Conecte-se agora

Acre poderá decretar Estado de Emergência devido cheia dos rios

Publicado

em

Uma reunião com todo o secretariado da prefeitura de Cruzeiro do Sul, o prefeito em exercício Zequinha Lima e representantes da Defesa Civil estadual e municipal deixou um alerta no ar. O Acre poderá decretar em breve o estado de emergência devido as cheias das principais calhas hidrográficas acreanas do Juruá, Acre, Purus e Envira.

Segundo o coronel Eden da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros se acontecer de mais de dois municípios sofrerem danos materiais e sociais com as cheias o Estado poderá decretar estado de emergência com a abrangência estadual. Ele esteve recentemente participando de cursos em Porto Velho (RO) e as previsões do Sistema de Proteção da Amazônia (SIPAM) são de mais três meses de muita chuva em todas as bacias do Acre. “São esperadas chuvas acima dos índices previstos nessa época do ano”, afirmou.

O coronel James da Defesa Civil alertou ainda que as cheias se generalizaram em todos os rios do Estado e as imagens de satélite mostram muita precipitação de chuvas para os próximos dias. Também está sendo monitorado toda a região do rio Madeira para prevenir possível isolamento do Acre do resto do Brasil pela BR 364 como aconteceu em cheias anteriores.

Ilderlei e Alan Rick pedem decreto estadual

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro e o deputado federal Alan Rick que cumprem agenda oficial nos Estados Unidos telefonaram ao governador Gladson Cameli pedindo a decretação do estado de emergência.

“Estou preocupado com essa situação e já decretamos estado de emergência em Cruzeiro do Sul. Também falei com o governador Gladson Cameli para nos ajudar decretando emergência a nível estadual. O deputado Alan Rick se comprometeu a nos ajudar com o ministro da Casa Civil Onyx Lorenzoni para reconhecer esse decreto e automaticamente nos ajudar com recursos para as famílias desabrigadas. Só em Cruzeiro do Sul já são mais de quatro mil. O ministro Osmar Terra da Cidadania também já foi comunicado. Mas logo teremos esse apoio de Brasília,” disse Ilderlei.

Alan Rick reafirmou a estratégia para minimizar o sofrimento dos desabrigados. “Estamos buscando apoio em Brasília para ajudar as pessoas atingidas pela cheia e assim dar as melhores condições para os municípios atenderem as famílias desabrigadas. Vamos aos ministérios em busca de apoio ao povo de Cruzeiro do Sul,” afirmou o deputado.

Enchente histórica no Juruá

O rio Juruá, em Cruzeiro do Sul, está nesta quinta, 7, com o nível de 13,73 m. A maior cheia aconteceu em 2017 com a marca de 14,24 m. Segundo Lima da Defesa Civil Municipal o rio está subindo cerca de 5 cm a cada três horas. Como nos municípios de Marechal Thaumaturgo e Porto Walter, no Alto Juruá, já houve transbordamento a tendência é esse volume de água chegar rapidamente a Cruzeiro do Sul. Portanto, existem grandes possibilidades do nível da maior cheia ser superada nos próximos dias na bacia do Juruá.

Propaganda

Acre

Coronel assume subcomando geral do Corpo de Bombeiros no Acre

Publicado

em

O Coronel Charles da Silva Santos assume oficialmente nesta quarta-feira, 21, como subcomandante geral do Corpo de Bombeiros Militar no Acre. A nomeação foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) de hoje. De acordo com o órgão, Santos estava há oito meses como Coordenador Estadual do Fundo de Segurança Pública e Coordenador Operacional do CIOSP da Secretaria de Estado e da Segurança Pública. Ele já foi Comandante Operacional de Rio Branco e do interior e chefiou o gabinete do Comandante-geral.

O novo subcomandante é bacharel em Ciências Contábeis, com pós-graduação em administração pública e Segurança pública. Agora, irá conduzir a corporação ao lado do comandante-geral, Coronel Carlos Batista.

Coronel Charles garante que está preparado para a nova missão. “Darei irrestrito apoio as demandas do Comandante-geral e consequentemente da corporação. Junto com os Oficiais, praças e funcionários civis, faremos uma administração boa para todos, visando nosso público mais importante que é a comunidade acreana”, disse o novo Subcomandante.

Com informações da Assessoria

Continuar lendo

Acre

Gladson Cameli torna sem efeito promoções de PM’s e Bombeiros

Publicado

em

Após a reportagem do ac24horas, na qual o Ministério Público do Acre (MPAC) recomendava a revogação das promoções de agentes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Acre pelo cometimento de ato improbidade administrativa, o governador Gladson Cameli (Progressistas) acatou a recomendação do Ministério Público e tornou sem efeito o Decreto nº 3.161, na manhã desta quarta-feira, 21, por meio do Diário Oficial do Estado do Acre (DOE).

RELEMBRE O CASO – Em suma, o MPAC pedia a revogação das promoções de agentes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Acre e advertia ainda da necessidade de readequação dos gastos com pessoal, uma vez que tal decisão gera impacto nas contas públicas. O MPAC havia estipulado um prazo de 15 dias para manifestação do governador.

Tal decisão, infligiu a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e desconsiderou o que prevê o Artigo 12 do Decreto nº 114/1975, no qual determina que as decisões envolvendo promoções devem se dá “mediante proposta do Comandante Geral da Corporação, ouvido o Estado Maior do Exército, através da IGPM”. Gladson descumpriu e ignorou tal determinação.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.