Conecte-se agora

Corredor do Pronto Socorro de Rio Branco continua lotado de pacientes

Publicado

em

O corredor central da Enfermaria Cirúrgica B, do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco, o Pronto Socorro, continua lotado de pacientes. Os usuários estão deitados em macas e até no chão do hospital. Imagens registradas na manhã desta quarta-feira, dia 09, mostram o descaso com os pacientes.

A acompanhante de um dos pacientes, que pede para não ter o nome divulgado, e está no hospital há mais de dois meses, conta que o drama vivido pelos enfermos é diário. “Aqui o médico só vem quando alguém está mal. É muito duro ver essas pessoas, com o corpo quebrado as vezes, nesse sofrimento”, comenta.

Como contou o ac24horas na segunda-feira, dia 07, a situação é tão crítica que falta espaço no corredor para colocar os outros pacientes. A maioria deles, segundo contou uma internauta, é de vítimas de acidente de trânsito. Ana Maria Neves reclamou da falta de materiais para os procedimentos cirúrgicos nos pacientes que fraturaram membros por exemplo.

LEIA MAIS: Corredor do Pronto Socorro está lotado de pacientes nesta segunda

“Meu pai está aqui há duas semanas, desde o final de dezembro, e até agora os médicos só passam para ver como está, mas não dão uma informação sequer sobre a cirurgia que ele precisa fazer. Até álcool e luva estava faltando aqui no setor, segundo os funcionários. A gente não sabe mais a quem recorrer”, reclama.

Amaria de Fátima, irmã de uma das pacientes do hospital, relata que a paciente está há três semanas internada, com a perna quebrada, e que não há previsão de quando a cirurgia da irmã será feita. Enquanto isso, ficam no hospital. A jovem, de 26 anos, não consegue andar. Ela pede ajuda às autoridades.

“A gente precisa que o Ministério Público, o Conselho de Medicina, que alguém nos ajude. Pedimos socorro ao governador, que entrou agora, mas pra ele olhar para esse hospital. Só aqui que fazem essas cirurgias, a gente não tem como pagar. A gente só grita por ‘socorro’ aqui, porque nada mais podemos fazer”, lamenta.

A reportagem tentou falar com a Gerência Geral do Pronto Socorro, mas não conseguiu contato. No telefone fixo do hospital, ninguém atendeu. Na segunda-feira, o mesmo problema ocorria. Até esta quarta-feira, a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) não comentou o problema.

Propaganda

Cidades

Caminhão “fura poços” volta à ativa no Acre

Publicado

em

O governo do Acre, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Seinfra) e do Departamento Estadual de Água e Saneamento (Depasa), deu retorno aos serviços do caminhão “Fura Poços”, após quase 20 anos parado. O primeiro município a receber o serviço foi Cruzeiro do Sul, no Vale do Juruá.

Segundo o gestor da Seinfra no Estado, Thiago Caetano, o veículo sofreu uma tentativa de sabotagem há pouco tempo. “Furaram o tanque e cortaram as mangueiras. Mas a competência e dedicação da equipe do Depasa em Cruzeiro do Sul superou o triste episódio e conseguiu colocar o equipamento na ativa”, afirma.

De acordo com a equipe, voltar a perfurar poços torna-se significativo na contenção de gastos, uma vez se gasta muito dinheiro com poços que, de fato, nunca deram água. “O primeiro poço escolhido para ser perfurado é o da Maternidade de Cruzeiro do Sul, que há anos sofre com problema de abastecimento, gastando uma fortuna com carros pipas”, diz Caetano.

A ideia, de acordo com o governo, é solucionar problemas, inovar e dar mais eficiência aos gastos públicos.

Continuar lendo

Cidades

Arcebispo Dom Moacyr Grechi é sepultado sob forte comoção em Porto Velho

Publicado

em

Velório de Dom Moacyr Grechi aconteceu na Catedral de Porto Velho - Foto: NewsRondonia

O corpo de Dom Moacyr Grechi foi sepultado na manhã desta quarta-feira, 19, em Porto Velho, capital de Rondônia. Velado desde a madrugada de terça-feira na Catedral Sagrado Coração de Jesus, região central da cidade, foram realizadas três missas durante todo o dia de ontem e uma vigila, seguida de uma missa especial hoje, antes do sepultamento.

Moacyr Grechi foi enterrado num sepulcro da própria Catedral Sagrado Coração de Jesus. Pela catedral, passaram autoridades públicas, políticos e membros da igreja. O ex-senador do Acre, Jorge Viana, foi um dos que viajaram até o estado vizinho para dar o último adeus ao ex-bispo de Rio Branco. Uma caravana da Diocese da capital acreana também seguiu para acompanhar o velório, que ocorreu em Porto Velho.

Além da vida dedicada à igreja, Dom Moacyr ficou conhecido pelo árduo trabalho a frente se serviços sociais diversos. Inúmeras manifestações de solidariedade pela perda do arcebispo foram publicadas nas redes sociais.

A Conferência Nacional de Bispos do Brasil emitiu uma nota de pesar pelo falecimento do arcebispo.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.