Conecte-se agora

Série disponibilizada na Netflix conta a história da morte do ex-governador do Acre, Edmundo Pinto

Publicado

em

A quarta temporada da série Investigação Criminal que está disponibilizada na Netflix, provedora global de filmes e séries de televisão via streaming, traz em seu sexto episódio a misteriosa história que ronda a morte do ex-governador do Acre, Edmundo Pinto, assassinado em 17 de maio de 1992, a tiros no apartamento 707 do Hotel Della Volpe Garden, na Rua Frei Caneqca, no Centro de São Paulo.

O episódio com pouco mais de 43 minutos relata toda a investigação da Polícia do Estado de São Paulo para investigar o crime e chegar aos culpados.

De acordo com a série, os criminosos roubaram Cr$ 500 mil do apartamento que Edmundo Pinto ocupava desde 14 de maio[3] e ainda roubaram US$ 1.500 de John Franklin Jones, hóspede do apartamento 714 e funcionário do banco norte-americano Northeast. Jones disse para a polícia que os assaltantes eram três mulatos e seu depoimento foi um dos que permitiram a prisão dos criminosos.

O assassinato ocorreu menos de 48 horas antes de depor na CPI do Congresso que investigaria suspeitas que o próprio governador foi dos dos responsáveis pela malversação de verbas para a construção do Canal da Maternidade com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) num caso onde citou-se o ex-ministro Antônio Rogério Magri, cujo envolvimento não se confirmou. Houve suspeitas também sobre disputas partidárias acreanas e até queima de arquivo. A polícia concluiu como latrocínio (roubo seguido de morte), já que houve luta corporal visto que Edmundo Pinto foi atingido por um tiro de raspão na cabeça e outro certeiro no coração.

Houve novas investigações sobre o caso em 1993 e 2003 e o mesmo foi alvo da CPI da Pistolagem em 1992 quando Gilson José dos Santos, um dos acusados de matar o governador, disse que recebera dinheiro para cometer o crime.

Além do episódio que retrata a morte do governador do Acre, a Série foi veiculada originalmente no canal A&E, muito embora seus direitos de exibição tenham tenham sido adquiridos pela Netflix no ano de 2018. A série aborda, por meio de sequências de entrevistas, a história de grandes crimes brasileiros, como o dos Nardoni, dos Richthofen, de Mércia Nakashima e do cartunista Glauco.

Nota da Redação – Essa reportagem foi sugerida pelo leitor Ítalo Vasconcelos

 

 

 

Propaganda

Acre

Servidores param e limpeza de hospitais pode ser comprometida

Publicado

em

O atraso no pagamento nos salários dos servidores de uma empresa terceirizada que é responsável pela limpeza dos hospitais nos municípios de Xapuri, Brasileia, Assis Brasil, Tarauacá, Cruzeiro do Sul e Senador Guiomard, pode comprometer a higiene nas unidades de saúde.

Ao todo, são cerca de 120 profissionais que convivem com o atraso no recebimento de seus salários e, consequentemente, a dificuldade para pagar as contas e manter as despesas mensais de suas famílias.

Com mais um atraso, já que a Limpacre, empresa responsável pelo serviço de limpeza nos hospitais, ainda não pagou os salários de março, o décimo terceiro do ano passado e já vai vencer o mês de abril, os servidores que fazem a limpeza do Hospital Sansão Gomes em Tarauacá e na Unidade Mista de Saúde de Assis Brasil resolveram cruzar os braços a partir desta segunda-feira, 22. “Nós estamos parados até que paguem nossos salários. Não vamos trabalhar até receber os dois meses. Hoje uma colega estava chorando porque o filho estava pedindo comida e ela não tinha de onde tirar. Isso dói na alma da gente”, afirma uma servidora de Tarauacá que pediu para não ser identificada.

Dênis Solon, sócio proprietário da empresa, afirmou que vai entrar em contato com os servidores das duas unidades de saúde. “A gente entende a situação dos trabalhadores. A empresa não gostaria de atrasar salário nenhum dia. Isso só acontece porque também não recebemos em dia. A informação que temos é que a Secretaria de Saúde vai realizar o pagamento de março até a próxima sexta-feira. Isso acontecendo, automaticamente, os servidores recebem um mês de salário”, afirma.

Continuar lendo

Acre

Bombeiros capturam jacaré em banheiro de residência

Publicado

em

A Guarnição de Salvamento do Corpo de Bombeiros de Rio Branco realizou a captura de um jacaré de aproximadamente 1 metro de comprimento na manhã desta segunda-feira (22).

O réptil estava escondido no banheiro de uma residência localizada na rodovia AC-40, no quilômetro 09, situada no bairro Vila Acre.

O animal foi capturado e devolvido ao seu habitat natural. Só nos três primeiros meses deste ano, o Corpo de Bombeiros já capturou 753 animais silvestres em áreas urbanas e residenciais.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.