Conecte-se agora

Atendimento da ação de saúde solidária Dr. Baba começou neste sábado no município de Jordão

Publicado

em

Depois de cinco dias de viagem, o barco Raimundo Ferreira ancorou no porto de Jordão,. Cidade aonde inicia os primeiros atendimentos da ação de saúde solidária em homenagem ao médico Dr. Baba ( Rosaldo Firmino), que teve sua vida ceifada no mês de outubro de 2018, na cidade de Feijó. O barco saiu de Tarauacá-AC, no último dia 13 com chegada prevista para esta sexta-feira, dia 18.

Tarauacá no dia 13, com chegada prevista para sexta-feira.

A equipe de saúde é composta por 23 pessoas, sendo que na cidade de Jordão outros se unem à equipe para a execução das atividades na descida do barco e, também no atendimento que será realizado no sábado (19) contando com a presença do médico e deputado estadual Jenilson Leite, que coordena a ação de saúde.

A ação de saúde solidária à população ribeirinha às margens do rio Tarauacá, no percurso entre as duas cidades, foi planejada pelo Dr. Baba e Dr. Jenilson Leite, mas com sua partida para o plano celestial, coube ao deputado e à prefeitura de Jordão, com o apoio de amigos e profissionais da área de saúde dar seguimento ao desejo do amigo de atender as comunidades ribeirinhas.

Na ação de saúde serão oferecidos atendimentos nas áreas de psicologia, odontologia, biomédica (exames), infectologia. Além disso, à equipe realizará cortes de cabelos, distribuição de roupas e torneios esportivos.

Para o deputado Jenilson Leite, a execução da ação de saúde significa cumprir o desejo de um amigo, que quando em vida sempre buscou auxiliar o próximo. “O doutor Baba planejou isso, era sonho, mas não pode executar, contudo, nós decidimos fazer está homenagem”.

Calendário de Atendimento:
Sábado: 19/01/2019

Atendimento no Jordão
Domingo: 20/01/2019

Saída de Jordão
Segunda: 21/01/2019

Atendimento seringal Alagoas
Terça: 22/ 01/2019

Saída de Alagoas
Quarta: 23/01/2019

Atendimento no seringal São Luiz
Quinta: 24/01/2019

Atendimento no seringal União
Sexta: 25/01/2019

Atendimento no seringal Santa Luzia
Sábado: 26/01/2019

A previsão é atender mais de duas mil pessoas.

Propaganda

Destaque 7

Laudo confirma que água de gabinete de prefeito estava contaminada com soda cáustica

Publicado

em

FOTO: G1 - ACRE

Ao menos parte do mistério envolvendo a suposta tentativa de envenenamento registrada há uma semana na Prefeitura de Manoel Urbano chegou ao fim. O laudo pericial da apontou que a água encontrada na geladeira do gabinete da prefeitura tinha hidróxido de sódio, ou seja, soda cáustica.

FOTO: G1 – ACRE

O delegado Rêmulo Diniz, responsável pela investigação, contou, nesta semana, que foi solicitado um exame amplo para identificar qual substância teria sido usada para contaminar a água, já que a polícia não tinha certeza de que produto seria. Na sexta-feira, o resultado do exame feito pelo Instituto de Análise Forense foi entregue a Polícia Civil.

Entenda o caso

Na quarta-feira, 6, o prefeito de Manoel Urbano, Tanízio Sá, acionou a polícia para que investigasse uma tentativa de envenenamento que ele acredita ter sofrido. Contudo, a vítima foi uma servidora da prefeitura que ingeriu a água que estava na geladeira do gabinete do prefeito.

O envenenamento se deu quando a funcionária, que não teve o nome divulgado, bebeu a água que estaria com algum produto que a fez passar mal. A servidora foi encaminhada ao hospital do município.

Na ocasião, câmeras de segurança da parte interna e externa da prefeitura foram consultadas para verificar possíveis suspeitos.

No dia seguinte, quinta-feira, 7, o prédio da administração municipal foi invadido durante a madrugada. De acordo com depoimento do prefeito a reportagem do ac24horas, do local foram furtados um notebook, que ele utilizada para os serviços relativos à prefeitura, tais como a folha de pagamento dos servidores e ainda o HD das câmeras de segurança do local.

Tanízio Sá disse, na época, que o fato não o deixava abatido. “Uma coisa que não tenho na minha vida é medo. Vim para cá com um propósito e vou cumprir minha missão, doa em quem doer. Estou firme. Vou continuar o que tenho que fazer. Quem fez isso vai ser penalizado”, declarou o prefeito.

O prefeito cogitou que as ações poderiam ser uma tentativa de intimidá-lo, tendo em vista que, recentemente, ele demitiu servidores contratados por meio de concurso público alegando superfaturamento na folha de pagamento do município. A situação, de acordo com a gestão, estaria ferindo a lei de responsabilidade fiscal.

Continuar lendo
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.