Conecte-se agora

Duarte desmente Gladson: “os radares continuarão funcionando”

Publicado

em

O deputado Roberto Duarte (MDB) acaba de deixar sua relação com o Palácio Rio Branco ainda mais espinhosa, após ter sido preterido como primeiro-secretário da Assembleia Legislativa do Acre, nas eleição da Mesa Diretora. Em uma publicação no facebook, o parlamentar, que é do partido da Base de Sustentação do governo, mas alega ser independente, desmentiu o governador Gladson Cameli, que num vídeo divulgado nas redes sociais afirmou que os radares do Estado seriam desligados.

“Estou aqui para esclarecer que os radares não poderão ser desativados. A princípio farão apenas a transferência da administração da fiscalização eletrônica para o âmbito do município, pois, no governo anterior a competência dessa fiscalização foi usurpada, mas mesmo assim os valores eram repassados para quem tinha direito, no caso, a prefeitura”, explicou o deputado.

Duarte ressaltou ainda que o artigo 24 do Código de Trânsito Brasileiro diz que é de competência das prefeituras a execução da fiscalização de trânsito e a cobrança das multas aplicadas no âmbito do município, sendo competência do governo apenas nas rodovias estaduais.
“Portanto, o governador não pode autorizar a desativação dos radares vinculados a prefeitura e muito menos anistiar as multas já aplicadas. A discussão deve ser em torno da efetividade dos radares nos locais que estão instalados e não sobre eles existirem. Durante o período de janeiro a abril de 2018 os radares ficaram sem funcionamento e não foi constatado o aumento nos índices de acidentes na Capital”, informou Duarte reiterando ainda que lutará pelo fim da “Indústria da Multa, mas sempre atuando dentro da legalidade”, frisou.

Procurado por ac24horas, o porta-voz do governo, Rogério Wenceslau, afirmou que “por enquanto o governo não vai comentar” sobre o caso, apesar da Agência de Notícias do Acre, ligada ao Governo de Gladson divulgar nota na manhã deste sábado, 9, antes da publicação de Duarte, afirmando que o Detran elabora cronograma para desligamento de equipamentos de fiscalização.

Em comunicado, o Conselho Diretor do Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran-AC), em cumprimento à determinação do Governador, informa que por “determinação legal a responsabilidade pela execução da fiscalização de trânsito em vias terrestres é do município (art. 24, inciso VI do Código de Trânsito Brasileiro). Em razão disso, a equipe técnica do Departamento Estadual de Trânsito – DETRAN/Acre está elaborando um cronograma com a finalidade de estabelecer o desligamento gradual desses equipamentos de fiscalização à medida que os serviços forem absorvidos pela RBTRANS. Informa ainda, por fim, que as multas geradas anteriormente em decorrência de infrações cometidas nos pontos de fiscalização eletrônica não serão canceladas.”, cita trecho da Nota de Esclarecimento.

A declaração de Duarte deixa o seu partido, o MDB, em saia justa com o governo do Acre. A sigla foi uma das maiores beneficiadas com a ocupação de cargos comissionados e secretarias de Estado.

Propaganda

Acre

Pacientes denunciam UPA do 2º Distrito: “Só tem um médico aqui”!

Publicado

em

Indignados com a demora no atendimento médico na Unidade Pronto Atendimento (UPA) do 2º Distrito, internautas entraram em contato com a equipe do ac24horas, para denunciar e pedir atenção do governo do Estado.

Segundo relatos, a UPA conta na manhã deste sábado (21) somente com um médico para prestar atendimento. Os pacientes relataram que muitos estão indo embora para casa, cansados de tanto esperar por socorro médico.

“Estamos aqui desde as 8h da manhã e nada de atenderem a gente. Já vi muitos indo pra casa, porque estão cansados de esperar e acabam desistindo. Isso é uma vergonha. Cadê o governador que não vê isso? Cadê a secretária de saúde que não fiscaliza? Tem gente aqui doente, esquecida nessas cadeiras. Só tem um médico aqui pra fazer tudo, não tem como atender e ficar na emergência”, disse indignada.

Continuar lendo

Acre

Linda diz que deputados não estão preocupados com a população

Publicado

em

A semana que está para terminar trouxe uma bagagem repleta de acontecimentos no âmbito da política local. Primeiro, a derrota do governador Gladson Cameli com os deputados estaduais na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), que por 20 votos a favor e nenhum contra, derrubaram todos os oito vetos do governo. Depois, a contrapartida do Palácio Rio Branco, que exonerou de uma só vez cerca de 340 cargos comissionados, maioria indicados por parlamentares estaduais.

Por último, as discussões na web. Internautas contrários às decisões do governo, outros a favor, e um desses chamaram atenção, por se tratar da mãe do chefe do Executivo acreano, dona Linda Cameli. Assídua na rede, Linda não costuma medir uma só palavra no momento de comentar a situação política atual. Mais uma vez, foi direta ao ponto. Numa publicação do ac24horas, que trata sobre as crises que o governador vem enfrentando com seus aliados de Base na Aleac, ela disse: “se estivessem preocupados com a população não estariam tão desesperados”. Linda ganhou apoio de outros internautas com o posicionamento.

A declaração faz referência ao descontentamento dos deputados após a exoneração dos servidores que detinham CEC no governo, muitos deles angariados por meio dos parlamentares. A situação de conflito deve ganhar uma nova discussão na próxima semana, onde está prevista uma reunião entre Gladson Cameli e todos os deputados para tratar o assunto.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.