Conecte-se agora

Empresariado teme discurso de falência e alerta “falta de dinheiro”

Publicado

em

Parte dos empresários do Acre está ao mesmo tempo confiante e temerosos com o andamento da economia local no primeiro semestre de 2019 e demonstra preocupação com uma possível “falta de dinheiro na praça”.

Essas informações estão contidas na pesquisa divulgada nesta segunda-feira (28) pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas Empresariais do Acre (Ifepac), órgão da Federação do Comércio do Estado do Acre. Para elaborar os questionários, 61 empresários foram entrevistados.

A falta de dinheiro na praça viria da “precariedade financeira amplamente anunciada pelo Governo do Estado”. Além disso, o empresariado acreano elenca o elevado nível de endividamento da população já observado pelo mercado. “Outro aspecto de ameaça é o desemprego, que além de tudo, contribui para o aumento do ´comércio informal´, prejudicando assim, a atividade formal submetida à uma exorbitante carga fiscal e outros encargos incidentes sobre o funcionamento de empresa organizada”, diz a pesquisa.

No geral no entanto, os empresários acreanos tem pensamento positivo com o 1º semestre deste ano. Dos que esperam boas vendas no primeiro semestre de 2019, 65% acreditam em contribuição positiva da parte do governo de Gladson Cameli para o aquecimento do mercado. Apenas 16% trabalham com expectativa negativa, e 10% não se manifestaram quanto a este aspecto.

Empresa acreana tem medo da chegada de grandes empreendimentos

A pesquisa da Fecomércio mostra algo como xenofobia e protecionismo ao mercado por parte das empresas acreanas: “O estímulo à instalação de empreendimentos comerciais do varejo de grande porte no mercado de Rio Branco é uma ameaça para a maioria dos estabelecimentos em funcionamento, classificados como micro e pequenas empresas. Para 38,3% dos empresários, o grande empreendimento comercial tem a capacidade de atrair mais clientes, deixando assim, os micros e pequenos estabelecimentos em situação desfavorável de mercado. Outros 18,3% demonstram ´ciência´ de que o grande empreendimento comercial tem infinita condição de ´promoções de vendas´ em condições mais vantajosa que o micro e pequeno empreendimento”, diz a Fecomércio.

Saiba mais sobre a pesquisa da Fecomércio:  http://www.fecomercioacre.com.br/noticias/empresarios-acreanos-estao-positivos-com-primeiro-semestre-de-2019

Propaganda

Acre

Servidores param e limpeza de hospitais pode ser comprometida

Publicado

em

O atraso no pagamento nos salários dos servidores de uma empresa terceirizada que é responsável pela limpeza dos hospitais nos municípios de Xapuri, Brasileia, Assis Brasil, Tarauacá, Cruzeiro do Sul e Senador Guiomard, pode comprometer a higiene nas unidades de saúde.

Ao todo, são cerca de 120 profissionais que convivem com o atraso no recebimento de seus salários e, consequentemente, a dificuldade para pagar as contas e manter as despesas mensais de suas famílias.

Com mais um atraso, já que a Limpacre, empresa responsável pelo serviço de limpeza nos hospitais, ainda não pagou os salários de março, o décimo terceiro do ano passado e já vai vencer o mês de abril, os servidores que fazem a limpeza do Hospital Sansão Gomes em Tarauacá e na Unidade Mista de Saúde de Assis Brasil resolveram cruzar os braços a partir desta segunda-feira, 22. “Nós estamos parados até que paguem nossos salários. Não vamos trabalhar até receber os dois meses. Hoje uma colega estava chorando porque o filho estava pedindo comida e ela não tinha de onde tirar. Isso dói na alma da gente”, afirma uma servidora de Tarauacá que pediu para não ser identificada.

Dênis Solon, sócio proprietário da empresa, afirmou que vai entrar em contato com os servidores das duas unidades de saúde. “A gente entende a situação dos trabalhadores. A empresa não gostaria de atrasar salário nenhum dia. Isso só acontece porque também não recebemos em dia. A informação que temos é que a Secretaria de Saúde vai realizar o pagamento de março até a próxima sexta-feira. Isso acontecendo, automaticamente, os servidores recebem um mês de salário”, afirma.

Continuar lendo

Acre

Bombeiros capturam jacaré em banheiro de residência

Publicado

em

A Guarnição de Salvamento do Corpo de Bombeiros de Rio Branco realizou a captura de um jacaré de aproximadamente 1 metro de comprimento na manhã desta segunda-feira (22).

O réptil estava escondido no banheiro de uma residência localizada na rodovia AC-40, no quilômetro 09, situada no bairro Vila Acre.

O animal foi capturado e devolvido ao seu habitat natural. Só nos três primeiros meses deste ano, o Corpo de Bombeiros já capturou 753 animais silvestres em áreas urbanas e residenciais.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.