Conecte-se agora

Reeleito pelo Acre, Sérgio Petecão oficializa candidatura à Presidência do Senado Federal

Publicado

em

O senador reeleito pelo estado do Acre, Sérgio Petecão (PSD), afirmou nesta quinta-feira (10) que está em articulação com antigos e novos senadores para que seu nome seja viabilizado ao cargo de Presidente do Senado Federal na próxima legislatura. Petecão carrega em seu currículo a experiência de já ter sido, por quatro mandatos, presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Acre e vice-presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado.

O senador se diz pronto para assumir à Presidência do Senado Federal, que deverá ser marcada por uma gestão republicana e com o olhar nos interesses do Brasil. “Coloquei meu nome à disposição do meu partido, o PSD, e tenho conversando com todos os senadores; muitos deles já manifestam apoio à minha candidatura”, disse.

Sérgio Petecão destacou que o país atravessa um momento delicado e com um novo cenário político. Segundo ele, o próximo presidente precisará demostrar a capacidade de agregar e boa gestão. “Teremos, logo no início do ano, pautas de extrema importante para a nação que precisaram ser apreciadas de forma célere e responsável”, disse.

Ainda durante o recesso parlamentar, Sérgio Petecão estará em Brasília para dar continuidade ao contato com os parlamentares.

Propaganda

Acre 01

Governador assina convênio para uso do helicóptero João Donato pelo Samu

Publicado

em

O helicóptero Cel. João Donato já pode ser utilizado para ações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O governador Gladson Cameli assinou o convênio de viabiliza o serviço aéreo para os pacientes nesta segunda-feira, dia 25, durante cerimônia no Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

Pela parceira, o Samu poderá utilizar, oficialmente, o helicóptero, para socorrer pessoas que necessitem de socorro emergência em áreas de difícil acesso. Isso já ocorria antes, mas de forma extra-oficial. Agora, o Samu poderá custear esse serviço diretamente. Ele também será utilizado em ações da pasta de Meio Ambiente e Segurança Pública.

“Esse era um projeto anunciado há algum tempo pelo governo e agora ele se concretiza. A gente fica feliz porque essa unidade, esse helicóptero, se junta para somar na frota do Samu. Estamos empenhados, determinados a melhorar serviços, a assistência, e o helicóptero chega para reforçar isso”, diz o secretário de Saúde, Alysson Bestene.

Segundo Cameli, o convênio com o Samu representará não um prejuízo para os empresários do setor no estado, mas um investimento no setor de saúde, de forma a avançar mais rapidamente e de forma mais econômica os pacientes que necessitam de auxílio da saúde pública.

“Está aqui o helicóptero. Comparando, já aumentamos o investimento aqui em mais de 50%. São 1,3 milhão em convênios. O Estado vai reduzir as despesas de custeio. Eu não acho que o governo deixa e incentivar a iniciativa privada. Nós queremos ampliar esse serviço, e nós temos que regionalizar nosso estado com condições de transportar quem mais precisa”, justifica.

Continuar lendo

Acre

PL de Mara Rocha pede crédito para equipamentos de energia

Publicado

em

A Deputada Federal Mara Rocha (PSDB/AC), apresentou o Projeto de Lei nº 1.675/2019, para incluir incentivo à aquisição de equipamentos para a produção de energias renováveis não convencionais na Lei sobre Política Agrícola.

“O Projeto que apresentei visa aumentar a produtividade na agroindústria brasileira. Com o incentivo do governo federal, o agricultor poderá utilizar a energia renovável, modificando a matriz energética do setor, barateando o custo final da produção”, explicou Mara Rocha.

O Projeto apresentado pela parlamentar tucana inclui, na Lei 8.171/1991, que trata sobre Política Agrícola, a compra de equipamentos para produção de energia renovável como uma das formas de implementação da eletrificação rural.

“O Brasil conta com a maior intensidade de radiação solar do mundo, além de possibilidades eólicas imensas. Se conseguirmos diversificar a matriz energética nas áreas rurais teremos um modelo de produção rural sustentável que, em última análise, agregará valor subjetivo aos nossos produtos
agrícolas”, finalizou a Deputada.

A proposta apresentada por Mara Rocha beneficia a aquisição de equipamentos para geração de energia solar, eólica (dos ventos), biomassa e resíduos sólidos.

Segundo a parlamentar, “atualmente a política agrícola foca seu incentivo em construção de pequenas centrais hidrelétricas (PCH) e termoelétricas. Precisamos ousar mais e acreditar na inclusão do agricultor em novas tecnologias, mais limpas e eficazes”.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.