Conecte-se agora

O Lago do Amor será o grande legado de Tião Viana ao povo do Acre

Publicado

em

Se a gente olhar o resultado de oito anos da atual gestão nas duas áreas sociais mais sensíveis do Estado, a saúde e a segurança, o saldo não é nada positivo. É só perguntar sobre isso a qualquer cidadão acreano. Na produção, infelizmente, o Estado continua dependente do contracheque dos serviços públicos. Iniciativas públicos privadas como a Peixe da Amazônia S/A, entre outras, não foram bem sucedidas. A ZPE em Senador Guiomard que prometia instalar dezenas de indústrias para gerar empregos, o vento levou junto com milhões investidos dos cofres públicos. Definitivamente o Acre nem conseguiu engatinhar na propalada industrialização. A Cultura se limitou as construções de Museus, mas a maioria deles não foi inaugurado. Sobre a Educação não vou falar porque não tenho dados suficientes para uma análise. Mesmo porque a comunicação social do governo petista ficou tão longe da imprensa que não soube divulgar nem os avanços conquistados.

Saldo positivo
O projeto Ruas do Povo que prometia pavimentar 100% das vias acreanas dos 22 municípios não alcançou o seu intento. Ainda que tenha melhorado consideravelmente o nível de pavimentação urbana no Acre. Mas, sem dúvidas, deixou um saldo positivo com muitos quilômetros de saneamento básico construídos com empréstimos de um Banco Internacional

Louvável
Um projeto simples do atual Governo que me pareceu positivo: a viabilização de abastecimento de água potável em aldeias e comunidades rurais. Não sei o alcance desse projeto e nem quantas comunidades foram contempladas, mas é uma ação socialmente consequente que pode gerar frutos positivos.

Legado
Várias obras foram inauguradas nesse período, ainda que algumas tivessem apresentado problemas. Então melhor deixar pra lá o passado e falar do que deu certo. O Lago do Amor o atual governador conseguiu concluir em Rio Branco, na entrada de um dos bairros mais “chiques” da cidade, sem reclamações dos seus usuários. Assim, penso eu, será o legado que deixará para o povo do Acre.

Cidade de Deus?
Quando começaram a construção da Cidade do Povo, na Capital, cansei de fazer comparações com a Cidade de Deus, no Rio, construída pelo governador Lacerda, nos anos 60. A intenção das duas obras eram as melhores possíveis. Mas colocar no mesmo espaço muitas pessoas em risco social é uma temeridade.

O trigo e o joio
Quero deixar claro que tenho consciência que a maioria dos moradores da Cidade do Povo é de trabalhador. Mas num lote de laranjas boas sempre vem junto as podres. Nesse caso, traficantes e outros marginais que fizeram do
conjunto habitacional popular um feudo. Quem não quiser acreditar tente pegar um UBER ou um táxi para a Cidade do Povo depois da 18hs.

Comparações
Vejo muitas comparações feitas por populares do governo de Tião Viana com o de Romildo Magalhães. Não posso analisar se isso é positivo ou negativo porque eu não morava aqui na época do Romildo. Mas espero que essas comparações não ofendam nem um e nem outro. De qualquer maneira, no meu ponto de vista, existe uma injustiça nessa questão porque Romildo ficou apenas três anos no Governo e Tião oito.

Articulador político?
Então vamos entrar no legado do atual governador na política. Nunca nenhuma das gestões da FPA tinha perdido votações na ALEAC e essa perdeu várias. Tiraram o prefeito Marcus Alexandre (PT) da prefeitura da Capital para ser candidato a governador com um vice que vinha da área mais contestada da atual gestão que é a segurança pública. Para completar a vice do Marcus, Socorro Neri (PSB), recém filiada na ocasião ao PSB, vinha de partidos de oposição. Portanto, ainda correm o risco de perder ao longo do tempo também a prefeitura de Rio Branco.

E tem mais…
Ao colocarem o presidente da ALEAC, Ney Amorim (ex-PT) para disputar uma vaga ao Senado com o senador Jorge Viana (PT) criaram uma feroz briga interna. No final da história os dois morreram abraçados numa fragorosa derrota eleitoral. E quem foi que deu o tempero de todas essas trapalhadas políticas em sequência? Deixo para os petistas estrelados a resposta.

Contradição
Tião Viana foi um dos melhores senadores da história do Acre. O que aconteceu com a sua gestão no Estado é um mistério. Talvez não tenha sabido escolher os seus assessores. Muitos elogios deixa o cara cego para enxergar a realidade. Ou quem sabe o governador tenha sonhado além da realidade. O fato é que deixou de fazer o simples para se complicar em projetos “furados”.

Triste final
Para completar esse ciclo de gestão o décimo terceiro salário dos servidores estaduais não foi pago na totalidade deixando uma divida enorme ao seu sucessor. Isso ainda vai dar muito “pano pra manga”. Mesmo porque algumas
categorias estão ameaçando greve. Mais um triste registro para a recém história do povo acreano.

Sinal de fumaça
Leio que a prefeita Socorro Neri exonerou mais 43 apadrinhados políticos do PT. Isso faz parte da reforma administrativa em curso, como ela explicou. O desfecho dessa história ainda vai acontecer. Quando a nova realidade política bater a porta da prefeitura de Rio Branco a opção será entre a ideologia ou o bem estar da
população. Simples assim.

Precipitação
Marcus Alexandre se precipitou na candidatura ao Governo. Se por um lado era o nome mais forte do PT, por outro, se deixou levar por ilusões. Jamais poderia ter participado da escolha entre quatro nomes da FPA. Teria que ter deixado a sua gestão na prefeitura num momento positivo e não negativo como aconteceu. Também era bem menos conhecido no interior do que imaginava e sua estratégia de andar, sorrir e mostrar ser um bom moço não funcionou.

Fim da novela
O vereador Clodoaldo Rodrigues (PR) será o novo presidente da Câmara de Cruzeiro do Sul. Um vitória política do prefeito Ilderlei Cordeiro (Progressistas). Assim toda a engrenagem de poder do município estará nas mãos do grupo do atual prefeito. Isso ainda vai render muitas histórias.

Lição a ser aprendida
O governador eleito Gladson Cameli (Progressistas) está ciente de todos os erros cometidos pelo seu antecessor. Portanto, se repetir alguns deles não será por falta de conhecimento. O melhor caminho é assumir o comando sem olhar pra trás pra não virar estátua de sal. A população vai esperar soluções e não vai adiantar reclamar de como encontrou o Estado. Então melhor gastar tempo e energia com planos para solucionar os problemas e do que com queixumes.

Gratidão Rio Branco
Quero saudar a nossa Capital na celebração dos seus 136 anos desejando que os seus moradores sejam felizes. Que as conquistas sociais cresçam a cada dia e possam beneficiar mais e mais pessoas. A paz possa reinar novamente nos seus bairros e ruas e as águas do Rio Acre sejam generosas nas suas subidas e descidas. Da minha parte gratidão por viver aqui e nunca ter me faltado trabalho nessa cidade. Que Deus abençoe o povo de Rio Branco.

Propaganda

Coluna do Nelson

MDB e PDSB devem travar uma “briga” intensa por secretário da ALEAC

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Nelson

Depois de 20 anos, prefeitura de Cruzeiro terá a parceria do Governo

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Nelson

Gladson Cameli realizou o sonho de infância de ser governador do Acre

Publicado

em

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.