Conecte-se agora

Prefeita Socorro Neri comemora aprovação de reforma administrativa nas redes sociais

Publicado

em

A prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, correu às redes sociais para comemorar a aprovação do projeto de lei que prevê a reforma administrativa na estrutura do Município. O projeto foi aprovado por unanimidade na Câmara Municipal, e vai causar uma economia de R$ 13 milhões aos cofres públicos.

A prefeitura passa a ter em sua estrutura, 12 secretarias. Antes eram 17. Com os cortes em gratificações, exonerações e diminuição de custos administrativos, a prefeitura prevê uma economia de quase R$ 13 milhões. A maioria das pastas extintas pela prefeitura foi criada pelo ex-prefeito Marcus Viana.

“O único interesse ao qual me curvo é o público. É no interesse público que estou fazendo a reforma administrativa, nesse momento aprovada por unanimidade pelos vereadores. Vamos focar, ainda mais, a aplicação dos parcos recursos do Município em ações para a comunidade, que tem muitos problemas carecendo de solução”, escreveu a prefeita no facebook.

Redução de secretarias

As secretarias de Esporte, Direitos Humanos, Igualdade Racial, Juventude e Mulher que foram criadas em 2013 quando o ex-prefeito Marcus Viana assumiu pela primeira vez a prefeitura, foram reduzidas a departamento.

A Secretaria Municipal de Articulação Comunitária e Social – SEMACS, um fio condutor de política entre o ex-prefeito e os presidentes de bairro e, foi extinta e suas atividades, agora reduzidas, passam a funcionar a partir da Casa Civil.

Criado em abril de 2017 após aprovação da Câmara Municipal de Rio Branco em meio a protestos da oposição, o Instituto de Tecnologia perdeu o status de secretaria e funcionará vinculado à Secretaria de Administração.

A Subchefia de Assuntos Jurídicos também instituída pelo ex-prefeito foi extinta, além da Coordenadoria do Trabalho e Economia Solidária.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas