Conecte-se agora

Após anúncio de secretário de Agricultura, Lene Petecão diz estar magoada com Gladson

Publicado

em

A vereadora Lene Petecão (PSD) está magoada com Gladson Cameli (PSD). A parlamentar disse na manhã desta quarta-feira, 05, em discurso na Câmara de Rio Branco, logo após a veiculação na imprensa do anúncio do nome do agrônomo Paulo Wadt, indicado do PSDB, não acreditar que Cameli vai dispensar o apoio do senador Sérgio Petecão, irmão dela, que teve mais de 240 mil votos.

“Isso magoa. Eu quero acreditar que foi um surto do governador eleito Gladson Cameli. Não quero acreditar que ele vai dispensar o apoio do senador Sérgio Petecão que teve mais de 244 mil votos, uma liderança nata. Eu não estou torcendo para que não dê certo. Ao contrário. Eu torço para que o governo de Gladson Cameli tenha sucesso, pois foi para isso que nós o elegemos.”

A mágoa de Lene é motivada, segundo ela, pela promessa não cumprida de Cameli em contemplar o PSD com os setores da Agricultura e Produção do próximo governo.

O senador Sérgio Petecão anunciou rompimento político com Gladson antes mesmo do início do novo governo.

Propaganda

Acre 01

Homem é executado com 8 tiros enquanto vendia limão no bairro Sobral, em Rio Branco

Publicado

em

Os homicídios com características de execução continuam na capital. Aristides da Costa de Souza, 38 anos, foi mais uma vítima da criminalidade. O homem foi morto a tiros na manhã desta segunda-feira (18) na rua Corinthians no bairro Sobral.

Segundo informações da polícia, Aristides estava em via pública vendendo limão e ao parar em frente uma casa, dois homens não identificados em uma motocicleta se aproximaram e o garupa de posse de uma arma de fogo e efetuou vários tiros, oito dos projeteis atingiram a vítima na região das costas e abdômen. Os criminosos fugiram tomando rumo ignorado.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas ao chegar no local para prestar os primeiros socorros, Costa já se encontrava morto.

Policiais Militares do 3° Batalhão estiveram no local e isolaram a área para os trabalhos dos peritos em criminalística. Em seguida colheram informações e saíram em busca de prender os acusados, porém ninguém foi encontrado.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os devidos procedimentos.

Agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já iniciaram as investigações em busca de identificar os criminosos.

A Polícia acredita que a motivação do crime foi briga entre facções.

Segundo a Polícia, Aristides já tinha passagens por homicídio, cometido há 12 anos.

Continuar lendo
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.