Conecte-se agora

Assessorias especiais vão para o congelador

Publicado

em

Não haverá mais a nomeação dos nomes considerados certos para assessores especiais do governo Gladson Cameli, pelo menos nos próximos meses. Os dez cargos previstos na reforma administrativa serão colocados no congelador. O blog obteve a informação ontem por uma segura fonte palaciana e teve a sua confirmação pelo chefe do gabinete civil, Ribamar Trindade. Disse ele que, na verdade, os nomes ventilados na imprensa como assessores especiais já estavam direcionados para ocuparem outras funções no governo. Confirmou Osmir Lima, por exemplo, para a FUNTAC, e Jairo Carioca irá para um cargo na estrutura da Comunicação, quanto aos demais citados como possíveis “assessores”, Jairo Carvalho, Artur Liborino, Carlos Coelho e Carlitinho Cavalcante não serão nomeados nestes cargos. Ribamar destacou que ainda não recebeu orientação do governador para alocá-los. O blog foi buscar outras fontes políticas dentro do governo para saber o que estava de fato acontecendo com a medida. Um deputado próximo ao governador me informou que foi uma forma do Gladson Cameli se livrar de pressões políticas e de empresários querendo colocar parentes e por isso resolveu não ocupar mais os espaços no momento. “Eu também faria o mesmo”, completou.

COMUNICAÇÃO PESSOAL
Ontem, ao final da tarde, Osmir Lima, Jairo Carioca, Carlitinho Cavalcante e Artur Liborino foram comunicados pelo governador Gladson Cameli que não serão mais nomeados assessores especiais. As dez vagas ficam assim em aberto e sem promessas de ocupação.

TROCANDO ALHOS POR BUGALHOS
O Gladson Cameli, por alguns nomes sem expressão que lhe foram apresentados e outros citados, sem qualificação necessária para ser um assessor especial – salvo honrosas exceções – acho que está coberto de razão em não nomear nenhum dos nomes ventilados. Havia nome entre os que vinham sendo citados, que destoavam na qualificação.

MAL PARA SUA IMAGEM
Assessor especial implica em ter uma alta qualificação para dar orientação ao governador quando chamados a opinar numa área. Na relação que saiu tinham nomes qualificados, outros, nem tantos. E indicações outras, pior ainda. Ficaria mal para sua imagem repetir o antecessor.

MAIS PARA ACOMODAR AFILHADOS
As assessorias especiais no governo Tião Viana serviam para abrigar afilhados derrotados em campanhas políticas e alguns amigos do peito. Se o Gladson Cameli fosse pelo mesmo caminho abriria um flanco enorme para críticas, na base do se trocou o seis por meia dúzia. Agiu certo.

EXEMPLO A SER SEGUIDO
O chefe do gabinete civil, Ribamar Trindade, é um bom exemplo a ser seguido pelos colegas. Retorna ligações e responde questionamentos que estiverem ao seu alcance, feitos por jornalistas. Quando se liga é para pedir informação e não favores. Da minha parte é assim.

VARREDURA
Contratos, gratificações, benefícios, inclusive, a licença-prêmio concedida ao ex-governador Tião Viana, licitações e outros atos praticados pelo governo Tião Viana sofrerão uma varredura. A decisão de fazer uma peneira nestes atos foi tomada por Gladson Cameli.

“NÃO DEIXEI ME USAREM”
Foi a explicação do deputado Géhlen Diniz (PROGRESSISTA) ao blog sobre a retirada do seu nome da disputa da presidência da ALEAC. “A oposição estava toda compromissada com a outra candidatura (deputado Nicolau Junior), e não deixei me usarem”, destacou Diniz.

É UMA PERGUNTA
O secretário de Saúde, Alysson Bestene, anunciou que no PS voltarão a acontecer consultas. Nada contra que se busquem alternativas a um melhor atendimento. Uma pergunta: haverá médicos suficientes para consultar e para procedimentos cirúrgicos, sem afetar a qualidade?

PASTA MAIS DESAFIADORA
A Saúde é sem dúvida a pasta mais desafiadora a qualquer gestor, principalmente, no caso do secretário Alysson Bestene, que está recebendo um sistema sucateado e desorganizado. Por isso mesmo não há nem como fazer qualquer tipo de cobrança a um curto prazo ao Alysson.

NÃO ENTENDI BEM
Meio confusa a explicação do secretário de Segurança, Paulo César, sobre as medidas emergenciais para o combate à violência. Ações de cunho social dão resultados a um longo prazo. Precisamos de medidas para já, como policiamento mais ostensivo nos bairros.

BAIRROS DESCOBERTOS
Moradores do Morada do Sol e do Tropical, por exemplo, raramente têm a alegria de ver rondas de viaturas policiais e mesmo das motocicletas. Roubos, furtos são rotina. Espera-se que o secretário Paulo César leve de fato as ações policiais aos bairros e retorne a paz.

NAS MÃOS DO CAMELI
O deputado eleito Roberto Duarte (MDB) prometeu ontem encaminhar ainda hoje ao governador Gladson Cameli ofício com pedido para que reveja a concessão de licença-prêmio ao ex-governador Tião Viana, já que há carência de médico infectologista na rede hospitalar. Vai reforçar decisão já tomada neste sentido ontem à noite pelo governador.

PETISTAS DE DNA
Marcelo Macedo, que sairá da secretaria de Finanças e, Gabriel Forneck, que perderá a direção do RBtrans, são petistas de DNA, o que mostra que a Socorro Neri quer dar uma cara própria à sua administração, fazendo as suas nomeações e não continuando com o grupo do antecessor.

MUDANÇA RADICAL
A prefeita Socorro Neri tinha mesmo que buscar um caminho próprio nos próximos dois anos.

LIBERDADE DE IMPRENSA
O governador Gladson Cameli está ficando rouco de tanto bradar que defende a “liberdade de expressão” e espera-se que, os seus secretários não fiquem moucos ao que brada o homem.

NA TORCIDA PARA QUE DÊ CERTO
Perguntei ao amigo e ex-governador Romildo Magalhães, presente à solenidade de posse, sobre qual a sua expectativa para o governo Gladson Cameli. Foi curto: “tem que dar certo”.

FALHA DO CERIMONIAL
Foi uma falha do cerimonial não ter sido feito um convite especial à ex-governadora Iolanda Lima para a solenidade do termo de posse. Foi a primeira governadora do Acre e teve participação efetiva na campanha do Gladson Cameli. Um esquecimento, lastimável!

BANCADA ATUAL
Qualquer projeto que o governador Gladson Cameli mandar para a Assembléia Legislativa até o fim deste mês deverá ser votado pela atual legislatura, com mandatos válidos até a data.

GOSTINHO DO MANDATO
Marfisa Galvão (PSD) já está sentindo o gostinho do mandato de deputada federal, tendo assumido por um mês a vaga do ex-deputado federal Major Rocha, que renunciou para ser vice-governador. Marfisa perdeu a eleição por pequena margem de votos.

MOÇO DE COMPETÊNCIA
Marcelo Macedo deixará a secretaria municipal de Finanças, mas assumirá o comando da pasta da RBprevi. Depois de uma conversa com a prefeita Socorro Neri, aceitou o convite.

NINGUÉM É MAIS PRÓXIMO
Da bancada federal do Acre ninguém é mais próximo do círculo fechado do poder do presidente Jair Bolsonaro do que o deputado federal Alan Rick (DEM), até pelas pautas evangélicas a favor da vida que ambos defendem. Terá passe livre nos ministérios.

DESENVOLTO NO PODER
Durante a solenidade de pose o deputado federal Alan Rick (DEM) teve trânsito livre.

COITADO DO TED!
Quer dizer que o Ted Fogueteiro não fez a sua tradicional queima de fogos no bairro da Base, porque levou um calote dos homens que estavam no poder? Maldade! Coitado do Ted!

TEMPO HÁBIL
100 dias é um tempo hábil para qualquer gestor ser avaliado nas medidas que tomar no período. Quem não mostrar ação, criatividade, é porque vai capinar sentado no cargo.

NÃO PODE SE ESCONDER
A senadora Mailza Gomes (PSD), pelo fato de assumir o cargo por ser a suplente do ex-titular Gladson Cameli, nem por isso tem de fazer um mandato opaco. Terá que dar visibilidade às suas ações, muito além do que destinar emendas parlamentares ao governo e prefeituras.

VAI PARA O VOTO
Dificilmente, a escolha do primeiro secretário da mesa diretora da ALEAC não será pelo voto. É improvável um acordo entre os candidatos Roberto Duarte (MDB) e Luiz Gonzaga (PSDB).

NÃO SE CONFORMAM
O presidente Jair Bolsonaro (PSL) ganhou a eleição de capote do PT e de maneira democrática. O PT não acordou que o Lula já era, e o partido foi detonado do poder? Insistem em não descer do palanque, como se este tipo de atitude fosse mudar o curso da derrota na última disputa.

O TROCO DO VELHO LOBO
O ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales, e o prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim, chegaram a declarar a este blog que a secretária de Turismo e a secretária de Administração, Eliane Sinhasique e Maria Alice, respectivamente, não eram da cota do MDB. O velho lobo Flaviano Melo deixou a poeira sentar e vem agora dizer que são sim da cota do MDB e representam o partido. Vou dar o meu pitaco: se são da cota do MDB, não sei, mas que são da cozinha do deputado federal Flaviano Melo, isso são com a mais absoluta certeza. O problema do MDB é que não há um comando único, centralizado, mas espécies de senhores feudais em seus nichos. E por isso, que acontecem estes tipos de desentendimentos.

Propaganda

Blog do Crica

Gladson pode ter dado um tiro no pé 

Publicado

em

O atrapalhado governador Gladson Cameli pode ter dado mais um tiro no pé, além dos muitos que já deu nestes sete meses de governo. Conversei ontem com dois ex-desembargadores e dois ex-Juízes antes de dar esta nota, acerca da decisão do governo de acabar com as pensões de ex-governadores. E todos eles unânimes ao BLOG DO CRICA de que, os ex-governadores que estavam no cargo antes da Constituição Federal de 1988, têm direito adquirido e não há como acabar com os pagamentos. Até porque não havia proibição legal. Há, inclusive, uma decisão do Tribunal de Justiça do Estado do Acre sobre este assunto, favorável aos ex-governadores, numa ação no governo Orleir Cameli. Disseram que, o que pode ser questionado é sobre a pensão de ex-governadores que cumpriram mandatos depois de 1988. O advogado Erick Venâncio, responsável pela defesa do ex-governador e deputado federal Flaviano Melo (MDB), explicou ontem ao BLOG de que, por enquanto respondeu a uma notificação administrativa do governo e com os argumentos ser o pagamento da pensão ao seu cliente amparado em “direito adquirido” e ter sido um ato jurídico perfeito, ou seja, sem vícios para contestação. Somente se os argumentos forem desconsiderados pelo governo é que se pode impetrar uma medida no campo da justiça. Erick acredita em resultado favorável.

FIM DA POLITICAGEM

A secretária de Comunicação, Silvânia Pinheiro, anunciou ontem ao BLOG DO CRICA uma medida que porá fim ao uso da Rádio Difusora de Sena Madureira para fins políticos, ficando restrita a divulgar os atos do governo e informações. Acabou com as entrevistas políticas.

CORTOU O MAL PELA RAIZ

O que vinha acontecendo é que muitos políticos aproveitavam o espaço nos programas da Difusora de Sena para atacar os adversários, antecipando a disputa municipal de 2020. É uma medida mais do que necessária, acertou em cheio, rádio pública não é palanque de político.

PRINCIPAL VÍTIMA

A principal vítima dos ataques políticos vinha sendo o prefeito Mazinho Serafim 

AMNÉSIA FORJADA

Por diversas vezes já divulguei neste BLOG ser o secretário da SEINFRA, Thiago Caetano, um dos integrantes do primeiro escalão do governo que correspondeu sua nomeação. Mas não impede de receber críticas. Sabe ser o DEPASA, órgão sob a sua jurisdição, o responsável pela destruição da rua principal do Jardim Tropical, é cobrado e finge ter um surto de amnésia.

O RETROVISOR QUEBROU

Não adianta pontuar que a obra porca foi do medíocre governo passado, porque a urna já o castigou. Já são sete meses de governo atual e continua a mesma merda na referida via.

TODOS SABEM COMO TERMINOU

Sou testemunha. O ex-governador Orleir Cameli começou com maioria na ALEAC e Câmara Federal. E ao final do seu governo tinha ao seu lado apenas o fiel Osmir Lima. O Gladson Cameli ainda não acordou: toda lua de mel de um governo tem a sua data de vencimento.

MÁXIMA POLÍTICA

“Favorecer adversários e criar cobra para ser picado”. Máxima popular da arte da política.

DENÚNCIA COM PROVAS

Alguém pode não gostar do deputado Roberto Duarte (MDB), mas ninguém pode lhe acusar de denunciar sem provas. Levantou um problema, que virou um jogo de empurra de quem é a culpa, referente ao destruído acesso do centro de Feijó até ao aeroporto. O governo ganha um destaque negativo por um problema que poderia ser resolvido com uma máquina e carradas de piçarra.

PRB FORA

O dirigente do PRB, Diego Rodrigues, negou ontem ao BLOG do CRICA qualquer intenção de apoiar a candidatura do Pedro Longo (PV) a prefeito de Rio Branco. “Isso nunca foi nem discutido, este tipo de discussão o PRB só fará no próximo ano”, revelou Diego.

NÃO HÁ ALIANÇA PELOS BELOS OLHOS

O Juiz aposentado Pedro Longo, que pretende ser candidato a prefeito de Rio Branco, coloque na sua cabeça que, nenhum partido, principalmente, os chamados nanicos, vão para uma aliança sem um acordo que envolva terem estruturas de campanha. Ponha no seu caderno.

ADEUS À REDE

O ex-presidente do PT, Minoru Kinpara, já deu o primeiro passo para entrar no PSDB, ao se desfiliar da REDE. Kinpara é o nome que o PSDB pretende lançar para disputar a PMRB, no próximo ano. Pelo que tenho escutado é improvável ter o apoio do governador Cameli.

CAVALO DE TRÓIA

O que sempre ouço de dirigentes de outros partidos em relação à candidatura do Kinpara, é a falta de confiança de que ganhando a PMRB, mantenha a fidelidade política ao governo Gladson. “A sua obrigação será com o Rocha”, é o comentário recorrente nos bastidores.

ACHA QUE FOI PURIFICADO

Para o vice-governador Major Rocha, o ex-presidente do PT, Minoru Kinpara, já sofreu sessão de descarrego do petismo. E alfineta: “essa sessão de descarrego começou tem alguns anos, basta olhar os candidatos que foram eleitos no nosso campo. Quase todos defenderam Jorge, Binho e Tião, isso sem contar Lula e Dilma. Minoru não pleiteia nenhum cargo no governo”.

ESTADO DE DIREITO

A lei é para todos. Ninguém está imune a uma investigação policial. Mas também ninguém pode ser execrado, julgado e condenado, sem ao menos ser réu, ou ter respondido a todas as fases do processo judicial. Refiro-me ao médico Giovanni Casseb. Assim é no Estado de Direito.

NOMES NA MESA

Thiago Caetano, deputado federal Alan Rick (DEM) e secretário Tião Bocalom, são alguns dos nomes que seriam confiáveis ao governador Gladson Cameli para a disputa da PMRB.

MANJADO JOGO DE CENA

É tudo balela. A mais pura conversa fiada. O ex-senador Jorge Viana (PT) tem olhos voltados e focados na eleição de 2022, para tentar voltar ao Senado, de onde saiu após a não esperada derrota na última campanha. JV jamais desceria do andar de cima para o andar de baixo para uma candidatura à PMRB. O que o PT faz com o seu nome é o mais puro jogo de cena.

UM NOME FORTE

Eu fico só observando o grande número de candidatos ao Senado no campo do governador Gladson Cameli. Se saírem com duas ou três candidaturas na eleição de 2022, dividindo os votos do nicho da aliança, estarão dando um passaporte para uma vitória do Jorge Viana.

VALEU A PENA ESPERAR

Valeu a pena o sufoco dos buracos na época invernosa, onde se anda na cidade se nota a presença da prefeitura na recuperação das ruas e serviços de tapa-buracos. A prefeita Socorro optou para deixar suas ações para o verão e fazer um serviço de qualidade e vergonha.

ENTRA NO JOGO

Com o grupo do governador Gladson Cameli, com vários nomes surgindo como candidatos à prefeitura de Rio Branco, se isso se configurar, com o trabalho que vem fazendo a prefeita Socorro Neri, se candidata for à reeleição, ela entrará no jogo, por ser a única no seu campo.

APENAS PARA FIGURAÇÃO

O PT de Cruzeiro do Sul não tem um nome forte para lançar como candidato a prefeito do município que possa ameaçar os candidatos dos dois grupos mais fortes, o do prefeito Ilderlei Cordeiro e o do ex-prefeita Vagner Sales. Se lançar, será só para fazer uma figuração.

PRIMEIRO O HOJE

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, antes de falar em candidaturas a senador e a governador em 2022, deveria se preocupar primeiro com o hoje, a sua reeleição em 2020.

REPÚBLICA DOS CORONÉIS

Um dos Coronéis que veio de Brasília trazido pela secretária Mônica Feres para ocupar uma diretoria na secretaria de Saúde, teria pedido as contas. Mas outro Coronel está engatilhado.

NEM UM POUCO PREOCUPADO

Foi noticiado que o governador Gladson Cameli cancelou a licitação da mídia. Os donos de órgãos de comunicação estão em polvorosa. Da parte que me toca, sem uma preocupação. Os senhores da mídia não esperem que esta questão tenha algum desfecho ainda este ano.

RÁPIDA E EFICAZ

A polícia foi rápida e eficaz ao prender a “novinha” e a comparsa que furtaram uma moto com tudo filmado e estampado nas redes sociais. Foi um belo trabalho de investigação policial.

PERDEU DISCURSO   

Depois de tudo o que aconteceu na campanha passada, com o governo anterior deixando uma montanha de dívidas, obras inacabadas, não ter pago o 13º salário, o PT não poderá vir com o velho discurso maniqueísta de que somos o “bem” e os adversários são o “mal, na eleição municipal de 2020.” O disco furou.

FICOU SÓ NO DISCURSO

Se foi tomada alguma medida de impacto para embalar o projeto do agronegócio do governo, não tomei conhecimento. O que tenho escutado é muito discurso e promessa nesta área.

UM PONTO POSITIVO

Um empresário comentava ontem com o BLOG que entre os muitos desacertos do governo Cameli há um acerto: a devolução da confiança ao empresariado, que se recusava a vender para o governo passado, por não ter a garantia de que iria receber. Não deixa de ser positivo.

NOME DO MDB

O deputado federal Flaviano Melo (MDB) disse ao BLOG DO CRICA que o MDB terá candidato próprio a prefeito de Epitaciolândia e trabalha para que seja  o empresário Torres.  

Continuar lendo

Blog do Crica

Luta bem sucedida

Publicado

em

O anúncio feito ontem pelo MEC de que o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos expedidos por Instituições estrangeiras, o Revalida, passará a ter duas provas por ano, coroa uma luta do deputado federal Alan Rick (DEM) – foto – Os profissionais terão, enfim, a oportunidade de fazer a segunda fase do processo mais de uma vez. Quem acompanhou o esforço do deputado federal Alan Rick (DEM) na defesa de mais de uma edição do Revalida sabe que esta foi sempre a sua grande meta no governo do presidente Jair Bolsonaro. Não foi uma nem duas vezes que foi ao Ministério da Educação, apresentou projeto, e defendeu esta causa, que deve beneficiar, entre outros, os acreanos que se formaram em Medicina na Bolívia. Este é um tipo de ação política que deveria ser parâmetro, olhar para a coletividade.

ASSIM FUNCIONA O DIREITO
Conheço o Dr. Geovanni Casseb desde criança.  Sou vizinho da sua família no Jardim Tropical de décadas. É uma figura do bem. Generoso. Se ele cometeu algum ilícito a justiça é que poderá dizer. O que não se pode é lhe condenar sem ser julgado e sentenciado por um Juiz.

COMO É QUE FICA?
Sou sempre contra a exposição pública de qualquer pessoa pelo simples fato de uma acusação. Depois a pessoa é inocentada em juízo da acusação e fica com a reputação destruída. A imprensa, cumpriu apenas o papel de informar, porque a denúncia veio de uma autoridade.

ESTARIA BEM MELHOR
Não sei se são verdadeiros os boatos que o deputado José Bestene (PROGRESSISTA) pode voltar a comandar o sistema estadual de Saúde. Mas sei, porque acompanhei, de que foi um bom gestor da pasta no governo do Orleir, que não tinha os problemas como os de hoje.

ALGUMA COISA TEM DE SER FEITA
O sistema de Saúde não pode é continuar deficiente como está, igual no governo passado. Alguma coisa deve ser feita pelo atual governo, para que o setor preste um bom atendimento.

O JATINHO DO CAMELI
Desnecessária a licitação do jatinho pelo governador Gladson Cameli. Mas não vejo como contestar juridicamente a contratação, que veio por meio de um processo legal. Não está contratando um bem ilegal. Se o Governo tinha outras prioridades para investir, é outra coisa.

TRABALHO POLÍTICO
Quem faz um bom trabalho de assessoria na SEINFRA é o advogado Rondiney Dourado. Esta no cargo por mérito político e profissional. Brigou muito contra o PT durante a campanha e preenche o requisito de ser um técnico. Uma pena que, isso não seja a regra geral no Governo.

GOSTA OU NÃO GOSTA
Do Narciso Mendes se gosta ou não gosta. Só não gosta dele quem nunca teve a oportunidade de lhe conhecer de perto, conversar, é um homem de idéias, com o um QI acima da média. Não fica no muro. Tem posição política. Tenho orgulho de ser seu amigo. Parabéns, guerreiro!

FALANDO BEM
Um dos setores da Saúde que funciona é o Hospital do Juruá, recebido pelo atual governo com dívidas e quase parado. Quando dá para o crítico deputado Roberto Duarte (MDB) postar que ficou satisfeito com os relatos ouvidos da população sobre a unidade é porque anda a contento. Elogiável a atitude do Duarte em checar de perto a situação da Saúde no interior.

PAPEL DAS URNAS
Ao deputado Roberto Duarte (MDB) foi lhe dado a missão de fiscalizar o governo do Cameli.

ALTO NÍVEL
É bom assistir uma entrevista de alto nível como a do deputado Daniel Zen (PT) ao programa “Boa Conversa”, no ac24horas, sem ranço, sem o tradicional rancor das cuecas apertadas do PT, reconhecendo o que considera como acertos, mas também os erros. E sem faniquitos.

SUBMERGIDO
Quem sumiu depois que deixou o cargo de secretário no governo foi o ex-deputado Ney Amorim. Andou ensaiando a entrada em um novo partido e ficou nisso. Na eleição municipal deve apoiar candidatos a vereadores e se preparar para disputar vaga de Federal em 2022.

ESQUEÇAM O PERU DE NATAL
Nada de novo, Vai acontecer o que já colocamos neste BLOG de que, a decisão sobre quem vai comandar a conta da mídia do governo acabaria na justiça. Com isso, os senhores dos órgãos de comunicação não sonhem por peças publicitárias este ano. Esqueçam até o peru do Natal.

FICA AMARRADO
Enquanto a discussão das empresas que concorreram ao bolo da mídia estiver na justiça o governo Cameli não poderá veicular nenhuma peça publicitária sobre obras do seu governo.

ETERNO BRIGADOR
Não se pode deixar de citar o deputado Luiz Gonzaga (MDB), um brigador para que o atual governo quitasse as pendências financeiras do Hospital do Juruá. O Gonzaguinha tem mérito no bom atendimento que é prestado hoje pelos profissionais do Hospital Regional do Juruá.

SESSÕES DE DESCARREGO
O ex-presidente do PT, Minoru Kinpara, já se aconchegou no novo governo e exatamente no ninho do PSDB. Quem faz todo o trabalho de descarrego do petista é o vice-governador Major Rocha (PSDB), que tem andado com o Minoru debaixo do braço pelos mercados da cidade.

MARCAR A DATA
Que o ex-presidente do PT, Minoru Kinpara, será o candidato pessoal do vice-governador Major Rocha a prefeito de Rio Branco, não tenho menor dúvida. Falta só marcar a data da filiação. Mas tenho sérias dúvidas de que poderá ser o candidato do Palácio Rio Branco.

ATESTADO DE BURRICE
Caso o governador Gladson Cameli , que já anunciou que pretende disputar a reeleição em 2022, não formatar uma candidatura do seu grupo para a disputa da PMRB estará passando um atestado de burrice política. Ter um aliado confiável na PMRB é essencial, neste caso.

FOCO NO INTERIOR
Nos últimos três anos o deputado federal Alan Rick (DEM) teve foco especial para Porto Acre. Destinou para a Prefeitura 300 mil reais para a construção de pontes, 300 mil para reforma da quadra da Vila do INCRA, 250 mil para a Saúde, 160 mil para a aquisição de uma camionete e 480 mil para obras no campo de futebol da COLONACRE, num total de 1,3 milhões em emendas individuais Somado a isso garantiu 7,5 milhões para a construção de uma Estação de Tratamento de Água. A fiscalização da aplicação dos recursos fica a cargo dos vereadores.

PAGANDO DÍVIDA RECEBIDA
Está na conta dos servidores estaduais a sexta parcela do cronograma de pagamento do 13º salário que foi deixado como dívida pelo governo anterior. Foram mais de 7 milhões que saíram da conta do atual governo é que poderiam estar sendo aplicados em investimentos.

BOFETADA
É uma bofetada nos que na campanha tinham como mote de que os salários neste governo seriam pagos com atraso. Não só paga em dia, como paga as dívidas deixadas pelo antecessor.

AI TEM!
Quem leu a declaração da prefeita de Brasiléia, Fernanda Hassem (PT, dando o governador Gladson como um bom exemplo para a política, deve ter no mínimo murmurado: ai tem! Fernanda já foi convidada oficialmente para disputar a reeleição pelo partido do governador.

NOIVA COBIÇADA
A vereadora Janaína Furtado (REDE) é a noiva política mais cobiçada de Tarauacá, todos os candidatos a prefeito do município querem lhe ter na chapa. E com razão: é muito atuante.

NÃO ENTENDERAM
O presidente Jair Bolsonaro fala para o público dele, como faz o Trump nos EUA. Não esperem que vá falar algo que soe como agradável para a esquerda que votou nele. É do jogo político.

MUITO NATURAL
É muito natural que os petistas não gostem de nada que o Bolsonaro fala, afinal, os derrotou.

Continuar lendo
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.