Conecte-se agora

Educação a Distância será discutida em audiência pública no Senado

Debate ainda não tem data marcada

Publicado

em

A modalidade de Educação a Distância (EAD) será discutida pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal por meio de audiência pública. O debate ainda não tem data marcada, mas terá como foco a qualidade do ensino diante do crescimento dos polos de apoio presenciais e da ampliação da oferta do curso. “O ensino a distância é um mecanismo importante e relevante, desde que aplicado adequadamente. E isso também está concorrendo com as instituições de ensino presencial e pode comprometer o futuro, que já é de risco, da educação superior”, afirmou a senadora Ana Amélia (PP-RS), autora da proposta, por meio da Agência Senado.

Um dos fatores de crescimento dos polos EAD – que passaram de 6.583, até os primeiros meses de 2017, para 15.394 até o final do primeiro semestre de 2018 – está edição do Decreto nº 9.057, realizada em maio de 2017. Ao mesmo tempo em que regulamentou a modalidade, flexibilizou regras para a criação das unidades de apoio. Com isto, foi permitido às Instituições de Ensino Superior (IES) ofertar exclusivamente cursos a distância e também criar os próprios polos, caso tenham autorização do Ministério da Educação (MEC).

Apenas as IES que têm autonomia estão isentas da autorização. A flexibilidade visa aumentar a taxa bruta de matrícula no ensino superior para 50% e a taxa bruta para 33% na faixa etária entre 18 e 24 anos. O objetivo é exigido pela Meta 12 do Plano Nacional de Educação (PNE).

Polos de Educação a Distância

Considerados unidades de ensino descentralizadas, os polos de educação a distância são os locais onde são desenvolvidas atividades de tutoria, avaliações, oficinas, entre outras. Para garantir ao estudante a plena formação, as unidades devem ter infraestrutura física, tecnológica e de pessoal alinhadas com o projeto pedagógico dos cursos.

O Educa Mais Brasil oferta bolsa de estudo de até 70% em instituições privadas de ensino, válidas para a modalidade EAD e também presencial. Os polos de apoio dispõem de bibliotecas, laboratórios, computadores e ambientes virtuais que permitem o aprendizado adequado ao tipo de ensino. Juntos, os cursos presenciais e a distância somam mais de 400 mil oportunidades em todo o território nacional para 2019.1.

Em 2017, houve 1.756.982 de matrículas registradas nos cursos EAD, o equivalente a 21,2% do total. Em termos de rede de ensino, a privada abarca 90,6% das matrículas enquanto a pública, apenas 9,4%. Na última década, entre 2007 e 2017, a inscrição na modalidade cresceu 375,2% em contraste com apenas 33,8% dos cursos presenciais. Os dados são da última edição do Censo da Educação Superior.

Saiba mais: áreas que permitem cursos EAD

Saiba mais: por que vale a pena fazer um curso a distância?

Graduação EAD

A modalidade EAD é a que mais cresce no Brasil. Segundo o Censo da Educação Superior 2017, divulgado no segundo semestre do último ano, houve aumento do número de estudantes que entram na graduação. O ensino a distância foi o principal responsável, com variação positiva de 27,3% entre 2016 e 2017. Considerando os dez últimos anos, houve uma variação positiva de 226%, passando de 329.271, em 2007, para 1.073.497, em 2017.

Propaganda

Acre 01

Estudante é ferido a bala após tentativa de assalto em frente a faculdade Fameta

Publicado

em

O estudante de Contabilidade do Centro Universitário (Unimeta) Wenderson  Costa Campelo, de 26 anos, foi ferido com um tiro na noite desta terça-feira (19) após uma tentativa de assalto na rua Valdomiro Lopes, no Bairro da Paz, em Rio Branco.

De acordo com informações de populares, Wenderson estava chegando na frente do centro universitário em sua motocicleta, quando dois homens não identificados em uma moto se aproximaram e o garupa em posse de uma arma de fogo anunciou o assalto.

Na ação do bandido, o estudante se assustou e acelerou a moto e o criminoso efetuou um tiro que atingiu o pé direito de Wenderson. Mesmo ferido, a vítima ainda conseguiu pilotar sua motocicleta até uma lanchonete e pedir ajuda. Os bandidos fugiram tomando rumo ignorado.

A ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e conduziu o estudante ao pronto socorro de Rio Branco em estado de saúde estável.

Policiais Militares do 4°Batalhão estiveram no local e após colher informações fizeram varias rondas na região em busca de prender os criminosos, mas ninguém foi encontrado.

Estudantes afirmaram a reportagem do ac24horas, que os roubos de moto na região do centro universitário ocorre com frequência e pedem que as autoridades competentes tomem as devidas providências.

Continuar lendo

Extra Total

Arrastão de membros do Bonde dos 13 provoca pânico em passageiros da Vila Acre

Publicado

em

Mais de 60 passageiros do ônibus que faz a linha do Vila Acre, em Rio Branco, foram vítimas de um arrastão protagonizado por membros da facção criminosa Bonde dos 13. De acordo com informações repassadas pelas vítimas, três homens armados entraram no coletivo na entrada do bairro Taquari e anunciaram o assalto.

Durante a ação, um dos assaltantes apontou a arma para cabeça do motorista e fez com o profissional conduzisse ao carro para dentro do bairro Taquari. Enquanto isso, os outros integrantes iniciou o recolhimento de celulares, carteiras, relógios de demais objetos de valores dos passageiros.

Antes dos bandidos desembarcaram do ônibus, alguns passageiros ativaram a alavanca de emergência e começaram a saltar dos ônibus pelas janelas. Uma estudante que pulou bateu a cabeça no chão e teve que ser atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e foi encaminhada a Upa do 2º Distrito.

Quando a polícia chegou ao local, os bandidos já haviam fugido. Vários passageiros estavam em choque e choravam bastante.  Militares ainda chegaram a fazer buscas pela região, mas nenhum dos responsáveis pelo assalto foram localizados.

Alguns passageiros suspeitam que os assaltantes teria recebido a informação de um quarto integrante que estaria dentro do ônibus. A polícia investiga o caso e tenta identificar quem seria essa pessoa.

 

 

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.