Conecte-se agora

Pesquisadores pedem que brasileiros comam menos carne vermelha em prol do planeta

Publicado

em

O mundo deverá ter em torno de 10 bilhões de pessoas em 2050, e a ONG World Resources Institute (Instituto de Recursos Mundiais, em tradução livre) traçou algumas orientações para que seja possível “alimentar a todos sem destruir o planeta”. Para os brasileiros, especificamente, há uma proposta de mudança drástica de hábitos: cortar o consumo de carne vermelha para praticamente um terço do que se come atualmente.

Os brasileiros foram os que mais consumiram carne vermelha no mundo, de acordo com o levantamento: cerca de 140 calorias diárias por pessoa em 2010. A meta é limitar a 52 calorias diárias por pessoa até 2050.

Essa e outras dicas estão reunidas no estudo “Criando um futuro alimentar sustentável -Um menu de soluções para alimentar quase 10 bilhões de pessoas até 2050”, que está sendo lançado hoje na Conferência do Clima da ONU (COP24), na Polônia. Produzido em parceria com o Banco Mundial, a ONU Meio Ambiente e outras agências de pesquisa, o estudo afirma que um dos principais meios de se mitigar o impacto do agronegócio no meio ambiente seria limitar o consumo de carne vermelha. Isso ajudaria a conter a emissão de gases de efeito estufa e a exploração da terra pela pecuária.

Se no Brasil significa uma redução de 63% na porção de carne, para toda a população da África, do Oriente Médio e da Ásia, no entanto, seria possível manter ou até aumentar o consumo atual.

Segundo os especialistas, se continuar no ritmo atual, a demanda por carne vermelha deve apresentar um crescimento de 88% entre 2010 e 2050. Limitar o consumo a 52 calorias diárias por pessoa significaria admitir um aumento de 32%. “Consideramos isso eminentemente praticável, mas as mudanças culturais e comportamentais exigidas serão desafiadoras”, escrevem os autores.

100 mil litros de água para produzir 1kg de carne

Maureen Santos, organizadora do estudo Atlas da Carne, e que não fez parte da pesquisa do WRI, explica que para produzir 1 kg de carne são consumidos, em média, 100 mil litros de água.

— Cada alimento tem impactos concretos na vida das pessoas e no meio ambiente, que não são levados em conta quando se come um pedaço de carne — explica — A grande maioria da carne consumida é produzida de forma industrial, em uma cadeia totalmente insustentável. O debate sobre consumo de carne ainda é incipiente no Brasil, mas muitos já perceberam as conexões entre expansão da pecuária e os impactos socioambientais, como aumento do desmatamento, da demanda de água e das emissões de gases de efeito estufa.

Segundo o relatório do WRI, a cadeia de produção pecuária ocupa dois terços da terra agrícola global e contribui com aproximadamente metade da produção agropecuária. O estudo também indica que produtores rurais evitem “o desvio de culturas comestíveis e de terras para produção de bioenergia”. Plantações de cana de açúcar e de milho, por exemplo, costumam ser desviadas para a produção de biocombustíveis, dependendo do preço de mercado.

Propaganda

Destaque 3

Mega-Sena, concurso 2.154: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 48 milhões

Publicado

em

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.154 realizado na noite deste sábado (25) em São Paulo. O prêmio acumulou e pode pagar R$ 48 milhões no próximo sorteio, marcado para a próxima quarta-feira (29).

Veja as dezenas: 07 – 25 – 41 – 47 – 50 – 53

A quina teve 36 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 49.285,49. Outras 2.951 apostas acertaram a quadra; cada uma receberá R$ 858,92.

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Continuar lendo

Destaque 3

Ida e volta: promoção de voos de Rio Branco para Cruzeiro do Sul por R$ 208 agita a internet

Publicado

em

Mais uma promoção de passagens aéreas das companhias aéreas Gol e LATAM para quem pretende viajar no período de inverno que começa no dia 21 de junho. De Rio Branco para Cruzeiro do Sul, em voo direto da Gol, é possível comprar as passagens de ida e volta por apenas R$ 208. (Veja na imagem abaixo). Quem está em Cruzeiro do Sul também encontra passagens de ida e volta por apenas R$ 208. As taxas de embarque estão incluídas.
 
Os valores das passagens entre Cruzeiro do Sul e Rio Branco não são encontrados no site da Gol. Trata-se de uma promoção da Maxmilhas, empresa que vende passagens com até 40% de desconto. Os valores podem ser parcelados em três vezes sem juros. Os outros destaques são as passagens de ida e volta de Rio Branco para São Paulo vendidas nesta promoção por R$ 763.
Da capital acreana para o Rio de Janeiro você pode viajar pagando pelos bilhetes de ida e volta o valor de R$ 889. De Rio Branco para Brasília as passagens de ida e volta custam R$ 794. Os menores preços são para viagens nos meses de junho, agosto e setembro, exceto nos feriados. As taxas de embarques estão incluídas em todos os exemplos citados neste texto e na lista que se encontra abaixo.
Além das passagens aéreas baratas, neste final de semana você pode fazer a reserva do hotel com descontos que podem chegar a 40%. Você tem até às 8 horas de segunda-feira (27/05) para garantir as passagens e o hotel barato. Boa viagem!
Confira as passagens de ida e volta com taxas incluídas dos voos do Acre
 

GARANTA AQUI HOSPEDAGEM COM DESCONTO QUE PODE CHEGAR A 40%

REGRAS DA PROMOÇÃO: As ofertas estão disponíveis para viagens entre os meses de junho, agosto e setembro de 2019, exceto nos feriados deste período. Os preços citados neste texto estão com as taxas de embarques incluídas e o número de assentos promocionais é limitado. Por isso, os preços podem sofrer alterações quando você for pesquisar. A compra das passagens poderá ser feita até às 8  horas de segunda-feira (27/05).

FONTE: TUDO VIAGEM

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.