Conecte-se agora

Filho de Lula recebeu propina, diz Palocci

Publicado

em

O ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil Antonio Palocci disse hoje (6), em depoimento à Justiça Federal no Distrito Federal, que o filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Luiz Cláudio, recebeu recursos de um lobista envolvido na elaboração da Medida Provisória 471/2009, objeto de ação penal no âmbito da Operação Zelotes.

Segundo Palocci, o filho de Lula o teria procurado em sua consultoria, em São Paulo, entre o final de 2013 e o início de 2014, para que o ajudasse a obter de empresas ao menos R$ 2 milhões para viabilizar um de seus empreendimentos. Mas o próprio Lula, segundo o ex-ministro, teria lhe informado já ter obtido o dinheiro com o lobista Mauro Marcondes.

Segundo a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), Marcondes atuou junto ao governo Lula em prol da elaboração da MP 471, na qual foram concedidos benefícios fiscais a montadoras de veículos, que em troca teriam pago propina para que o texto fosse publicado.

Palocci disse ter procurado Lula em 2014, cerca de um mês após o encontro com Luiz Cláudio, para conversar sobre o pedido do filho do ex-presidente. A reunião teria ocorrido no Instituto Lula, em São Paulo.

“Fui falar com o ex-presidente Lula porque queria ver com ele se autorizava a fazer isso [obter recursos para seu filho]. Foi ai que o ex-presidente falou não precisar atender ao Luiz Cláudio porque ‘eu já resolvi esse problema com o Mauro Marcondes’ ”, disse Palocci.

Benefícios fiscais

Em 2013, os benefícios fiscais foram renovados pela então presidente Dilma Rousseff por nova MP. Segundo Palocci, o ex-presidente Lula confirmou a ele ter negociação com as montadoras para que ambas as MPs, de 2009 e 2013, fossem aprovadas. As tratativas teriam sido realizadas com a intermediação de Marcondes, que, segundo o ex-ministro da Fazenda, teria acesso “irrestrito” a Lula.

Palocci disse, no entanto, não ter como comprovar o repasse de recursos das montadoras a Luiz Cláudio, que não é réu na ação penal que trata da tramitação da MP 471/2009. O ex-ministro disse também não ter conhecimento direto sobre a atuação de Marcondes na elaboração da medida provisória. E que ficou sabendo do envolvimento do lobista somente por meio de Lula.

Por meio de videoconferência a partir de São Paulo, o ex-ministro da Fazenda prestou depoimento como testemunha de acusação ao juiz substituto Ricardo Soares Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília, em uma das quatro ações penais a que Lula responde na Justiça Federal do Distrito Federal. Além do ex-presidente, são réus no processo Mauro Marcondes, o ex-chefe de gabinete de Lula, Gilberto Carvalho, e mais quatro pessoas.

Logo no início da audiência, o advogado Cristiano Zanin Martins, que representa Lula, tentou suspender o depoimento de Palocci, alegando que ele firmou acordo de delação premiada relativo a outras ações e à qual a defesa não teve acesso, sendo portanto uma testemunha interessada em incriminar Lula em troca de benefícios legais concedidos pelo Ministério Público.

O pedido de Zanin foi reforçado por todas as demais defesas dos acusados, mas o juiz Soares Leite não o concedeu. O procurador da República responsável pelo caso, Fernando Paiva, argumentou que a Operação Zelotes não tem envolvimento com a delação de Palocci, que foi firmada em negociação com a Polícia Federal do Paraná, no âmbito da Lava Jato.

Palocci foi ministro da Fazenda entre janeiro de 2003 e março de 2006, no governo Lula, e da Casa Civil entre janeiro e julho de 2011, no governo Dilma.

Propaganda

Cidades

Mais de 200 pessoas participam da 1ª corrida Maio Amarelo em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Cerca de 250 pessoas participaram em Cruzeiro do Sul da Primeira Corrida Maio Amarelo promovida pela CIRETRAN e prefeitura da cidade na manhã deste domingo, 26.

Antes da largada, na Avenida Mâncio Lima, os participantes fizeram alongamento e puderam escolher entre percursos de 5 e 10 Km. A Corrida teve o apoio da Federação Acreana de Atletismo e no percurso de 10 Km, os participantes foram até a Variante. Os que optaram pelos 5 km foram até a Ponte da União e voltaram para a Avenida Mâncio Lima.

A chefe da CIRETRAN, Tainara Martins, cita as 7 mortes registradas na cidade e estradas vizinhas e os 107 acidentes de trânsito de janeiro a março desse ano e destaca que “é necessário envolver a comunidade em atividades assim apostando na conscientização. Desses 107 acidente, 94% foram motivados por imprudência humana. A intenção é que as pessoas entendam que somos todos responsáveis pela segurança no trânsito”.

O vencedor do percurso de 10 Km, Isangelo Batista da Silva, diz que ” vim correr pela atividade física em si e pelo objetivo que é diminuir as mortes no trânsito”.

As atividades do Maio Amarelo em Cruzeiro do Sul prosseguem até o dia 31, quando haverá o encerramento no Teatro dos Nauas, às 8 horas da manhã, com a presença de todos os chefes de CIRETRANs do Estado e do diretor geral do Detran, Luís Fernando.

Vencedores da Corrida Maio Amarelo

Do percurso de 10Km: Isangelo Batista da Silva e Cleidiane Marta Silva

Vencedores do percurso de 5 km: Raimundo Nonato Souza Costa e Silvania Lima Barbosa

Continuar lendo

Cidades

Terremoto com magnitude 8 atinge o Peru e é sentindo em várias cidades do Acre

Publicado

em

Às 2:45 da madrugada deste domingo, 26, os moradores de Cruzeiro do Sul sentiram um forte tremor de terra que durou cerca de um minuto e foi o mais forte ocorrido na região. As pessoas relatam inclusive quedas da cama.

Muita gente, mesmo de madrugada, procurou saber o que estava acontecendo e em pouco tempo os grupos de conversas pelo whatsapp e demais redes sociais multiplicavam a informação.

Há notícias de que em Feijó, os moradores também sentiram a terra tremer. O abalo também foi sentido por moradores de Rio Branco, Tarauacá e Jordão, segundo relatos colhidos nas redes sociais.

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, relatou o abalo. “São 02:49 da madrugada, nossa cidade acaba de ser balançada pelo o maior terremoto que já presenciei. Foi demorado e forte”, disse o gestor em sua página no facebook.

No Corpo de Bombeiros e no SAMU não foram registradas chamadas de emergência por causa do terremoto. Mas muita gente procurou os dois serviços para obter mais informações sobre o forte tremor de terra.

O monitor de terremotos destacou um intenso abalo sísmico que atingiu 8 pontos de magnitude, registrado próximo à no Peru, 80 km a sudeste de Lagunas O violento abalo teve seu epicentro localizado a 114 km de profundidade. Apesar da grande intensidade do abalo, a profundidade em que ocorreu o evento favorece a dissipação da energia antes de chegar à superfície. A magnitude do evento sismico foi equivalente a explosão 750 bombas atômicas.

Desde 1979, foram registrados 51 tremores em um raio de 100 km ao redor do epicentro. O sismo mais próximo foi registrado a 12 km, no dia 31 de julho de 1997 e atingiu 4.1 magnitude na escala richter. O tremor mais significativo ocorreu em Brasil, a 211 km de Tarauacá no dia 24 de novembro de 2015, a 661 km de distância do evento atual e atingiu 7.6 magnitudes.

Videos enviados por internautas do ac24horas mostram o momento exato do terremoto.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.