Conecte-se agora

Gladson assume governo como herdeiro de um espólio todo “esbagaçado”

Publicado

em

MÃE DE TODAS AS BATALHAS

Fim de um dos governos mais melancólicos dos últimos vinte anos. Fecha o ciclo com o governador Tião Viana, o reinado do petismo. O Rei sairá nu. Não conseguiu pagar o 13º salário integral, apenas os comissionados do seu círculo do poder receberam suas indenizações, deixa de saldo uma cidade violenta, um sistema de saúde em frangalhos, obras inacabadas, a impopularidade mais alta entre todos os governadores petistas, enfim, com uma imagem política destroçada. A arrogância foi a sua fiel companheira até o fim. Mas, agora é contar as poucas horas que faltam para a saída humilhante do poder.


Como herdeiro de todo este esbagaçado espólio assumirá o governador eleito Gladson Cameli. Começou bem em reduzir de forma drástica o tamanho da máquina estatal, dos cargos ociosos de confiança, com a Reforma Administrativa. Mas isso é apenas um primeiro passo. Se quiser mudar o rumo desta triste prosa terá que dar uma guinada radical na sua gestão, que não pode ser de compadrio político, mas de cobrança do secretariado, por eficácia e pragmatismo.

Um governante tem que estar no meio do povo, não pode ficar em uma bolha num gabinete cercado de bajuladores, como o governante atual. Segurança e Saúde. Serão estes os seus maiores problemas a resolver de imediato, tanto um como o outro mexe com o imaginário popular. Não se espera milagres nestas duas pastas. Mas, pelo menos, ações emergentes que possam passar para a população de que algo está mudando.

O Gladson Cameli vai travar a partir de 1º de janeiro, quando tomar posse e sentar na poltrona do seu gabinete, a mãe de todas as batalhas políticas que até aqui enfrentou. Chega ser loucura se imaginar que um governo possa ser pior que o que finda.

Para a imprensa caberá cobrar as promessas de campanha. Ser livre. Não viver de bajulação. E dar os 100 dias para avaliar o novo governo.

ESTAVA ESCRITO NA TESTA

Só um incauto em política acreditava que o deputado Géhlen Diniz (PROGRESSISTA) levaria a sua candidatura à presidência da ALEAC até o fim. Estava escrito na testa que era uma candidatura a brigar por espaços na máquina legislativa. E que abriria para o deputado Nicolau Junior (PROGRESSISTA), como de fato aconteceu. O Géhlen sabia que perderia de capote.

ELEITOR IMPORTANTE

Mesmo restando poucos dias para deixar a presidência da Assembléia Legislativa, o deputado Ney Amorim (PT) teve papel importante nas costuras de apoio à candidatura do amigo Nicolau Junior (PROGRESSISTA). O blog deu este acordo entre ambos em primeira mão. Tentaram contestar. Mas a foto que selou o acordo do fim da candidatura Géhlen, fala por si.

TODO VAPOR

Uma fazenda na estrada de Boca do Acre está a todo vapor. Milagre financeiro, ora, pois!

OPINIÃO ISENTA

O presidente do PHS, Manoel Roque, uma opinião insuspeita, que veio ontem de Cruzeiro do Sul, contou que esperava encontrar a cidade esburacada e abandonada, como ano passado. Voltou abismado com a reação do prefeito Ilderlei Cordeiro, com ruas recuperadas, cidade com boa coleta de lixo e bem cuidada.

POR CIMA DA CARNE SECA

Em meio esta confusão toda no Estado com o não pagamento do 13º salário integral dos servidores, quem vai fechando o ano por cima da carne seca, como se diz no popular, é a prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, que pagou dezembro e o 13º dos funcionários da PMRB.

NA GESTÃO NÃO TEM MILAGRE

Na gestão pública não tem milagre. É só não inchar a máquina pública de afilhados, não gastar além do que está em caixa, cobrar produtividade do servidor, cuidar da cidade, é o que faz a prefeita Socorro. Convenhamos, neste pouco tempo, deixou a cidade melhor do que recebeu.

TUDO PARA DESLANCHAR

A prefeita Socorro Neri, com a Reforma Administrativa que entra em vigor a partir de janeiro, que vai gerar uma boa economia ao município, terá tudo para deslanchar sua gestão nos próximos dois anos. E até pensar em disputar uma reeleição, se chegar viável em 2020.

CUIDAR DA VIDA

O ex-presidente do PT, André Kamai, contou a um amigo em comum que deixou a presidência do partido por ter que cuidar da sua vida profissional, já que não acumulou ganhos e não tem vínculo empregatício em nenhum órgão. Discordo de suas posições políticas, mas o respeito.

RECLAMAR PARA O JUIZ

A imprensa não fez mais que divulgar nestes casos das últimas prisões uma decisão judicial, cumprindo sua obrigação de informar. A imprensa não é a responsável por decisão de Juiz.

É QUEM MANDA

A última decisão interna do PT, que colocou o Cesário Braga na presidência do partido, mostrou que quem continua mandando no partido é o grupo do Nepomuceno Carioca.

PERDERAM A GUERRA INTERNA

Lideranças mais comedidas como Jorge Viana, Raimundo Angelim, parece que perderam espaço interno para a ala mais radical do PT. Justamente, os que poderiam juntar os cacos.

BEM SITUADO

Da bancada federal do Acre, um dos parlamentares mais próximos do presidente eleito Jair Bolsonaro é o deputado federal Alan Rick (DEM). Não só próximo, mas com prestígio. Ficará em Brasília para a sua posse.

 

GALINHAS DOS OVOS DE OURO

A disputa por cargos federais no Acre começa a acontecer a partir de janeiro com a posse do Jair Bolsonaro. INCRA e DNIT são os mais visados, porque dão mais projeção política.

MDB DE OLHO

O MDB é um partido quem vai brigar com unhas e dentes para indicar o dirigente do INCRA.

ATENTEM A ISSO

O Sindicato da Saúde, fazer greve contra o fato do governador Tião Viana por não ter pagado o décimo terceiro salário integral, em nada o afetará. Será uma greve inócua. Na virada do ano o Tião não será mais nada no Estado e não passará de mais um na multidão. Atentem a isso.

CONTINUA NO ESTADO

A Companhia de Selva não vai deixar o Estado com a perda da sua conta no governo que se encerra. A empresa ainda mantém contrato com a prefeitura de Rio Branco.

PEDIDO CUMPRIDO

Na última visita que a ex-governadora Iolanda Lima fez ao ex-prefeito Jorge Kalume, com o qual governou a prefeitura de Rio Branco, ouviu um pedido do já combalido político: conseguir alguns votos para o seu afilhado José Bestene (PROGRESSISTA). Atendeu ao pedido recebido.

CENÁRIO INTERESSANTE

Na próxima legislatura da ALEAC vamos ter um cenário interessante. Depois de 20 anos, o PT sairá da posição política de governo para ser oposição. Fazer a defesa de um governo sempre é problemático, sempre haverá falha, já ser oposição é sempre mais cômodo.

FATO SIMPLES

Ser oposição é confortável por um fato simples: não existe governo que seja perfeito.

PROVA DE FOGO

O novo chefe do gabinete civil, Ribamar Trindade, passou bem pela primeira prova de fogo política que foi a de conseguir conduzir uma transição de governo sem problemas, e chegar a um consenso para a aprovação da Reforma Política pela ALEAC. Mostrou ter habilidade.

NÃO É TAREFA FÁCIL

Nos dois casos não foi tarefa fácil, porque teve que mexer com muitos interesses políticos.

FALANDO EM REFORMA

Com a diminuição do tamanho do Estado tira um pouco a pressão de aliados por cargos no futuro governo. Se o Gladson Cameli tivesse mantido o paquiderme estatal ia perder os cabelos, com a briga desenfreada por cargos de confiança.

SEM UM NOME

O PT vai para 2020 sem um nome forte para prefeito de Cruzeiro do Sul. Não há ninguém com densidade eleitoral no partido que possa ser visto como competitivo. E nem entre os aliados. César Messias (PSB), derrotado, mostrou estar em fim de carreira. O PT entrará de zebra.

NÃO SE TRATA DE CAÇA ÁS BRUXAS

Não se trata de governar pelo retrovisor e nem de caça às bruxas, mas cada novo secretário deveria fazer um levantamento da sua pasta para mostrar o quadro real do que recebeu.

As visões místicas da vereadora Mariazinha

Dias antes da eleição para a presidência da Câmara Municipal de Cruzeiro do Sul, a vereadora Mariazinha da BR (PHS-Cruzeiro do Sul), revelou que após muito jejum e oração recebeu orientação divina em uma visão, que lhe indicou votar no candidato do prefeito Ilderlei Cordeiro. Pois, bem, no dia da votação, na última quinta-feira, se reuniu momentos antes, secretamente, com o ex-prefeito Vagner Sales, e saiu direto para a votação e votou contra o nome apoiado por Ilderlei. Não se sabe que milagre foi operado pelo Vagner nesta conversa reservada, que fez a vereadora Mariazinha (PHS) esquecer a visão divina e optar pelo mundano. Teria tido a nossa a mística Mariazinha, outra visão mais divina anulando a anterior? Por certo, não mudou de opinião pelos longos cabelos louros e olhos azuis, que o Vagner não tem.  Por isso, sempre fico com um pé atrás quando se trata de fanatismo religioso. Este pessoal que diz falar com o divino poderia bem usar estas visões para acertar os números da mega-sena milionária da virada do ano. Fica a sugestão, ainda está em tempo de uma fezinha.

Propaganda

Blog do Crica

“Perderam a eleição da FIEAC para o PT que não tem um pau para dar no gato”

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Crica

Saúde: a mãe de todas as batalhas

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Crica

Gladson pavimenta o caminho do agronegócio

Publicado

em

Continuar lendo
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.