Conecte-se agora

Nível do Rio Madeira continua subindo em Porto Velho e Abunã

Publicado

em

O nível do Rio Madeira subiu em Porto Velho e na região de Abunã, e continua levando apreensão não somente para as comunidades ribeirinhas como para os moradores de Extrema, Nova Califórnia e Acre, que temem pela alagação da BR-364. Se isto ocorrer, essas localidades ficam isoladas pela via terrestre.

Em Porto Velho, que já vive o drama das enxurradas e alagações, o nível do Rio Madeira saiu de 13,59 metros para 13,68m, e em Abunã, de 20,07 metros para 20,09m na medição das 6 horas desta quinta-feira (10). Os dados são da Defesa Civil do Acre. Desde o começo do ano o rio oscila mas sempre preocupando as autoridades.

O Rio Madeira é influenciado pelas ocorrências climáticas na Bolívia. Chuvas imprevisíveis associadas ao fenômeno El Niño já deixaram cerca de 2.200 famílias afetadas e 975 afetadas em cinco municípios bolivianos, o que pode seguir elevando o rio no Brasil.

A previsão climática é de mais chuva em Rondônia. A Divisão de Meteorologia do Sistema de Proteção da Amazônia informa que as chuvas devem continuar por todo o Estado e o dia deve ser chuvoso em toda a região norte e oeste do Estado nesta quinta.

Propaganda

Acre

PL de Mara Rocha pede crédito para equipamentos de energia

Publicado

em

A Deputada Federal Mara Rocha (PSDB/AC), apresentou o Projeto de Lei nº 1.675/2019, para incluir incentivo à aquisição de equipamentos para a produção de energias renováveis não convencionais na Lei sobre Política Agrícola.

“O Projeto que apresentei visa aumentar a produtividade na agroindústria brasileira. Com o incentivo do governo federal, o agricultor poderá utilizar a energia renovável, modificando a matriz energética do setor, barateando o custo final da produção”, explicou Mara Rocha.

O Projeto apresentado pela parlamentar tucana inclui, na Lei 8.171/1991, que trata sobre Política Agrícola, a compra de equipamentos para produção de energia renovável como uma das formas de implementação da eletrificação rural.

“O Brasil conta com a maior intensidade de radiação solar do mundo, além de possibilidades eólicas imensas. Se conseguirmos diversificar a matriz energética nas áreas rurais teremos um modelo de produção rural sustentável que, em última análise, agregará valor subjetivo aos nossos produtos
agrícolas”, finalizou a Deputada.

A proposta apresentada por Mara Rocha beneficia a aquisição de equipamentos para geração de energia solar, eólica (dos ventos), biomassa e resíduos sólidos.

Segundo a parlamentar, “atualmente a política agrícola foca seu incentivo em construção de pequenas centrais hidrelétricas (PCH) e termoelétricas. Precisamos ousar mais e acreditar na inclusão do agricultor em novas tecnologias, mais limpas e eficazes”.

Continuar lendo

Acre

Hedislandes diz que professor Lauro “não resiste a uma investigação”

Publicado

em

Exonerado nesta segunda-feira, 25, após ser nomeado na semana passada pelo governador Gladson Cameli para ocupar cargo na Secretaria de Comunicação, Hedislandes Gadelha se posicionou contra as declarações do professor Lauro Fontes, que o acusou de ser um “terrorista social”.

“É patético ver o senhor Lauro Euclides Fontes falar sobre moralidade e equilibro mocional. Esse sujeito não resiste a uma investigação minimamente séria nas suas atuações na Ufac e no TCE, locais onde trabalhou e sempre deixou rastro de pouca seriedade. Fontes age tipicamente como tem dor de cotovelo”, disse Gadelha.

Hedislandes afirma que durante o processo eleitoral o professor protagonizou cenas lamentáveis e ridículas em defesas dos seus candidatos. “É uma pessoa que sempre se alimentou das migalhas do poder. Essa é a verdade. Esse senhor ataca porque está no ostracismo. As benesses que esperava do governo federal não vieram, no governo estadual não tem espaço.Por isso sofre”, retrucou.

“Quem atua como terrorista é esse elemento obscuro, que acumulou patrimônio prestando consultoria privada à prefeituras, mesmo sendo pago pelo TCE para fazer gratuitamente. Conheço a tua ficha, Lauro Fontes. Tenho fontes. Quem não te conhece, que te compre. E a compra nem seria muito cara”, finalizou.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.