Conecte-se agora

Correios não enviará celular e notebooks com bateria por Sedex para quatro cidades do Acre

Publicado

em

Os Correios adotaram uma medida que dificultará, a partir do dia 31 de janeiro, o envio de celulares, notebooks e outros dispositivos com baterias e pilhas de lítio ou íons de lítio, ainda que estejam dentro dos aparelhos, para certas rotas do país, entre elas de Rio Branco para Porto Walter, Marechal Thaumaturgo, Jordão ou Santa Rosa do Purus em alguns casos. Prejudicial para comunidades remotas, a medida proíbe baterias nas encomendas do Sedex 10 e Sedex 12 entre cidades ou Estados diferentes. O envio local nessas modalidades, isto é, quando a origem e o destino estão na mesma cidade ou região metropolitana ainda será permitido. A proibição também vale em encomendas para Estados diferentes no Sedex “padrão” e em trechos de quatro estados: Amazonas (de Manaus para Carauari, Eurinepé, Envira, Tabatinga, São Paulo de Olivença ou Tefé), Pará (de Belém para Santarém), Pernambuco (de Recife para Fernando de Noronha) e Acre (de Rio Branco para Porto Walter, Marechal Thaumaturgo, Jordão ou Santa Rosa do Purus).

Em diversas situações, o Sedex deixará de entregar encomendas com baterias e pilhas de lítio ou íons de lítio, ainda que estejam dentro dos aparelhos. Os Correios deixarão de entregar, para boa parte dos trechos, encomendas contendo baterias e pilhas de lítio ou íons de lítio – encontradas, entre outros, em smartphones e notebooks. Para algumas localidades, será proibido o envio, inclusive, se estiverem acopladas ao aparelho. A restrição passa a valer a partir de 31 de janeiro de 2019 e atende à decisão da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) que visa à segurança dos voos.

Despachos contendo baterias e pilhas nas modalidades Sedex 10 e Sedex 12 (estadual e nacional), Sedex simples nacional e quatro trechos do Sedex simples estadual não serão mais aceitos, estando ou não as baterias acopladas ao produto.

Postagens locais são aquelas cuja origem e destino estão em uma mesma cidade ou sua região metropolitana. Já a estadual compreende origem e destino em cidades distintas, porém dentro do mesmo estado. As de âmbito nacional contemplam origem e destino em cidades de estados diferentes.

Já no caso do PAC, Sedex Hoje e Sedex Local (todos os trechos), além do Sedex 10 e Sedex 12 locais, o envio só poderá ser feito caso a bateria esteja acoplada ao aparelho. “Na prática, isso significa que não será possível mais enviar as baterias separadamente, ao menos não pelos Correios. Isso vale também para o caso de celulares em que a bateria vem fora do aparelho, mas na mesma caixa”, disse Caio Colagrande, do portal E-Commerce Brasil.

Tabela mostra trechos com entrega proibida:

Propaganda

Cotidiano

Prefeitura interdita parte de avenida no Vila Ivonete para bloquinho de carnaval

Publicado

em

A prefeitura de Rio Branco, por meio da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (RBTRANS), emitiu uma nota nesta quarta-feira, 19, para informar que irá interditar uma pista da Avenida Benedito Maia, bairro Vila Ivonete, para realização do “Bloquinho do Biel – Saudades do Carnaval”.

O trecho compreendido da interdição será entre a Rua dos Arbustos até a rotatória da Avenida Getúlio Vargas, no dia 13 de julho de 2019, das 17h às 00h.

A Cê Acredita Eventos enviou Requerimento à prefeitura pedindo autorização para a interdição.

Continuar lendo

Cotidiano

Trabalhador tem celular roubado e é ferido com um tiro durante assalto na Nova Estação

Publicado

em

Mais uma pessoa foi vítima da violência desenfreada que assola Rio Branco. A vítima agora foi o trabalhador Denner da Cruz Braga, de 21 anos, que foi ferido com um tiro na noite desta quarta-feira (19) durante um assalto na rua São Sebastião, no bairro Nova Estação.

De acordo com informações da mãe, Denner havia chegado do trabalho e saiu de casa para ir comer um salgado e no trajeto enquanto caminhava até seu destino, dois homens não identificados em uma motocicleta se aproximaram e o garupa em posse de uma arma de fogo anunciou o assalto. O trabalhador não reagiu e entregou o celular e mesmo assim foi ferido com um tiro que atingiu o braço direito. Após a ação, os criminosos fugiram do local.

A ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, prestou os primeiros atendimentos e conduziu a vítima ao pronto socorro de Rio Branco em estado de saúde estável.

A Policia Militar esteve no local e após colher as características da moto e dos assaltantes fizeram várias rondas na região, porém ninguem foi preso.

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.