Conecte-se agora

Conselheiros da nova gestão OAB/AC tomam posse

Publicado

em

Os integrantes do Conselho Seccional e membros suplentes da Caixa de Assistência dos Advogados do Acre (CAAAC) tomaram posse, durante sessão extraordinária, realizada na tarde de quinta-feira, 10, para a nova gestão da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Acre (OAB/AC).

A posse administrativa aconteceu no auditório do conselho pleno e foi assinada pelo presidente da OAB Acre, Erick Venâncio. A posse festiva de toda a diretoria está prevista para o dia 28 de fevereiro, segundo anunciou o presidente. Além disso, também foram indicados os 11 membros titulares do Tribunal de Ética e Disciplina do Acre
(TED/AC) e os três suplentes e também foram empossados o presidentes das comissões.

Para o presidente Erick Venâncio, o grande desafio da nova gestão é fazer um trabalho ainda melhor do que o executado pela gestão anterior. E apresentou uma resolução que, aprovada por unanimidade, estabelece medidas administrativas para contenção e otimização de despesas.

“O nosso desafio é entregar uma OAB ainda melhor do que recebemos do Marcos Vinícius, assim como ele teve o mesmo compromisso quando assumiu a presidência”, pontuou Venâncio.

Além disso, ainda houve a nomeação de Presidentes das Comissões de Assessoramento e Delegado da Delegacia do Alto Acre e a aprovação do calendário de Sessões Ordinárias para o ano de 2019.

Membros do Conselho Seccional

Adriano Drachenberg, Alexandro Teixeira Rodrigues , André Fabiano dos Santos Aguiar, Atalidio Bady Casseb, Cristopher Capper Mariano de Almeida, Edinaldo Valério Monteiro, Elísio Manoel Pinheiro Mansour Filho, Eronilço Maia Chaves, Ferdinando Farias de Araújo Neto, Helane Christina da Rocha Silva, Ismael da Cunha Neto, Jairo Teles Castro, José Antônio Ferreira de Souza, Leandro de Souza Martins, Luiz Mário Luigi Júnior, Márcia Cristina Cordeiro Lopes Alódio, Márcio D’Azicourt Pinto, Maria do Perpétuo Socorro Rodrigues de Souza, Mário Gilson de Paiva Souza, Neyarla de Souza Pereira, Octávia de Oliveira Moreira, Rocicleide Araújo de Souza Figueiredo, Samuel Gomes de Almeida Feitosa, Silvia Maria Baeta Minhoto, Tatiana Karla Almeida Martins, Suplentes do Conselho Seccional, Alberto Tapeocy Nogueira, Alcides Pessoa Gomes, Aldo Rober Vivan, Alessandro Callil de Castro, Ana Carolina Faria e Silva Gask, Andréia Regina Pereira Nogueira, Antônio Weverton Quintela de Souza, Armyson Lee Linhares de Carvalho, Aury Maria Barros Silva Pinto Marques, Carlos Venícius Ferreira Ribeiro Júnior, Elaine Ruiz Ferreira, Emerson Oliveira Jarude Thomaz, Emerson Soares Pereira , Érico Maurício Pires Barboza, Everton Araújo Rodrigues , Francisco Costa do Nascimento, Frederico Jorge Magalhães Pereira de Lira, Gracileidy Almeida da Costa Bacelar, Ítalo Fernando de Souza Feltrini, João Rodholfo Wertz dos Santos, Kelen Rejane Nunes Sobrinho, Lauro Fontes da Silva Neto, Luiz Henrique Coelho Rocha, Maísa Justiniano Bichara Martins, Marco Antônio Mourão de Oliveira, Marília Gabriela Medeiros de Oliveira, Renato Cesar Lopes da Cruz, Sangelo Rossano de Souza, Sérgio Baptista Quintanilha, Vanessa Martins de Oliveira Motta.

Membros do TED
Dion Nobrega Leal, Cil Farney Assis Rodrigues, Paulo Silva Cesário Rosa, Isabelly Araújo Catão Benvenutti, Rafaela Maciel Ferreira, José Fernando da Silva Neto, Lana Carla da Silva Lima, Leonardo Simão de Araújo, Robson Shelton Medeiros da Silva, João Arthur dos Santos Silveira, Bruno Lameira Itani.

Membros das Comissões
Delegacia do Alto Acre, Luiz Mario Luigi Junior; Escola Superior de Advocacia, Renato Augusto Fernandes Cabral Ferreira; Coordenadoria Geral das Comissões, Marina Belandi Scheffer; Comissão da Advocacia Criminal, Romano Fernandes Gouvea; Comissão da Jovem Advocacia, Fernanda Catarina Bezerra de Souza; Comissão da Mulher Advogada, Isnailda de Souza da Silva Gondim; Comissão da Pessoa com deficiência, Andresson da Silva Bomfim; Comissão da Pessoa Idosa, Ismael da Cunha Neto; Comissão de Ação Social, Karina Regina Rodrigues da Silva; Comissão de Assuntos Legislativos, Matheus Costa Sarkis; Comissão de Combate ao Exercício Irregular da Profissão, Marcela Jansen Silva Romero; Comissão de Conciliação, Mediação e Arbitragem, Felippe Ferreira Nery; Comissão de Defesa do Consumidor, Andréia Regina Pereira Nogueira; Comissão de Defesa, Assistência e Prerrogativas, Thalles Vinícius de Souza Sales; Comissão de Sistema Carcerário, Felismar Mesquita Moreira; Comissão de Direito Previdenciário, Wagner Alvares de Souza; Comissão de Direito Tributário, Márcio D’Anzicourt Pinto; Comissão de Esportes, Andrey Macêdo de Araújo; Comissão de Seleção e Inscrição, Marcel Bezerra Chaves; Comissão de Sociedade de Advogados, Marivaldo Gonçalves Bezerra; Comissão de Tecnologia da Informação, Claudemir da Silva.

Propaganda

Destaque 5

Hansenianos pedem socorro aos deputados contra fechamento da Colônia Souza Araújo

Publicado

em

Um grupo de hansenianos foi à Assembleia Legislativa do Acre nesta terça-feira, dia 19, para pedir ajuda aos deputados estaduais. O grupo tenta impedir que a Colônia Souza Araújo feche as portas por falta de recursos para manter os serviços em pleno funcionamento.

Os internos da colônia, que fica às margens da BR-364, bloquearam na última segunda-feira, dia 18, o trecho da rodovia. O bloqueio foi um protesto aos atrasos nos repasses do convênio financeiro celebrado entre Governo do Acre e Diocese de Rio Branco, para manutenção dos serviços.

Bio Souza, secretário de Comunicação do Movimento dos Hansenianos no Acre (MOHAM), destaca que a reivindicação do grupo é pela “garantia da manutenção dos trabalhos da [Colônia] Souza Araújo. Agora, a gente tem a informação de que o repasse será repartido para outras instituições geridas pela Diocese. Estamos reivindicando que eles têm uma vida digna ali dentro”, destaca.

Em nota, na última segunda, a Secretaria de Saúde do Acre informou que já havia protocolado o junto ao banco um pagamento no valor de R$ 220 mil referentes ao convênio com a Diocese de Rio Branco. O recurso é destinado para as comunidades Souza Araújo, Estrela do Amanhã e Arco Íris, mas não especificou quanto será destinado a cada uma.

O pagamento do restante do atrasado está sendo avaliado pela Procuradoria Geral do Estado (PGE) e o governo estuda a continuidade do convênio com o hospital. Segundo informações de funcionários da Souza Araújo, os débitos somam mais de 1 milhão de reais.

Continuar lendo

Destaque 5

Curiosidade: Arara-Vermelha é a ave-símbolo do Acre, mas poderia ser o Uirapuru ou Choca-do-Acre

Publicado

em

Poucos sabem, mas a Arara-Vermelha é tida como a ave-símbolo do Acre. Alguns ativistas, como o ornitólogo Dalgas Frish, chegaram  a propor que o status fosse dado ao Uirapuru Verdadeiro, cujo canto  foi gravado nas florestas do  Acre -outros falam da Choca-do-Acre, só encontrada, no Brasil, no extremo-oeste do Acre. A Arara-Vermelha tem registro de ocorrência em cinco pontos do Acre e pode ser vista em quase  todo o País.

A “escolha” não foi exatamente um processo tranquilo tampouco transparente  mas teve algum  debate que envolveu gente de fora do Acre. Em entrevista ao Blog do Altino, o jornalista Silvestre Gorgulho chegou a considerar a opção pela Arara-Vermelha “um erro histórico-geográfico-cultural”. No País, o Sabiá-Laranjeira é  há muitos anos  o símbolo do Brasil.

Vários Estados também tem sua ave-símbolo, definidas por decreto governamental, entre eles o  Paraná (Gralha-Azul – Cyanocorax caerulens); Rio Grande do Sul (Quero-Quero – Vanellus chilensis); São Paulo (Sabiá – Turdus rufiventris).

Com Dalgas, chegaram a propor lobby para tornar o Uirapuru Verdadeiro (Cyphorhinus modulator) a ave símbolo do Acre e com decreto oficial. Algo que tudo indica não prosperou.

Esse movimento foi registrado  em  2006. Treze anos depois, em  2019, o pesquisador Edson Guilherme, da Universidade Federal do Acre (Ufac)  diz que há outras aves com características bem mais acreanas já com a arara-vermelha.  É o caso da Choca-do-Acre (Thamnophilus divisorius), que Guilherme descreveu, na WikiAves, como “espécie endêmica e restrita as regiões da Serra do Divisor (Brasil/Peru)”. O pesquisador produziu o livro “Aves do Acre”, o grande acervo sobre o tema no Estado.

Guilherme é um dos maiores especialistas do Brasil em  pássaros e autor de artigos públicos nas mais relevantes publicações do mundo sobre o assunto.

Conheça a ave símbolo de cada Estado do Brasil em mapa produzido pela Ornithos: 

Sul:

Rio Grande do Sul – Quero-quero (Vanellus chilensis)

Santa Catarina – Araponga (Procnias nudicollis)

Paraná – Gralha-azul (Cyanocorax caeruleus)

Sudeste

São Paulo – Sabiá-laranjeira (Turdus rufiventris)

Rio de Janeiro – Tucano-de-papo-amarelo ou de-bico-preto (Ramphastos vitellinus)

Espírito Santo – Beija-flor (Colibri serrirostris)

Minas Gerais – Seriema (Cariama cristata)

Centro-Oeste

Mato Grosso do Sul – Tuiuiú (Jabiru mycteria)

Mato Grosso – Tachã (Chauna torquata)

Goiás – Anhuma (Anhima cornuta)

Distrito Federal – Gavião-real (Harpia harpyja)

Norte

Tocantins – Cigana (Opisthocomus hoazin)

Pará – Pavãozinho-do-Pará (Eurypyga helias)

Amapá – Flamingo (Phoenicopterus sp.)

Rondônia – Jacamim-de-costas-verdes (Psophia viridis)

Acre – Arara-vermelha (Ara chloropterus)

Amazonas – Uirapuru (Cyphorhinus arada)

Roraima – Galo-da-serra (Rupicola rupicola)

Nordeste

Maranhão – Sabiá-da-praia (Mimus gilvus)

Piauí – Surucuá-de-barriga-vermelha (Trogon curucui)

Bahia – curió (Sporophila angolensis)

Sergipe – Corrupião (Icterus jamacaii)

Alagoas – Mutum-do-nordeste (Pauxi mitu)

Pernambuco – Tesourão (Fregata magnificens)

Paraíba – Pomba-de-bando (Zenaida auriculata)

Rio Grande do Norte – Ema (Rhea americana)

Ceará – Jandaia (Aratinga jandaya)

Fonte: Ornithos

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.