Conecte-se agora

Jovem é preso após arma disparar em banheiro de restaurante do Shopping

Publicado

em

Um jovem, de 23 anos, foi preso após disparar acidentalmente uma arma de fogo dentro de um banheiro no Via Verde Shopping. O fato aconteceu no início da noite de terça-feira (4), em um restaurante locado no espaço chamado Divino Fogão.

Ele foi identificado como Jhonatan Gomes. De acordo com o Boletim de Ocorrência, no momento do disparo, havia no local também um servidor da Polícia Federal, que de imediato, ao escutar o barulho do disparo foi até o banheiro e lhe deu voz de prisão em flagrante. Uma guarnição da Polícia Militar foi acionada e o conduziu à delegacia.

“Nós ainda estamos esperando o relatório da polícia, mas o disparo a princípio de fato teria ocorrido de forma acidental e tomamos todas as providências cabíveis. Os seguranças estiveram lá, não saiu ninguém ferido e o homem era um consumidor, não trabalhava no shopping. Nós trabalhamos com seguranças no estabelecimento, porém, eles não tem o poder de polícia, não podemos fazer revista e nesses casos fazemos apenas o que nos é permitido”, disse a Assessoria de Comunicação do Shopping.

Na delegacia, foi constatado que Jhonatan não tinha autorização para andar armado e deve responder pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. Ao delegado, o jovem falou que estaria andando com a arma para se proteger já que morava em uma região periférica da Baixada da Sobral.

 

Propaganda

Cotidiano

Justiça condena homem a prestar serviços por oferecer bebida alcoólica a adolescentes

Publicado

em

O Juízo da Vara Única da Comarca de Plácido de Castro condenou o réu no Processo n°0001239-55.2016.8.01.0008 a prestar serviços à comunidade e o proibiu de frequentar bares e estabelecimentos similares, em função do acusado ter cometido o crime de oferecer bebida alcoólica a adolescentes.

Conforme os autos, em agosto de 2015, no centro do referido município, o homem ofereceu bebida alcoólica para cinco adolescentes, que tinham entre 13 e 17 anos de idade. O caso foi denunciado pelo Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) pela prática do crime descrito no artigo 243 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Ao julgar o caso, a juíza de Direito Isabelle Sacramento, titular da unidade judiciária, considerou ter ficado claro que “o acusado (…) teria convidado as vítimas para uma festa na sua residência, e que todos faziam uso de bebida alcoólica, inclusive a bebida estava acomodada dentro de uma garrafa térmica, tudo a demonstrar que o acusado conhecia da ilicitude”.

A magistrada condenou o réu a uma pena de três anos e quatro meses de detenção, em regime aberto. Mas, esta pena privativa de liberdade foi substituída por duas restritivas de direito, como está especificado na sentença publicada na edição 6.250 do Diário da Justiça Eletrônico, da quarta-feira (5).

Continuar lendo

Cotidiano

Homem é executado com tiro na cabeça no bairro Tancredo Neves, em Rio Branco

Publicado

em

Na noite desta terça-feira (11), um homem de nome ainda não identificado, foi alvo de tiros no bairro Tancredo Neves, e morreu no interior de uma ambulância no percussão até o Pronto Socorro da capital.

A vítima estaria na rua Vitoria, quando dois homens em uma moto de aproximaram e o garupa armado efetuou pelo menos seis disparos. Um dos tiros acertou a região da cabeça.

Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), foi acionada e realizaram os primeiros atendimentos dentro da ambulância. O homem teve diversas paradas cardíacas e não resistiu aos ferimentos.

O percurso que antes seria com destino ao Pronto Socorro, foi mudado, e o corpo deixado pela unidade no Instituto Médico Legal (IML) para reconhecimento do corpo.

Continuar lendo

Cotidiano

Em vídeo, integrantes de facção castigam suspeito de roubo na Cidade do Povo

Publicado

em

Desde que as facções criminosas começaram a atuar no Estado, nos bairros periféricos principalmente, onde há um domínio maior dessas facções, já não é mais novidade a existência de um código de conduta para quem participa da vida no crime. Para ser participante de qualquer uma das organizações existentes no Acre, os integrantes precisam obedecer o que eles chamam de estatuto. Algo semelhante ao nosso código penal, talvez com leis até mais rigorosas e com a inclusão da pena de morte.

Para que você leitor possa entender melhor como funciona nos bastidores do crime, um vídeo foi divulgado na noite desta terça-feira (11), através das redes sociais e mostra claramente um homem suspeito de praticar roubos no Conjunto Habitacional Cidade do Povo, sendo agredido a golpes de paulada, dentro de uma espécie de cativeiro.

Os agressores se intitulam integrantes da facção “Bonde dos 13″ e explicam o motivo pelo qual o jovem aparece sendo espancado.

“Isso aqui tá acontecendo por causa dos Roubos que está tendo na Cidade do Povo, nos não quer roubo aqui nessa @#$&, nessa @#$& aqui tem comando, entendeu?! Tem disciplina entendeu?! Então tá aqui o exemplo”, disse um dos agressores.

Pelo menos três homens participam diretamente do espancamento, enquanto um quarto elemento filma toda a ação que serviria como prova aos líderes de que a pena a qual o suspeito de roubo foi sentenciado foi devidamente cumprida. O vídeo tem duração de 1 min e 32 segundos e já está sendo alvo de investigação da polícia.

Continuar lendo
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.