Conecte-se agora

Quase 60% das empresas formais do Acre têm tempo médio de até 10 anos

Publicado

em

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Acre (Fecomércio/AC) analisou o tempo médio de funcionamento das empresas no Acre e concluiu que 57,4% dos empresários estimaram tempo médio de funcionamento de seus negócios em até 10 anos. A pesquisa, realizada pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas Empresariais do Acre (Ifepac), na primeira quinzena de janeiro, conversou com aproximadamente 65 comerciários.

Além da parcela já citada, 18,1% dos empresários afirmaram que a duração é de até quatro anos; outros 39,3% afirmaram tempo entre quatro e 10 anos. Além disso, a pesquisa destacou que 42,6% estimaram funcionamento operacional em tempo superior a 10 anos.

Quando se refere a empregos, aproximadamente 58% disseram gerar uma média de até 10 postos e, destes, 27% empregam atualmente até cinco pessoas e, 31%, entre seis e 10 pessoas. Apenas outros 25% afirmaram que mantém entre 11 a 20 empregos. Deste modo, 83% dos estabelecimentos comerciais ativos no mercado de Rio Branco podem ser classificados como micro e pequenas empresas, ainda segundo conclusão da pesquisa.

Propaganda

Cidades

Após roubar distribuidora, assaltantes quase são linchados por populares em Mâncio Lima

Publicado

em

Na manhã deste sábado, 19, dois assaltantes quase foram linchados pelos moradores do bairro Guarani, em Mâncio Lima, logo depois de terem roubado uma distribuidora da localidade.

Eles deixaram o local em uma moto, mas foram perseguidos, abordados e surrados por alguns moradores. A policia evitou o linchamento.

Um deles teria envolvimento em um homicídio de uma jovem.

Há informações ainda não confirmadas de que um tiro teria sido disparado contra os ladrões.

Continuar lendo

Cidades

Polícia escolta barcos que levam comida e combustível para escolas pelo Rio Juruá

Publicado

em

No âmbito da operação de combate aos piratas do Rio Juruá, a Polícia Militar está escoltando as embarcações que levam suprimentos e combustível para escolas de comunidades no Vale do Juruá.

De acordo com o 6º BPM, pelo menos 23 embarcações já foram escoltadas por homens da Companhia de Operações Especiais desde o ponto de abastecimento até a comunidade em questão.

Sob proteção da COE o material chegou aos locais indicados íntegros e prontos para atender os estudantes.

O tenente Daniel, comandante da COE de Cruzeiro do Sul, reafirmou o compromisso da PM no combate aos piratas e anunciou intensificação das operações nos rios da bacia hidrográfica do Vale do Juruá para acabar com as ações de criminosos.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.