Conecte-se agora

Reforma profunda deixa apenas 14 secretarias

Publicado

em

Debruçando sobre o texto da Reforma Administrativa, publicado completo ontem pelo ac24horas, dá para se notar que o governador eleito Gladson Cameli cumpriu o que prometeu durante a campanha de enxugar o paquiderme que era a máquina estatal montada pelo PT, ao longo dos 20 anos, e que acabou por levar o Estado, neste governo que se finda, à bancarrota econômica. Ficarão apenas 14 secretarias. A extinção de Fundações e fusões de órgãos deverá tornar a administração menos burocrática. O corte é profundo também no número de cargos comissionados. Não tinha alternativa ao futuro governo ao não ser diminuir o custo do Estado. Se continuasse do mesmo tamanho, adotando as mesmas práticas do empreguismo deste ciclo de 20 anos do PT, quando a sua administração encerrasse estaria sendo bisado o que está acontecendo na atual gestão que termina no dia 31 deste mês. O Estado ficou pequeno. Não vai dar para acomodar todos os que esperavam ser chamados. Vai haver muita gritaria. Aliás, já está havendo. Mas o preço que se paga em todas as mudanças e cortes de privilégios é sempre alta. Como no ditado: vão-se os anéis e ficam os dedos. O projeto da Reforma será votado amanhã na Assembléia Legislativa. A tendência natural é que venha ser aprovado. Não se pode ser contra melhorias.

TEMPESTADE EM COPO COM ÁGUA
Parece que a Assessoria de Imprensa do futuro governo pegou a prática de dar faniquitos quando não se doura a pílula numa matéria. Tosca e ingênua a nota emitida. Tempestade em copo de água. Devagar com o andor. Talvez, esteja contaminada, pela companhia petista. O PT é que adorava dar faniquito. O texto da Reforma, basicamente é o que foi publicado, com algumas modificações. Vamos deixar de ver chifre na cabeça de cavalo. Unicórnio só existe na
lenda. O colega que fez o texto não teve interesse em fazer maldade contra ninguém. Em queimar A ou B ou A e muito menos distorcer. Querem que textos sejam submetidos ás revisões prévias antes da publicação? É isso? Erraram de endereço! Se há um relacionamento que não é bom para um órgão de comunicação, é o de ser puxadinho. Embora tenha gente que goste. No mais, vamos ficar sempre no tom respeitoso. A questão é que ninguém deu nenhuma informação à imprensa sobre a Reforma. Todo mundo se trancou. Não podem reclamar de nada. Ninguém nunca recebeu um dado sobre o projeto. Ponto final no assunto.

ASSESSORES ESPECIAIS
Já estão escolhidos como assessores especiais Osmir Lima, Jairo Carioca, Artur Laborino, Carlitinho Cavalcante e Carlos Coelho. Estas escolhas já são consideradas oficiais.

FIM DA FUNDAÇÃO ALDEIA
Na área da comunicação a Fundação Aldeia, que englobava a TV-ALDEIA e a Rádio FM-96, assim como toda a cadeia de rádios FMs e a Rádio Difusora Acreana, será extinta. Ficará tudo acoplado na Assessoria de Comunicação. A TV-ALDEIA, quase zero de audiência, será linkada.

EDUCAÇÃO ABRIGARÁ CULTURA E ESPORTES
Não haverá Secretarias de Esportes e nem de Cultura autônomas, passarão a fazer parte da nova Secretaria de Educação, com a denominação Secretaria de Educação, Cultura e Esportes – SECE.

VALORIZANDO O QUADRO
Um dado que chamou a atenção na Reforma Administrativa é de que todas as funções gratificadas do FG-1 à FG-10 serão exercidas, exclusivamente, por servidores ocupantes de cargo efetivo da administração direta e indireta. Isso valoriza o funcionário efetivo.

TETO MÁXIMO
Cada secretário ou cargo equivalente receberá o teto salarial de R$ 19.115, 80 mil reais.

ARTIGO 61
Dá autorização para dissolver, extinguir, fundir ou privatizar as entidades: CILA-CODISACRE-CAGEACRE-EMATER-ACREDATA E COLONACRE. Estes elefantes brancos, neste governo que se encerra, serviam na maioria dos casos, como cabides de emprego para abrigar afilhados.

CARGOS COMISSIONADOS
Os valores a serem pagos aos ocupantes dos cargos de confiança vão da CEC-1 com R$ 1.500,00 à CEC-7 de R$ 7.100. Serão, apenas 900 postos na nova configuração administrativa, o que significa um corte profundo em relação ao número existente no atual governo.

ESPERAR OS RESULTADOS
Agora é esperar os resultados. Os secretários que vão assumir comecem a mudar o disco de críticas, pois, a partir de janeiro não serão mais oposição. Não foram críticos do desastrado governo do PT? Agora terão que se mostrar melhor do que os que criticaram. E sem desculpas.

NADA DE FANIQUITOS
E os novos secretários terão que colocar na cabeça que não serão mais baladeira, mas vidraças. E por parte da coluna podem se preparar que vamos repetir nossa posição em relação ao atual governo do PT. O espaço estará sempre aberto às críticas. Quem quiser palmas e elogios, com certeza, não encontrará nesta coluna. Portanto, nada de faniquitos.

NÃO BRIGO COM A NOTÍCIA
São mais de 40 anos de coluna política, centenas nasceram e desapareceram ao longo deste tempo. A coluna sobreviveu por não abrir mão da crítica. E exatamente por isso é que neste governo não vou transformar este espaço em loas de amém e sim senhor ao poder. Jamais!

PIOR RAÇA
O que é pior para um governo não é a oposição. Não é a imprensa livre. A oposição é essencial qualquer governante, o que deve ser deixado longe é a raça de bajuladores, sejas os que orbitam pelos gabinetes, sejam os da imprensa. Afundam qualquer gestão. Basta ver o fim melancólico do atual governo.

DILMA FOI EXEMPLAR COM A IMPRENSA
Como presidente, a Dilma foi um fracasso. Mas em relação ao papel da imprensa foi irretocável. Mesmo muito criticada sempre refutou as ações de petistas que queriam o tal “controle social” da mídia, no popular a censura. A sua posição de que preferia sofrer uma crítica injusta que censurar a liberdade de expressão, deve ser sempre lembrada.

LIBERDADE DE IMPRENSA, SEMPRE!
Em suas entrevistas o governador eleito Gladson Cameli tem repetido que quer uma imprensa livre, que critique os seus erros, não quer bajuladores. Isso é bom, por mostrar um ângulo moderno de gestão. Se bajulador na imprensa (como teve nos últimos quatro anos) alavancasse governo, o atual não estaria acabando de forma tão desastrosa na opinião pública. Tem que avisar também aos que o cercam.

MAIS PRIVILEGIADOS
PSDB e PROGRESSISTAS são os partidos da coligação que apoiou a candidatura do Gladson Cameli ao governo que ficaram com o maior naco na futura administração. Não podem reclamar de absolutamente nada. Terão é de justificar na prática se foram certas as indicações.

VOLTANDO TUDO NOVAMENTE
Voltou a crescer os roubos de motos, carros, assaltos às residências, execuções, enfim, pode- se dizer que Rio Branco voltou à sua triste realidade. O futuro secretário de Segurança, Paulo César, terá a árdua tarefa de fazer retornar a paz a uma cidade das mais violentas do país.

OS DOIS GRANDES DESAFIOS
Não é preciso pensar muito para se dizer que os dois maiores desafios do futuro governo serão as pastas da Saúde e da Segurança. A Saúde, da qual se esperava melhores dias do atual governo; acabou no caos, e a Segurança, abaixo do ideal. Ambas, são as maiores queixas da população.

CONTINUO SEM ENTENDER
Foi mais positiva do que se esperava a Reforma Administrativa que será votada amanhã na Assembléia Legislativa. Bem enxuta. Só não consigo assimilar a junção das secretarias de Pequenos Negócios com Turismo. Distribuir secador de cabelo com a atividade turística, eu vejo como pólos opostos.

FICOU UM SHOW
As fotos mostram que, a ornamentação natalina da cidade de Cruzeiro do Sul ficou um show. Falando com amigos cruzeirenses, estes me disseram que foi a mais bela já feita na cidade.

NÃO É COTA DO MDB
Encontrei ontem o ex-prefeito Vagner Sales em um supermercado. E fez uma revelação que me surpreendeu: “as indicações da Maria Alice e da Eliane Sinhasique não são indicações do MDB, são da cota do Gladson Cameli”. Eu pensava que eram avalizadas pelo MDB. Registro.

UNANIMIDADE
A prefeita Socorro Neri foi eleita por unanimidade para presidir a AMAC. Foi um acerto dos prefeitos, porque a sua presença à frente do cargo significará certeza de gestão séria.

OUTRA CIDADE
A cidade de Brasiléia, convenhamos, está bem melhor no visual do que antes da prefeita Fernando Hassem assumir. Antes parecia uma cidade fantasma. O mais gratificante para a população é que conseguiu o equilíbrio fiscal, sem o que não há como realizar obras.

PECOU PELA FALTA DE PLANEJAMENTO
Não se pode deixar dizer que o atual governador fez um primeiro mandato com mais pontos positivos do que negativos, mas no segundo mandato embicou de tal forma que não conseguiu nivelar pelo alto a sua gestão. E termina como todo mundo está vendo. Aconteceram alguns avanços nestes 20 anos de PT, não se pode entrar pelo radicalismo de que não houve nenhum avanço. Notadamente, nos governos Jorge Viana e Binho Marques. E no primeiro mandato do atual governador. Mas no somatório, no campo econômico, o seu projeto da Florestania, que foi mais um conceito, na prática foi um fracasso. Não gerou emprego e nem renda. O Estado continua miserável e dependente do FPE. Não houve planejamento, foi se fazendo as coisas na tora e sem um suporte financeiro garantido. E temos como saldo um cabedal de obras não concluídas e projetos com sérios problemas, como a ZPE, Peixes da Amazônia, Complexo do Peixe e a UPA, ambos em Cruzeiro do Sul. O Parque Industrial de Tarauacá, o HUERB, Fábrica de Camisinhas, são péssimos exemplos de gestão que não deram certo ou que se arrastam no vermelho de suas contas. Sem falar no empreguismo desenfreado, que veio à tona com a lista das demissões no apagar das luzes. Quiseram dar um passo maior do que a perna. E na gestão pública isso não pode ocorrer. São abacaxis que cairão no colo do próximo governador e que terá de descascar sem ficar olhando para o retrovisor. E também deve servir de exemplo de que na administração pública não se pode gastar mais do que suporta a receita. E quando isso acontece o fracasso é algo certo.

Propaganda

Blog do Crica

“Perderam a eleição da FIEAC para o PT que não tem um pau para dar no gato”

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Crica

Saúde: a mãe de todas as batalhas

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Crica

Gladson pavimenta o caminho do agronegócio

Publicado

em

Continuar lendo
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.