sido realizadas de maneira pioneira por algumas unidades regionais da Funai em parceria com unidades da Embrapa.

“Da parte da Embrapa, vamos disponibilizar equipes técnicas, com especialidade em diferentes áreas do conhecimento, as estruturas laboratoriais para promover pesquisas a partir de demandas de cada comunidade, compartilhar conhecimentos e soluções tecnológicas adaptadas à cada realidade, com o objetivo de garantir a segurança alimentar, fortalecer cultura e potencializar as iniciativas produtivas ali encontradas”, explicou Eufran Amaral, chefe-geral da Embrapa Acre.

Com prazo de vigência de cinco anos, e renovação por igual período, o ACT possibilita a adesão de novas unidades da Funai e da Embrapa durante a vigência, com a elaboração de Planos de Trabalho específicos, conforme as demandas dos povos indígenas junto às instituições parceiras.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas