Conecte-se agora

Governo revê metodologia no cálculo da tabela de frete mínimo, informa ministro

Publicado

em

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, disse hoje (30) que o governo trabalha em alterações na metodologia de cálculo da tabela de frete mínimo, em parceria com a Universidade de São Paulo (USP). A informação foi dada durante o anúncio da Operação Radar, uma estratégia integrada entre ministérios para o escoamento da safra 2018/2019.

A previsão é que a nova tabela esteja concluída até o final de abril, antes do prazo determinado pela legislação para publicação dos valores mínimos de frete. De acordo com o ministro, a tabela foi criada de maneira rápida, em razão da greve dos caminhoneiros, em maio do ano passado.

“Estamos trabalhando com a USP em nova referência para eliminar distorções na tabela e para que ela seja cada vez mais aceita por todos”, disse o ministro. “A tabela deve ficar pronta em abril, antes da revisão prevista em julho. Vamos ter um negócio mais ajustado e vamos discutir isso com todos os setores”, disse.

Criada após a greve dos caminhoneiros, a Lei 13.703, de 2018, instituiu a Política Nacional de Pisos Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas, e prevê que uma nova tabela com frete mínimo deve ser publicada quando houver oscilação superior a 10% no preço do óleo diesel no mercado nacional. De acordo com a lei, a publicação da nova tabela tem que ser feita até os dias 20 de janeiro e 20 de julho de cada ano, ficando os valores válidos para o semestre.

A proposta em vigor, disse Tarcísio, apresenta distorções em alguns segmentos, em razão do tipo e idade do veículo, estado de manutenção, condições das estradas, carga transportada, entre outros fatores. O ministro disse que, dependendo do caso, pode haver tanto redução quanto aumento no valor de referência para o frete. “Isso tudo está sendo estudado para eliminar algumas distorções que a tabela apresenta”.

A lei em vigor especifica que os pisos mínimos de frete deverão refletir os custos operacionais totais do transporte, definidos e divulgados nos termos da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), com priorização dos custos referentes ao óleo diesel e aos pedágios.

De acordo com a legislação, a tabela deve trazer os pisos mínimos referentes ao quilômetro rodado por eixo carregado, consideradas as distâncias e as especificidades das cargas, bem como planilha de cálculos utilizada para a obtenção dos pisos mínimos.

Pela tabela em vigor, as multas aplicadas a quem descumprir os preços mínimos da tabela do frete rodoviário se enquadram em quatro situações distintas, variando do valor mínimo de R$ 550 e podendo chegar ao máximo de R$ 10,5 mil.

Diesel

O ministro avaliou ainda o fim do subsídio ao diesel, uma das medidas que também foi concedida aos caminhoneiros, pelo ex-presidente Michel Temer, como parte das negociações para acabar com a greve dos caminhoneiros, em maio de 2018. “Sobrevivemos bem a retirada do subsídio do diesel. Houve uma redução do preço do petróleo no mercado internacional e o fator câmbio também ajudou. De maneira que temos o preço de referência praticamente igual ao de comercialização sem subsídio”.

Propaganda

Cidades

Mega-Sena, concurso 2.125: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 32 milhões

Publicado

em

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.125 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (16) em São Paulo (SP). O prêmio acumulou e está estimado em R$ 32 milhões.

Veja as dezenas sorteadas: 01 – 31 – 44 – 46 – 53 – 58.

A quina teve 55 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 48.968,88. Outras 4.090 apostas acertaram a quadra; cada uma receberá R$ 940,72.

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Continuar lendo

Cidades

Moradores do Manoel Julião se mobilizam e vão promover Carnaval no bairro

Publicado

em

Cinco noites de folia. É o que prometem os organizadores do Carnaval do bairro Manoel Julião, em Rio Branco. A festa surge como alternativa diante do imbróglio entre governo e Prefeita sobre a não realização da festa momesca no centro da Capital.

Jordan Araújo, representante da Associação dos Moradores do Manoel Julião, organizadora do evento, conta que eles tinham firmado parceria com a Prefeitura de Rio Branco. “Estava tudo certo, tudo organizado, tínhamos até mandado fazer abadás, preparamos ornamentações. Mas fomos surpreendidos pela Prefeitura, de última hora, dizendo que não ia mais realizar o Carnaval”, contou Araújo.

Diante do cancelamento anunciado pela gestão municipal, a Associação de Moradores decidiu ir atrás de parceiros para realizar a festa. Jordan Araújo revela que a captação de parceiros não está sendo fácil, já que a festa foi orçada em aproximadamente R$ 25 mil.

“Nossa estrutura é grande, num espaço amplo, montado na Rua Luiz Z da Silva, na parada final do Manoel Julião, próximo a Fundação Garibaldi Brasil. Cada noite teremos duas bandas e nos intervalos djs. Estamos correndo atrás para fazer. Já tínhamos confirmado com alguns músicos e vamos fazer a festa”, declara o organizador.

A expectativa dos promotores do evento é receber mais de seis mil pessoas por noite de folia ao som de artistas locais. “Ano passado ganhamos o prêmio de Melhor Carnaval de Bairro”, ressaltou.

Jordan Araújo avisa aos foliões que tiverem interesse de participar do Carnaval no Manoel Julião que o local contará com praça de alimentação com mais de 20 empreendedores. “Gerando mais de 100 empregos entre diretos e indiretos”, destacou.

Continuar lendo

Cidades

Prefeitura de Brasileia realiza operação de conscientização ao descarte de lixo

Publicado

em

A Prefeitura de Brasileia por meio do Setor de Cadastro Arrecadação e Tributos, setor dos Agentes de Endemias, setor de Vigilância Sanitária e Secretaria do Meio Ambiente realizaram na manhã de sexta-feira (15), uma Operação de Conscientização aos cuidados e descartes dos resíduos sólidos (lixo), do comércio e das residências.

O objetivo da operação é avisar aos empresários e moradores a forma correta de jogar seus lixos, tampar suas caixas d’água, limpar seus quintais, depósitos e jogar pneus para que não prolifere o numero de Aedes aegypti na cidade entre outras doenças.

Segundo o gerente de setor de cadastro, Silvio Cardoso, a operação é para conscientizar a população em relação aos lixos descartados. “A principio nós viemos orientar os comerciantes, e os moradores da parte alta, a forma correta de condicionar suas lixeiras e mantê-las fechadas evitando que os animais domésticos e roedores venham a espalhar o lixo”, falou Silvio Cardoso.

O poder público tem buscado alternativas para lidar com este problema, através da frente de trabalho que realiza a manutenção das praças, pontos turísticos, nas ruas dos bairros e com o calendário de coleta de lixo.

O secretário Jonas Bandeira falou do trabalho realizado e como as oficinas devem descartar os pneus. “Essa ação é muito positiva e traz muitos benefícios para população. Quando assumimos a gestão criamos um cadastro de todas as borracharias do município, através desse cadastro os proprietários nos procuram para que possamos buscar o material e levarmos até o local correto de descarte”, informou Jonas Bandeira.

Para ajudar a manter a cidade limpa, atenção para algumas dicas:

– Jogue o lixo no máximo uma hora antes da passagem do caminhão.

– Não jogue lixo na rua após a passagem do caminhão. Colocar o lixo na esquina de um dia para outro não funciona. Isso estimula outras pessoas a colocarem lixo na rua e atrai animais.

– Lixo na rua atrai mais lixo. Pessoas de fora se sentem à vontade para jogar lixo onde já está sujo.

– Ações feitas pelos próprios moradores costumam ser respeitadas pelos vizinhos. Ajude a acabar com pontos viciados.

– Entulho é de responsabilidade de quem produz. Descarte este material em locais adequados.

– Mantenha limpas as lixeiras.

Continuar lendo
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.