Conecte-se agora

Ativista divulga vídeo mostrando abandono em ETA do Depasa

Publicado

em

Funcionários do Depasa, alguns com mais de 20 anos de serviços no setor de água e saneamento do Estado e da Capital, relataram esta semana ao presidente da Associação dos Servidores Públicos e Privados do Acre, Janes Peteca, que o governo de Gladson Cameli foi pego de surpresa, sem ter projetos e tampouco estratégias para enfrentar o caos no abastecimento que está sendo verificado durante a atual cheia do rio Acre e a necessária desativação das bombas flutuantes.

“O novo governo ainda não tomou consciência da gravidade do problema e não priorizou a sustentabilidade do sistema de tratamento e distribuição de água para a população, extinguiu o Depasa e não tem uma resposta para dar à população num momento como este. Não tem sequer um plano B”, critica Janes, que está compartilhando um vídeo gravado por servidores do Depasa no dia 13 de janeiro deste ano mostrando o estado de abandono na estação de tratamento de água (ETA 1) na Sobral.

Com base nesses relatos, Janes afirma que o tratamento de água e de esgoto, a urgente despoluição do rio Acre e a sustentabilidade do sistema de abastecimento da Capital nunca foram temas prioritários na agenda dos governos do PT e, pelo visto, jamais será da atual administração.

“Pelo que eu tenho conhecimento com ex-funcionário do Saerb e como representante sindical dos servidores da empresa, o Estado e a capital especialmente precisam de investimentos em tratamento e ampliação da rede de distribuição, bem como de tratamento do esgoto para preservar os mananciais de água potável, mas isso não foi feito nos últimos 20 anos e nem tem um programa neste atual governo. Nos últimos 20 anos a falta de água e de esgoto foi usada como discurso eleitoreiro e nada foi feito, elegeu deputados e governadores e continua um caos”, argumenta Janes Peteca.

Apesar de todas as críticas, o presidente do Depasa, Zenil Chaves, não veio a público para explicar o que está sendo feito para melhorar o sistema. O secretário de Obras, Thiago Caetano, disse que o governo defende a privatização do Depasa.

Anúncios


Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas