Conecte-se agora

PF cumpre mandados de prisão

Publicado

em

A Polícia Federal (PF) cumpre hoje (5), no estado do Rio de Janeiro, 11 mandados de prisão e 26 de busca e apreensão na 57ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Operação Sem Limites. Dez mandados de prisão preventiva são na capital e um em Niterói.

Entre os 26 mandados de busca e apreensão também há dois em Petrópolis, na região serrana do Rio, e um em Curitiba.

Os presos serão levados para Curitiba, onde responderão por crimes como o de corrupção, organização criminosa, crimes financeiros e de lavagem de dinheiro na 13ª Vara Federal de Curitiba.

Segundo a polícia, as investigações indicam a existência de uma organização criminosa que lesou a Petrobras na área de compra e venda de petróleo e derivados por ou para empresas estrangeiras. O esquema teria operado até meados de 2014, com o envolvimento de funcionários da estatal.

O grupo agia para garantir vantagens indevidas a executivos e ganhos acima dos praticados pelo mercado às empresas envolvidas, que também teriam realizado negócios irregulares de locação de tanques de armazenagens.

A Polícia Federal detalhou que as operações de compra e venda de petróleo e derivados eram de responsabilidade da Diretoria de Abastecimento, mas não necessitavam de aprovação prévia da diretoria para ocorrer.

“Circunstância que facilitava sobremaneira a pulverização dos esquemas ilícitos nas mãos de diversos funcionários de menor escalão, vinculados à Diretoria de Abastecimento, e que exerciam suas funções tanto no Brasil quanto nos escritórios da Petrobras no exterior”, diz a nota da PF, acrescentando que esses funcionários usavam variações ínfimas nas operações para produzir um montante de recursos ao longo do tempo.

Propaganda

Cidades

Jenilson Leite participa da atividade social do Dia do Bem da União do Vegetal

Publicado

em

O deputado estadual Jenilson Leite (PSB), médico infectologista, mais uma vez colaborou com atendimento médico na atividade social conhecida como o “Dia do Bem”, da Casa da União, braço social do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal ( UDV), núcleo João Lango Moura, em Rio Branco.

A atividade ocorre anualmente em todos os núcleos da UDV, sendo que neste dia, os sócios da União do Vegetal em parceria com instruções governemtais e pessoas que colaboram com as ações sociais do centro, realizam atendimento de saúde , com consultas, exames, terapia integrativa, serviços odontológicos. Atividade deste ano foi voltada para o público interno da UDV.

Para o médico Jenilson Leite, o trabalho social que a União do Vegetal realiza é muito importante, pois proporciona coisas que às vezes as pessoas carentes não tem condições. “A União do Vegetal, além do trabalho esperirtual que faz, ainda colabora com ações sociais. Parabéns a esta instituição religiosa pelo amor ao próximo”, salientou o médico.

Segundo Relber Ferreira, membro da Casa da União e organizador do evento, anualmente a direção da UDV solicita dos núcleos que seja organizad atividades que beneficiem a comunidade em geral. Porém, este ano, a nossa atividade teve como foco a nossa própria irmandade. ” Vendo a necessidade de cuidar de nós mesmos, para que possamos colaborar com o público externo, decidimos oferecer atendimento de saúde, terapia integrativa aos próprios irmãos da UDV”, comentou o organizador.

Continuar lendo

Cidades

Casa é totalmente destruída por incêndio em Feijó

Publicado

em

Uma casa de madeira foi completamente destruída pelo fogo no bairro Zenaide Paiva, em Feijó, cidade localizada a 364 quilômetros da capital Rio Branco. Não houve feridos. O fogo consumiu a residência na madrugada deste sábado (14). Segundo informou o Corpo de Bombeiros, ainda não há resposta concreta do que deve ter acontecido para o fogo atingir o imóvel.

O prejuízo material foi total, mas ninguém ficou ferido. Segundo informações dos bombeiros, na hora do incidente, não havia pessoas na casa. Foram realizados trabalhos de resfriamento nas paredes das casas vizinhas para evitar que as chamas se alastrassem. Nada se salvou do fogo na residência.

O Corpo de Bombeiros trabalha com a hipótese de que o incêndio tenha sido provocado por um curto circuito na rede elétrica.

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Mais lidas