Conecte-se agora

Gladson quer pente-fino para evitar nomeações de fichas-sujas

Publicado

em

O governador Gladson Cameli determinou a seus assessores mais próximos na Casa Civil que façam um verdadeiro pente-fino na vida pregressa dos nomes que estão sendo enviados pelos partidos aliados para ocupar cargos estratégicos em sua gestão.

O objetivo é evitar que pessoas com problemas atuais com a Justiça ou sofreram algum tipo de condenação por crimes de improbidade administrativa sejam nomeadas.

O governador não descarta a possibilidade de sua ordem ter efeito retroativo, atingindo até aqueles que já tiveram suas nomeações publicadas no Diário Oficial do Estado, e cuja manutenção seja um grande fardo para a imagem da administração.

Desde o início da semana, reportagens do ac24horas mostraram que ao menos três nomes indicados pelos partidos aliados para compor o segundo escalão de Gladson Cameli enfrentam ou já enfrentaram problemas com a Justiça: Alércio Dias (Acreprevidência), André Hassem (Imac) e James Gomes, nomeado para cargo na Casa Civil.

Os casos têm causado constrangimentos políticos para o recém-empossado chefe do Palácio Rio Branco. Em seus dois discursos de posse no dia 1º de janeiro, Gladson Cameli afirmou que não aceitaria casos de corrupção e falcatruas no governo. Essa também foi uma de suas principais promessas de campanha em 2018.

A ordem do governador é que todos os nomes que cheguem à sua mesa para receber a canetada para ocupar cargos tenham passado por um rigoroso escrutínio da equipe jurídica da Casa Civil. Sem essa prévia avaliação, o governador não dará o aval.

Caso sejam detectados problemas e o caso seja considerado grave, os auxiliares vão pedir que os dirigentes que fizeram a indicação apresentem outro nome para preservar a imagem do governo.

Propaganda

Acre

Sesacre abre novo processo seletivo com mais de 350 vagas

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) divulgou por meio do Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira, 25, o edital do processo seletivo simplificado que visa contratar quase 350 profissionais. As vagas são para nível médio e superior.

Os interessados vão poder fazer inscrição a partir das 7 horas desta quarta-feira, 26, até às 21h59min do próximo dia 21 de julho. Através do endereço eletrônico do IBFC (www.ibfc.org.br). Para cargo de nível médio, a taxa de inscrição vai custar R$ 45,00, já para nível superior R$ 65,00.

A banca organizadora será o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC). Conforme o edital, as vagas serão para preenchimento imediato e formação de cadastro de reserva tendo validade de 12 meses. Os selecionados deverão atuar no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e nas Unidades de Saúde dos municípios.

Confira as vagas: agente administrativo, auxiliar em saúde bucal, técnico de laboratório em análises clínicas, técnico de radiologia, técnico em enfermagem, biólogo, biomédico, contador, enfermeiro, farmacêutico, fisioterapeuta, nutricionista, psicólogo, médico especialista em cirurgia geral, clínica médica, otorrinolaringologia, pediatria e radioterapia.

Continuar lendo

Acre

Prefeitura de Rio Branco busca selo de município aprovado pelo Unicef

Publicado

em

Uma reunião ocorrida nesta segunda-feira, 24, analisou as ações implementadas até o momento para o ciclo 2017-2020 do Selo Unicef, em Rio Branco. Participaram representantes do executivo municipal, Conselho Municipal do Direitos da Criança e do Adolescente e representantes da sociedade civil organizada.

O programa é uma iniciativa para fortalecer as políticas públicas voltadas às crianças e aos adolescentes em mais de 1.900 municípios do Semiárido e da Amazônia brasileira. Para ter o reconhecimento, os municípios precisam aderir à iniciativa e cumprir etapas propostas pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), para o monitoramento dos indicadores de saúde e educação, por exemplo.

A prefeita Socorro Neri disse que a discussão do Selo Unicef possibilita avaliar o que está sendo feito e indicar o que deve ser implementado. “Políticas públicas que busquem a proteção, promoção e o desenvolvimento integral das nossas crianças e adolescentes. Olhando para a realidade financeira do município, nós haveremos de encontrar condições de melhorar e aperfeiçoar cada vez mais o que já tem sido realizado ao longo dos últimos anos”.

Esta é a terceira vez que a Prefeitura busca o selo de ‘Município Aprovado’ pelo Unicef. O Selo Unicef é um prêmio internacional dado aos municípios pelas políticas voltadas ao atendimento de crianças e adolescentes. “Em Rio Branco nós temos avançado em muitos índices, de educação, acesso à saúde, à formação cada vez mais cidadã e de forma igualitária”, disse a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Núbia Musis, que coordena a intermediação das instituições envolvidas.

Alcançar crianças e adolescentes excluídos das políticas públicas é o ponto central do Selo Unicef. De acordo com a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Iana Sarquis, esse é um momento de avaliação que pode ser melhorado com a implementação de novas ações, rever o que está e o que não está funcionando.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.