Conecte-se agora

População reclama da demora no atendimento do Pronto Socorro de Rio Branco

Publicado

em

Os populares que procuraram o Pronto-Socorro de Rio Branco, no Bosque, na noite desta sexta-feira, dia 11, se depararam com uma demora de horas. Algumas mulheres e crianças estavam por mais de seis horas aguardando a chamada para o consultório médico. Segundo profissionais hospital, três médicos atendiam, mas os pacientes disseram que a informação era falsa. Alegaram que apenas um profissional estava no ambulatório da unidade pública de saúde.

Veja o vídeo do jornalista João Renato Jácome.

Propaganda

Acre 01

MP é contra José Augusto responder por “crimes de corrupção” sentado na cadeira de prefeito

Publicado

em

O Tribunal de Justiça decide hoje se o prefeito afastado de Capixaba, José Augusto (Progressista), pode responder pelas graves acusações de corrupção estando no cargo ou não. Se depender da Polícia Federal e do Ministério Público, Augusto não reassume de forma alguma, já que no cargo de prefeito poderá praticar crimes mais graves para eliminar provas, ameaçar testemunhas ou mesmo atrapalhar as investigações. A decisão está nas mãos do desembargador Laudivon Nogueira, responsável pelo processo.

Os prefeitos afastados pela Justiça José Augusto e André Maia (Senado Guiomard) respondem pelas acusações de corrupção e outros crimes em liberdade, mas fora dos cargos. Porém, tentam na justiça voltar, apesar das graves acusações que pesam contra eles. No caso de Capixaba, se encerra hoje os 180 dias de afastamento de José Augusto. O Ministério Público pede a condenação e que ele continue distante da prefeitura para evitar novos crimes e proteger o erário.

Pesa contra José Augusto, que é apontado pela Polícia Federal (a partir das provas colhidas ao longo de oito meses de investigação como sendo o chefe da Organização Criminosa), que desviou mais de dois milhões de reais de recursos da merenda escolar e medicamentos que não chegaram à população. Os crimes de pagamento de obras fantasmas e recebimento de propinas que geravam enriquecimento de terceiros, pela prática da lavagem de dinheiro, fraudes em licitações mediante combinação, desvio e apropriação de rendas públicas, crimes de responsabilidades, corrupção passiva e ativa, crime de peculato e falsificação de documento público também foram investigados.

AMEAÇAS E MUITA CONFUSÃO EM CAPIXABA

“Aqui em Capixaba o clima é de hostilidades, medo, ameaças, intimidações, afronta à ordem e perturbação geral, especialmente nas redes sociais”, afirma Ary Marques, uma das testemunhas do processo que, segundo ele, frequentemente é atacado pelo ex-secretário de Planejamento, Celso Nascimento, que estaria a mando do prefeito afastado intimidar a todos.

O prefeito substituto Antônio Cordeiro (PMDB) diz que não suporta mais tanta intimidação e ameaças, manifestou-se publicamente afirmando que, “o senhor Celso vem perseguindo tanto a mim como aos meus secretários ou a quem possa fazer parte da administração”.

O pior, garante o prefeito empossado pela Justiça, é que esse rapaz age e publica suas ameaças em nome do governador Gladson Cameli, mandando recados de que, “vai exigir o afastamento de cargos comissionados do estado para tentar desmoralizar as lideranças do MDB Marcio Bittar e Flaviano, pois sempre afirma que, “em  Capixaba esses caciques não tem moral pra indicar ninguém”. A confusão revela uma disputa do Progressistas com o MD, já que o prefeito atual é ligado ao partido do senador Flaviano Melo e o afastado ao Progressista do governador.

Relatam os atuais secretários que, “os gestores afastados têm certeza da impunidade que seria orquestrada por acordos entre empresários envolvidos no processo criminal, que ajuízem ações que poderão sofrer acordos de pagamento futuramente por José Augusto; pela invasão de prédios públicos por acusados que estão proibidos pelo desembargador Laudivon Nogueira. Segundo o prefeito atual, também pela presença ostensiva do ex-secretário de Finanças de José Augusto, Gilson Rocha, que entra na prefeitura e exige informações de recursos recebidos, contratos, pagamentos e nomeações, como se José Augusto já tivesse voltado a comandar novamente os mesmos recursos, informações que ele mesmo publica nas redes sociais produzindo provas contra si.

“A mim resta esperar, pois estou no cargo por determinação do Tribunal de Justiça que por duas vezes já negou o retorno do titular e, faço questão, de declarar que cumpro minha responsabilidade com honestidade”, relata o atual gestor que se diz muito preocupado com a situação de Capixaba.

 

 

 

Continuar lendo

Acre 01

Em menos de 1 hora, dois homens foram mortos a tiros e adolescentes ficam baleados

Publicado

em

O que parecia ser mais um final de semana tranquilo, foi marcado como mais uma noite de ataques das facções. Em menos de 1 hora dois homens foram mortos e duas pessoas ficaram feridas a tiros neste domingo (24) em Rio Branco. Os crimes aconteceram no segundo distrito e na parte alta da capital, no bairro Defesa Civil.

A primeira ocorrência aconteceu na rua Durval Camilo no bairro Canaã, região do 2° Distrito, Diego Nascimento de Araújo, de 25 anos, estava caminhando em via pública, quando dois homens não identificados em uma motocicleta se aproximaram e o garupa de posse de uma arma de fogo efetuou 3 tiros em direção de Nascimento. A vítima foi atingida com 2 projeteis que acertaram a cabeça e o peito.

Diego mesmo ferido ainda conseguiu correr na tentativa de fugir dos criminosos, mas caiu na entrada do local em que trabalhava como vigia e morreu. Os criminosos fugiram do local.

A segunda ocorrência aconteceu na Avenida Amadeo Barbosa no bairro Areal. Antônio Duarte dos Santos, 37 anos, foi assassinado com três, 2 nas costas e 1 no braço. Após a ação o autor do crime fugiu do local tomando rumo ignorado.

As áreas foram isolada pela Polícia Militar até a chegada da perícia técnica do Instituto de Criminalística da Polícia. Em seguida os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal para os devidos procedimentos.

A terceira e quarta ocorrências foram duas tentativas de homicídio.

Um adolescente de 14 anos foi baleado com tiro nas costas no Conjunto Jacarandá, 2° Distrito. Segundo informações policiais, a vítima saiu de casa juntamente com seu irmão e um amigo para fazer umas compras para sua mãe, quando próximo a uma quadra de esportes foram abordados por dois homens numa moto que efetuaram 5 tiros, um dos projeteis atingiu o adolescente nas costas.

A outra tentativa aconteceu na rua Bota Fogo no bairro Defesa Civil, o C.A.N de 15 anos foi baleado com um tiro nas nádegas. A vítima estava a caminho de casa em sua bicicleta, quando a dupla em uma moto passou atirando.

As vítimas foram conduzidas ao pronto socorro de Rio Branco em estado de saúde estável. Os casos serão investigados pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.