Conecte-se agora

Gladson Cameli foi “traído” e não consegue emplacar novos chefes do Sebrae no Acre

Publicado

em

O governador eleito Gladson Cameli sofreu um duro golpe na tarde desta quarta-feira, dia 05, durante a reunião do Conselho Deliberativo Estadual (CDE). Gladson tinha como candidato a superintendente o bancário Marivaldo Melo, amigo pessoal do senador Sérgio Petecão, e que tinha as bênçãos de Cameli para chefiar o órgão.

Há menos de 20 dias de assumir o posto de governador, Cameli, como afirmam interlocutores, teria sido “traído” por conselheiros que disseram votar segundo a preferência dele durante a reunião do Conselho do Sebrae acreano. Derrota que rendeu um “pico de pressão” ao governador.

Como superintendente, o Sebrae terá Marcos Lameira, empresário e atual vice-presidente da Federação do Comércio do Acre (Fecomércio). Ele é ligado a Leandro Domingos, que já foi presidente da Junta Comercial do Acre (Juceac) e tem ligação forte com o governador Sebastião Viana e a Frente Popular.

Lameira, que já foi dono de pelo menos uma drogaria, vai receber cerca de R$ 23 mil para dirigir o Sebrae no Acre a partir de 2019. Atualmente, como braço direito de Domingos na Federação do Comércio, o advogado tem substituído o empresário que, agora, foi indicado a um cargo na Confederação Nacional do Comércio (CNC).

Uma das curiosidades do pleito foi a retirada do nome de Assuero Veronez, que tinha se colocado como candidato ao cargo de presidente do Conselho Deliberativo Estadual (CDE). O anúncio de desistência foi feito na manhã desta quarta-feira, dia 05.

Segundo apurou o ac24horas, Lameira venceu a eleição com os votos das seguintes instituições: Federação da Agricultura, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, Federação das Indústrias, Instituto Evaldo Lodi, Secretaria de Planejamento do Acre, Sebrae Nacional, Fundação de Tecnologia do Acre e Federação do Comércio.

A reunião do Conselho foi suspensa por conta de um empate na escolha do presidente do Colegiado. Após o retorno, o vice-reitor da Universidade Federal do Acre, Josimar Batista, que estava votando em Rubenir Guerra [também candidato de Gladson], resolveu mudar de voto e apoiou o presidente da Federação das Indústrias, José Adriano Ribeiro, que acabou eleito.

No final das contas, quem traiu o governador?

Propaganda

Acre 01

Em reunião na FIEAC, governador em exercício garante apoio ao setor produtivo

Publicado

em

O governador do Estado em exercício, Major Rocha, esteve reunido na tarde desta sexta-feira, 20, com representantes de sindicatos do setor industrial, na sede da FIEAC. Durante o encontro, os empreendedores puderam expor ao gestor as principais demandas de seus segmentos. Também foram tratadas questões como a atual situação dos parques industriais, a regulamentação das leis de incentivos fiscais para a indústria, as obras da Ponte do Madeira, comércio exterior, sublimite do Simples, entre outras pautas.

De imediato, o governador em exercício se prontificou em apoiar as demandas dos empresários. “Se tem alguém que pode ajudar a tirar o Acre da difícil situação que vivemos é o setor produtivo. Temos que incentivar quem produz e gera riqueza em nosso Estado. O Gladson Cameli e eu estamos à disposição para apoiá-los em tudo que pudermos”, assegurou Rocha.

Com relação ao comercio exterior, o governador anunciou a agenda para uma missão em Pucallpa em que pretende levar empresários e abrir a estrada. Já presidente da FIEAC, José Adriano, agradeceu a disponibilidade do governador e o convidou para visitar as unidades do SESI e do SENAI – para conhecer as ações e serviços que passam por uma modernização –, bem como discutir as demandas com cada setor da indústria e o comercio exterior.

Continuar lendo

Acre 01

Filho acionou Ciosp após receber mensagem da mãe que sofre de depressão

Publicado

em

A notícia de que uma senhora teria tentado se jogar do quarto andar do prédio da Secretaria Estadual de Saúde do Acre (Sesacre), no centro de Rio Branco, na tarde desta sexta-feira, 20, pegou servidores e autoridades locais de surpresa. O filho da mulher acionou via Ciosp a polícia militar e o Corpo de Bombeiros para o prédio assim que recebeu uma mensagem da mãe, que, segundo informações, atua na saúde.

Há relatos de que ela realmente ameaçou se jogar. Entretanto, o Tenente do Corpo de Bombeiros, Uildembergue, concedeu uma entrevista alegando que foi apenas uma situação preocupante, que já fora controlada.

“Foi uma preocupação do filho de uma senhora que se encontra em quadro alto de depressão”, disse o tenente. Segundo ele, a mulher teria enviado uma mensagem ao filho dando sinais de que tentaria colocar fim a vida.

“Chegando lá ela já estava sentada. A situação já está contornada e agora ela será encaminhada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA)”, garante o tenente.

A secretária de Saúde, Mônica Feres, se deslocou ao prédio assim que soube da notícia, bem como um pastor, que também foi convidado para acalmar a mulher.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.