Conecte-se agora

Competidores e internautas questionam resultado de embate promovido por Bodão

Publicado

em

Poucas horas após o término do evento de luta de Artes Marciais Mistas (MMA), realizado na noite dessa quinta-feira na Maison Borges, em Rio Branco, dezenas de compartilhamentos e mensagens de descontentamento apareceram nas redes sociais, devido ao resultado de um dos combates, que levantaram suspeitas sobre a lisura do evento organizado pela BFC (Bodão Fighting MMA), do lutador acreano mais conhecido como “Bodão”.

Os questionamentos, implantados nas redes pelo professor de Muay Thai do Centro de Treinamento Chute Boxe, no Acre, Renato Júnior, exigem a averiguação no resultado do embate de Matheus Camilo (Bodão Fighting Championship – BFC) e Thomas Bryan (Chute Boxe). Oficialmente, a luta decretou Camilo como vencedor, entretanto, o resultado não agradou a todos.

Nas redes sociais, o professor Renato Junior disse: “Todo mundo sabe que não vivo de luta, que o que faço é por paixão, por amor. Nunca tinha visto o que aconteceu hoje (7), onde meu atleta, Thomas Bryan, venceu a luta de forma incontestável, como todos viram”. Ele garante que seu fotógrafo registrou a imagem da súmula, com as pontuações dos árbitros, que apontaria a vitória de seu atleta.

“Ficarei no aguardo dos organizadores, que são professores do atleta derrotado, se pronunciarem e reverterem este resultado e dar a vitória para quem realmente é de direito. Então, senhores BFC, aguardamos a posição de vocês ou do contrário, tanto o evento quanto o atleta de vocês ficará manchado com este tipo de atitude que não condiz com as artes marciais mistas”, assegurou.

Ele garantiu que caso este impasse não seja resolvido, não participará mais com seus atletas de qualquer evento promovido pela empresa de Bodão. “Não vamos admitir essa falta de respeito”, finalizou.

 

O outro lado

Ao ac24Horas, a organização do evento se pronunciou por meio da assessoria de imprensa, dizendo que “a organização do evento (BFC) vai analisar e rever a luta, até porque todos os detalhes do combate foram registrados”.

De acordo com o assessor da BFC, Fábio Lopes, todos os momentos do evento foram registrados e, com certeza, se comprovado qualquer indício de falha, irão assistir a luta juntamente com a equipe de arbitragem contratada pelo evento. “Vamos analisar para depois darmos uma resposta a essa situação. Seria precipitado da nossa parte dar uma resposta sem, antes, averiguar os fatos. Sendo assim, a organização do evento vai sentar junto à arbitragem, ver as pranchetas de notas para, aí sim, darmos um parecer sobre isso”, garantiu Fabio Lopes.

O evento reuniu cerca de 18 atletas, intitulados como maiores nomes do MMA local em diferentes categorias.

Propaganda

Cotidiano

Abertas inscrições para o programa Parlamento Jovem Brasileiro 2019

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Educação, Cultura e Esportes (SEE) aderiu ao programa Parlamento Jovem Brasileiro (PJB), por meio do Departamento de Inovação. As inscrições estão abertas desde o dia 27 de março e vão até o dia 31 de maio de 2019.

O Parlamento Jovem Brasileiro é um programa de educação para a democracia realizada anualmente pela câmara dos deputados e é voltado para estudantes do ensino médio de todo o Brasil. O programa foi criado em 2003, pela resolução nº 12/2003 da câmara dos deputados.

O PJB é destinado aos estudantes do ensino médio regular, ensino médio técnico na modalidade integrada e alunos que estejam concluindo o ensino médio na Educação de Jovens e Adultos (EJA), nas escolas públicas ou particulares, na faixa etária de 16 a 22 anos.

Para participar do PJB, o estudante deverá fazer um projeto de lei, que traga alternativa de melhoria para a sociedade, dando soluções ou alternativas e justificando a necessidade da apreciação do tema, preencher a ficha de inscrição que pode ser encontrada em www.camara.leg.br/pjb e apresentar os demais documentos que estão junto à ficha.

Mais informações sobre as inscrições no PJB, também na Coordenação estadual: Departamento de Inovação – (68) 3226-6284 e-mail: [email protected] Instagram: @pjb.acre e Facebook: PJB Acre

Com informações da SEE

Continuar lendo

Cotidiano

Juíza concede prisão com monitoramento eletrônico a mulher com hanseníase

Publicado

em

IMAGEM ILUSTRATIVA

A juíza Luana Campos, da Vara de Execuções, concedeu prisão domiciliar com monitoramento eletrônico a Mirna Viana da Silva, que fará tratamento contra hanseníase. A decisão é excepcional e dá em função dos laudos médicos. “Na conclusão, a equipe médica recomenda acompanhamento ambulatorial domiciliar por tempo indeterminado. Assim, concedo prisão domiciliar com monitoração eletrônica por 6 meses, a fim de dar continuidade ao seu tratamento”, diz a sentença de Luana Campos.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.