Conecte-se agora

Imprevisível, FPE de janeiro terá que cobrir 13º e salário do mês

Publicado

em

A equipe econômica do governo Gladson Cameli (Progressistas) está fazendo figa para que o primeiro repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE) seja suficiente para realizar o restante do pagamento do 13º – não feito por Sebastião Viana (PT) -, mais o salário de janeiro dos ativos e inativos do Executivo. Será este o recurso principal que o Palácio Rio Branco terá em mãos para manter a lua-de-mel com o funcionalismo público.

Até o momento, muitas informações desencontradas são divulgadas sobre o pagamento da segunda metade do 13º salário. Oficialmente, o governo ainda não tem uma data certa, havendo a possibilidade de ocorrer o parcelamento destes 50%, já que a prioridade será assegurar o salário de janeiro – entre outras obrigações constitucionais.

Levantamento feito por ac24horas junto ao Tesouro Nacional mostra que janeiro, às vezes, costuma ser um mês generoso quanto ao repasse do FPE. Por conta do aquecimento da economia no período de fim de ano, o governo federal arrecada mais, o que influencia na partilha com os estados.

Em janeiro do ano passado, por exemplo, o governo Sebastião Viana recebeu R$ 211 milhões do fundo; um pouco abaixo dos R$ 233 milhões de dezembro de 2017. Entre os janeiros dos últimos quatro anos, o de 2018 perdeu apenas para o de 2015, quando o Acre contou com R$ 212 milhões em caixa do FPE.

Em 2016 e 2017, quando a recessão econômica chegou ao seu ápice, as transferências ficaram abaixo dos R$ 200 milhões. O fundo tem como principais fontes de sua composição o Imposto de Renda e o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados). O pagamento é dividido em três parcelas ao mês.

A primeira transferência com Gladson Cameli ocorre no dia 10. É com esse dinheiro que o novo governador sinaliza pagar o que restou do 13º, mas sem uma data fechada. O recém-empossado governo opera com as sobras do Orçamento de 2018. O de 2019 só estará liberado a partir de 15 de janeiro.
O Palácio Rio Branco sabe que apenas a parcela do fundo é insuficiente para quitar o débito deixado por Sebastião Viana. O Acre precisa da verba para manter os serviços básicos em funcionamento, e deixar tudo com a folha de pagamento poderia quase “fechar o governo”.

Será somente após receber a primeira parcela do FPE e operar com o novo orçamento, que o governo terá um cenário mais claro de como e quando pagará a sobra do 13º.

Nesta terça (8), ao realizar conversa com servidores do Deracre, Gladson Cameli falou que sua prioridade é honrar a folha de pagamento, garantindo que não haverá atrasos nos salários dos mais de 30 mil servidores ativos e aposentados do estado.

Propaganda

Acre

Lixo em ponto turístico faz parte de projeto socioambiental

Publicado

em

A instalação de um cercado no centro de Rio Branco tem chamado a atenção de quem passa pelo Mercado Velho, próximo a ponte Metálica. Há pelo menos quatro dias, o cercado feito de madeira e tela está sendo usado para reservar vários sacos de lixo.

Não! Não é um ponto de coleta de lixo em meio ao ponto turístico da Capital. Trata-se de um projeto socioambiental desenvolvido em parceria com a secretaria de meio ambiente do município para conscientizar a população sobre os prejuízos de descartar o lixo em local inadequado.

A ideia, segundo a secretária de meio ambiente, surgiu depois de perceberem que a cada dia aumenta a quantidade de lixo que a população de Rio Branco descarta diretamente no chão. “Foi proposital colocar todo esse lixo num local central para que todos possam ver a quantidade de lixo coletado somente nas ruas e refletir sobre suas atitudes”, explica Paola Daniel.

LEIA MAIS: Amontoado de lixo compõe cenário turístico no centro de Rio Branco

Diariamente, são mais de 138 toneladas de resíduos sólidos recolhidos das ruas da Capital, fora o lixo domiciliar coletado nas lixeiras das residências e pontos comerciais. Por isso, a importância de educar ambientalmente a população da cidade. “Grande parte desse lixo é recolhido nas margens do Rio Acre, o que prejudica nossos recursos hídricos”, salienta a secretária.

Ao final do projeto, serão apresentados os resultados do projeto em um evento que será realizado pela prefeitura em alusão ao Dia Mundial da Água. O cercado está montado ao lado das roldanas de ferro que seriam utilizadas para içar a ponte Metálica entre os barrancos do rio Acre, e que hoje compõem um monumento histórico e turístico, situado entre a ponte e o Mercado Velho.

Continuar lendo

Acre

Rodrigo Forneck diz que Marcos Luz é serviçal de empresários

Publicado

em

O clima esquentou na sessão da Câmara de Vereadores, em Rio Branco, nesta terça-feira, 19. O líder do Executivo, Rodrigo Forneck (PT) usou a fala da explicação pessoal para exigir respeito às mulheres e desmentir as acusações do vereador João Marcos Luz, que subiu à tribuna para alegar que os kits escolares não estavam sendo entregues – apesar de 80% das escolas municipais já terem recebido os materiais.

“Me espanta o vereador João Marcos subir numa tribuna, cobiçada por tantas pessoas, para me chamar de mentiroso. Eu estou há dois anos e três meses e desafio qualquer um a contar uma mentira dita por mim nesta casa. Diferente do vereador que, em dois meses, já coleciona mentiras. Portanto, Vossa Excelência não autoridade moral para fazer acusações infundadas, se comportando como serviçal de empresário”, afirmou Forneck.

Durante sua, Luz alegou que “o debate sobre gênero era muito pequeno”, referindo a prefeita Socorro Neri. A posição do vereador foi rebatida pelo petista. “Vossa Excelência é misógino. Como esperar que respeite mulheres? Sobe aqui para diminuir a luta das mulheres. Esse preconceito eu vou combater de frente. Se a prefeita errar, a gente assume e corre atrás de dar a resposta correta. Agora, não me venha desqualificar a prefeita pelo fato dela ser mulher”, frisou Rodrigo Forneck.

Durante a fala do petista, Luz tentou se inscrever para as explicações pessoais, mas foi impedido pela presidente da Câmara, vereador Antônio Morais (PSB), como prevê o Regimento Interno da Câmara de Vereadores. Bastante irritado o parlamentar ainda tentou argumentar porém a sessão foi encerrada.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.