Conecte-se agora

MDB diz que posição de Mazinho não é do partido; prefeito afirma que nota é para manter “empreguinhos”

Publicado

em

A executiva estadual do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) emitiu nota no fim da manhã desta sexta-feira, 11, afirmando que as declarações do prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim (MDB), de que os emedebistas fariam oposição ao governo Gladson Cameli (Progressistas) na Assembleia Legislativa, não refletem a posição oficial do partido.

A nota afirma que a legenda mantém seu “apoio incondicional” a Gladson Cameli, “cujo governo ajudou a construir e onde tem efetiva participação”. “As declarações tornadas públicas pelo prefeito Mazinho Serafim não têm o aval do partido e, portanto, refletem apenas seus posicionamentos individuais”, completa.

O rompimento do prefeito de Sena Madureira – o terceiro maior município do Acre – deu-se após o Palácio Rio Branco se negar a conceder a ele a indicação de cargos da administração estadual na cidade.

LEIA MAIS: Em vídeo, Mazinho Serafim se declara oposição e diz que “talvez Gladson não termine o governo”

LEIA TAMBÉM: Mazinho Serafim: “Não quero mais conversa com o Gladson”

A partir de então, Mazinho passou a declarar que faria oposição ao governador, com a mesma postura sendo adotada por sua mulher, a deputada estadual eleita Meire Serafim (MDB), na Assembleia Legislativa.

Procurado por ac24horas, o prefeito afirmou que a nota do partido foi apenas para assegurar os “empreguinhos” dos emedebistas já acomodados no governo. De acordo com ele, a divisão de cargos para o MDB não reflete o tamanho e o peso político da legenda.

“Nós temos um senador eleito, dois deputados federais, três estaduais e a única coisa que deram para o partido foi uma tal secretaria de Pequenos Negócios”, disse ele. A secretaria, que passou a se chamar Empreendedorismo e Turismo, é comandada pela ex-deputada estadual Eliane Sinhasique.

Essa semana, Gladson Cameli – a partir de indicações do senador eleito Márcio Bittar – deu à legenda a chefia do Departamento de Pavimentação e Saneamento (Depasa); o MDB agora tem a presidência e a diretoria da autarquia.

Mazinho Serafim chegou a fazer uma comparação com as demais legendas, como o PP do governador e o PSDB do vice Major Rocha, que, de acordo com ele, mesmo sem terem obtido grandes resultados nas urnas, abocanharam os melhores espaços. “O resto que se f*&#’”, disparou.

Questionado se estaria disposto a um “acordo de paz” caso o governo estivesse disposto a acomodar seus aliados, Mazinho Serafim respondeu que a reaproximação não ocorreria “nem se mandassem um caminhão de ouro”.

“Não quero acordo com esse pessoal. Vou cobrar tudo o que prometeram para Sena Madureira”. Segundo ele, entre os itens do pacote de bondade sinalizado pelo governo progressista estaria a construção da ponte entre os dois distritos da cidade, orçada em R$ 25 milhões.

Propaganda

Cotidiano

PSD deseja Fernanda Hassem em seus quadros, mas nega negociação

Publicado

em

O PSD do senador Sérgio Petecão não abriu negociação com os prefeitos Tião Flores (PSB) e Fernanda Hassem (PT) para que os dois se filiem ao partido. “A visita que a nossa deputada Mafisa Petecão fez a prefeita Fernanda foi apenas institucional, mas gostaríamos sim de ter a prefeita Fernanda em nossos quadros, seria muito bom”, disse Solino Matos.

Segundo ele, o PSD começa a partir de março um processo de reestruturação e todo o interior do Estado. Tem como objetivo a preparação para as eleições do ano que vem quando candidatos a prefeito e a vereador serão lançados. “Nossa chapa de vereador em Rio Branco está sendo bem articulada, já temos nomes bons e competitivos para a disputa”, explicou.

Continuar lendo

Cotidiano

Família procura por idoso que desapareceu no Rio Japiim, no município de Mâncio Lima

Publicado

em

PORTO DO RIO JAPIM EM MÂNCIO LIMA - Imagem Ilustrativa

A família de José Franessi de Souza, está realizando buscas para localizar o paredeiro do pescador que desapareceu na última quinta-feira, dia 10, no Rio Japiim, em Mâncio Lima, no interior do Acre.

Segundo a filha do pescador, Maria Francilene, o pai saiu para pescar com um sobrinho e na sexta-feira, dia 11, o sobrinho retornou, mas o pai não. “Ele foi pescar com esse meu primo, na sexta meu primo voltou e ele disse que ia ficar, mas não voltou até agora”, afirmou.

Familiares saíram em busca de Souza e encontraram a canoa com todos os pertences abandonada. “Achamos só a canoa, então não sabemos se ele caiu na água, se foi levado, não sabemos de nada”, afirmou.

Francilene afirmou que o Corpo de Bombeiros realizou uma busca muito superficial. “Foi uma busca muito superficial que não durou nem 2 horas e agora nós que estamos fazendo porque ninguém ajuda”, destacou.

Continuar lendo

Cotidiano

Jovem recrutada por aplicativo de mensagem é presa com 8 kg de drogas na BR-317

Publicado

em

A Polícia Rodoviária Federal prendeu uma jovem de 18 anos, transportando oito quilos de cocaína em um táxi que fazia o trecho Brasileia-Rio Banco, pela BR-317. A moça mora em Juazeiro, na Bahia, e a droga seria entregue em Porto Velho. Aos policiais, ela relatou que receberia R$ 6 mil pelo transporte e que recebeu a proposta via aplicativo de mensagem, possivelmente o WhatsApp.

Em razão do nervosismo apresentado pela jovem, os policiais verificaram sua bagagem e localizaram dentro de uma das bolsas, oito invólucros no formato de barra e, no teste inicial, a substância foi confirmada ser cocaína.

“A jovem informou que estava há 6 dias no Acre e pegou os 8 Kg da droga na rodoviária de Brasileia, no início da noite (dia 14), e que seu destino final seria a capital rondoniense, onde entregaria a mercadoria a uma pessoa na rodoviária. Foi dado voz de prisão à passageira e a mesma foi conduzida juntamente com a droga e seus pertences, dentre os quais quase R$ 1,8 mil em espécie, para a Delegacia de Polícia Civil de Xapuri para os procedimentos pertinentes”, disse a PRF.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Leia Também

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.