Conecte-se agora

Competidores e internautas questionam resultado de embate promovido por Bodão

Publicado

em

Poucas horas após o término do evento de luta de Artes Marciais Mistas (MMA), realizado na noite dessa quinta-feira na Maison Borges, em Rio Branco, dezenas de compartilhamentos e mensagens de descontentamento apareceram nas redes sociais, devido ao resultado de um dos combates, que levantaram suspeitas sobre a lisura do evento organizado pela BFC (Bodão Fighting MMA), do lutador acreano mais conhecido como “Bodão”.

Os questionamentos, implantados nas redes pelo professor de Muay Thai do Centro de Treinamento Chute Boxe, no Acre, Renato Júnior, exigem a averiguação no resultado do embate de Matheus Camilo (Bodão Fighting Championship – BFC) e Thomas Bryan (Chute Boxe). Oficialmente, a luta decretou Camilo como vencedor, entretanto, o resultado não agradou a todos.

Nas redes sociais, o professor Renato Junior disse: “Todo mundo sabe que não vivo de luta, que o que faço é por paixão, por amor. Nunca tinha visto o que aconteceu hoje (7), onde meu atleta, Thomas Bryan, venceu a luta de forma incontestável, como todos viram”. Ele garante que seu fotógrafo registrou a imagem da súmula, com as pontuações dos árbitros, que apontaria a vitória de seu atleta.

“Ficarei no aguardo dos organizadores, que são professores do atleta derrotado, se pronunciarem e reverterem este resultado e dar a vitória para quem realmente é de direito. Então, senhores BFC, aguardamos a posição de vocês ou do contrário, tanto o evento quanto o atleta de vocês ficará manchado com este tipo de atitude que não condiz com as artes marciais mistas”, assegurou.

Ele garantiu que caso este impasse não seja resolvido, não participará mais com seus atletas de qualquer evento promovido pela empresa de Bodão. “Não vamos admitir essa falta de respeito”, finalizou.

 

O outro lado

Ao ac24Horas, a organização do evento se pronunciou por meio da assessoria de imprensa, dizendo que “a organização do evento (BFC) vai analisar e rever a luta, até porque todos os detalhes do combate foram registrados”.

De acordo com o assessor da BFC, Fábio Lopes, todos os momentos do evento foram registrados e, com certeza, se comprovado qualquer indício de falha, irão assistir a luta juntamente com a equipe de arbitragem contratada pelo evento. “Vamos analisar para depois darmos uma resposta a essa situação. Seria precipitado da nossa parte dar uma resposta sem, antes, averiguar os fatos. Sendo assim, a organização do evento vai sentar junto à arbitragem, ver as pranchetas de notas para, aí sim, darmos um parecer sobre isso”, garantiu Fabio Lopes.

O evento reuniu cerca de 18 atletas, intitulados como maiores nomes do MMA local em diferentes categorias.

Propaganda

Cotidiano

No Acre, polícia prende ex-padrasto e mãe que levava a filha para ser abusada por dinheiro

Publicado

em

Agentes da Polícia Civil de Acrelândia deram cumprimento a dois mandados judiciais de prisão preventiva e prenderam nesta quinta-feira (12) a mãe Clotilde Brana Damasceno e o ex-padastro Sebastião Porfírio, eles são suspeitos de abusarem de uma criança de 11 anos. As prisões aconteceram no Centro do município de Acrelândia e no Distrito de Vista Alegre do Abunã, no Estado de Rondônia.

De acordo com o Delegado Samuel Mendes, coordenador da delegacia, responsável pelo inquérito policial, o ex-padrasto Sebastião começou a abusar da criança quando ela tinha 8 anos, vindo na época a ser a denunciado na justiça e receber um mandado judicial para não se aproximar da vítima.

Após alguns meses Sebastião voltou a se aproximar da mãe da criança e com a sua ajuda começou a abusar da vítima, assim desobedecendo a ordem judicial.

Segundo o Delegado Mendes, o Padastro oferecia dinheiro para a criança e a própria mãe o levava ao apartamento do criminoso. Mendes informou ainda a reportagem do ac24horas, que a vítima chegou a relatar em depoimento que Sebastião a abraçava, beijava e passava as mãos em todo o corpo da criança.

“O padrastos abusava da criança, a mãe levava para o apartamento dele, ela colocou a criança em uma situação de risco, essa mãe sabia que o ex-padrasto não poderia se aproximar da vítima, ele foi acusado de abusar dela quando tinha 8 anos”, disse o delegado.

Em depoimento, a mãe Clotilde negou ter conhecimento dos abusos sexuais, contrariando o depoimento da própria filha, que afirmou que diversas vezes foi levada ao apartamento do ex-padrasto.

Diante do fatos, foi decretada a prisão preventiva da mãe e do ex-padrasto pela Justiça do município de Acrelândia, com o parecer do Ministério Público, pelo crime de estupro de vulnerável.

Clotilde e Sebastião foram encaminhados à delegacia de Plácido de Castro e estão a disposição da justiça.

Com informações do site Acrelândia News

Continuar lendo

Cotidiano

Motorista de aplicativo desaparece após aceitar corrida na Cidade do Povo; apenas carro foi encontrado

Publicado

em

O motorista de aplicativo Jorge Soares dos Santos, de 24 anos, está desaparecido desde a noite desta quinta-feira (12). A última localização informada pelo aplicativo foi próximo a Cidade do Povo.

O chamado teria ocorrido por volta das 21h. A família de Santos, registrou um boletim de ocorrência sobre o desaparecimento.

A família de Santos em contato com a reportagem do ac24horas, informou que o carro de Jorge Soares já foi encontrado, mas não se sabe sobre o paradeiro de Jorge ainda. O caso está sendo investigado pela polícia.

Se você tiver algum noticia sobre o paradeiro de Jorge Soares, entre em contato pelo número 68 99945-5876 (primo Alexandre Santos).

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Mais lidas