Conecte-se agora

Sem água: atendimento do Depasa informa que não há registro de nada desde dezembro

Publicado

em

Várias comunidades de Rio Branco passaram os últimos dias sem água em suas torneiras. No bairro Floresta Sul, na região do Via Verde Shopping, há registros de residências desabastecidas há uma semana e não encontram a quem reclamar. O Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa) ainda mantém o número 08007211314, cuja atendente, bastante educada, informa que desde o dia 18 de dezembro do ano passado não são enviados relatórios sobre operações, consertos, intervenções ou racionamentos ao serviço de atendimento ao consumidor. “Não temos como prestar informações porque não temos recebido relatório”, disse a atendente ao responder uma ligação da dona de casa Silvia Dias, moradora do Floresta Sul.

Há alguns anos o Depasa chegou a disponibilizar também um número com WhatsApp para troca de mensagem -(68) 99238-0101 -mas não se consegue contato com a empresa por esse telefone.

A sede do Depasa, que fica na Rua Franco Ribeiro, 77, atrás do Colégio Barão do Rio Branco, no Centro. O ac24horas tentou contato com o presidente do órgão, Zenil Chaves, mas não obteve sucesso. Qualquer dirigente do Depasa pode manifestar-se, caso haja interesse em esclarecer a questão.

Propaganda

Cidades

Juízes Marcelo Coelho e Mirla Regina tomam posse na Corte Eleitoral do Acre

Publicado

em

Por

Os juízes de Direito Marcelo Coelho de Carvalho e Mirla Regina da Silva tomaram posse na manhã desta segunda-feira, 24, nos cargos de membros efetivos da Classe de Juiz de Direito do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC), para o biênio 2019/2021.

As posses ocorreram em sessão solene no plenário do Tribunal, da qual participaram autoridades, familiares e amigos dos empossados. Além da Corte Eleitoral, composta pela presidente do TRE-AC, desembargadora Regina Ferrari, o vice-presidente e corregedor, desembargador Elcio Mendes e os juízes-membros, Marcos Motta, Armando Dantas Júnior e Geraldo Fonseca Júnior, compuseram a mesa de honra o procurador regional eleitoral, Vitor Hugo Teodoro, o presidente do Tribunal de Justiça do Acre, desembargador Francisco Djalma e o presidente em exercício da Assembleia Legislativa do Estado, deputado estadual Genilson Leite.

Após o ato de posse, o vice-presidente, desembargador Elcio Sabo Mendes saudou os empossados em nome dos demais membros da Corte, ressaltando que o TRE-AC está com a missão grandiosa de conduzir o pleito eleitoral de 2020 e que a chegada dos juízes para compor a Corte Eleitoral será de grande valia neste momento, e completou: “os magistrados possuem predicados suficientes para manter elevado o debate nesta Corte, visto que ambos possuem rica experiência na Justiça Eleitoral”.

O juiz Marcelo Coelho disse ter consciência das responsabilidades inerentes ao cargo e prometeu, diante dos demais membros e convidados, colaborar com a Justiça Eleitoral do Acre. Ele mencionou o aplicativo e-Título, desenvolvido de forma colaborativa entre o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o TRE-AC, reafirmando a sua admiração por esta justiça especializada, referência mundial diante dos avanços tecnológicos.

A juíza Mirla Regina saudou todos os presentes e agradeceu as boas-vindas desejadas pelo vice-presidente em nome da Corte. Ela disse que a Justiça Eleitoral tem o exercício da democracia como o maior valor e que se sente honrada em atuar no TRE acreano em um momento tão importante desse debate. “O papel da Justiça Eleitoral é crucial no processo de construção da democracia. É esse papel que traduz a razão de existir desta justiça”, destacou.

A presidente do Tribunal, desembargadora Regina Ferrari, declarou encerrada a sessão solene após desejar boas-vindas aos empossados. “Deixo aqui registrado o engrandecimento do TRE acreano ao receber dois excelentes magistrados na sua composição. Vamos todos juntos, irmanados nessa grande construção da democracia”, finalizou.

Continuar lendo

Cidades

Famílias protestam em Rio Branco por entrega de casas do governo

Publicado

em

FOTO: Notícias da Hora

No início da tarde desta segunda-feira, 24, dezenas de pessoas interditaram a saída da ponte Juscelino Kubitschek, a ponte metálica, no centro de Rio Branco, para exigir a entrega de casas sorteadas pelo governo federal.

Os manifestantes, em sua maioria contemplada com unidades habitacionais no Loteamento Andirá, alegam que participaram de programas de habitação do governo federal e desde 2009 aguardam a entrega das residências prometidas.

Durante o protesto, eles solicitaram a presença de um representante do Acre. Segundo eles, famílias que foram sorteadas recentemente não receberam o imóvel.

Em entrevista à rádio Aldeia FM hoje cedo, o secretário de Infraestrutura e Urbanismo, Thiago Caetano, falou que os cadastros de 2009, pelo menos, não podem mais ser usados para contemplação das casas de habitação.

Caetano disse, ainda, que os cadastros estão sendo atualizados e que em breve o governo irá lançar um programa de construção de casa no interior do Acre.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.