Conecte-se agora

Mercado reduz estimativa de inflação

Publicado

em

A estimativa de instituições financeiras para a inflação este ano caiu pela sexta vez seguida. De acordo com pesquisa do Banco Central (BC), divulgada todas as segundas-feiras, em Brasília, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve ficar em 3,89%. Na semana passada, a projeção estava em 4,94%.

Para 2019, a projeção da inflação passou de 4,12% para 4,11%. Não houve alteração na estimativa para 2020: 4%. Para 2021, passou de 3,86% para 3,78%.

A meta de inflação, que deve ser perseguida pelo BC, é 4,5% este ano. Essa meta tem limite inferior de 3% e superior de 6%.

Para 2019, a meta é 4,25% com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%. Já para 2020, a meta é 4%, e, para 2021, 3,75%, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para os dois anos (2,5% a 5,5% e 2,25% a 5,25%, respectivamente).

Taxa básica de juros

Para alcançar a meta de inflação, o Banco Central usa como instrumento a taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 6,5% ao ano.

Para o mercado financeiro, a Selic deve permanecer em 6,5% ao ano na última reunião de 2018 do Comitê de Política Monetária (Copom), marcada para os dias 11 e 12 deste mês.

Em 2019, a expectativa é de aumento da taxa básica, terminando o período em 7,75% ao ano, a mesma previsão da semana passada. Para o término de 2020 e 2021, a expectativa segue em 8% ao ano.

Quando o Copom aumenta a Selic, a meta é conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Quando o Copom diminui a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação.

A manutenção da taxa básica de juros, como prevê o mercado financeiro este ano, indica que o Copom considera as alterações anteriores suficientes para chegar à meta de inflação.

Crescimento econômico

As instituições financeiras ajustaram a estimativa para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, de 1,39% para 1,32% em 2018.

Para o próximo ano, a estimativa de crescimento do PIB passou de 2,50 para 2,53%. Em 2020 e 2021, a estimativa segue em 2,50%.

Dólar

A expectativa para a cotação do dólar subiu de R$ 3,70 para R$ 3,75, no fim deste ano, e passou R$ 3,78 para R$ 3,80, no término de 2019.

Propaganda

Cidades

Mais de 200 pessoas participam da 1ª corrida Maio Amarelo em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Cerca de 250 pessoas participaram em Cruzeiro do Sul da Primeira Corrida Maio Amarelo promovida pela CIRETRAN e prefeitura da cidade na manhã deste domingo, 26.

Antes da largada, na Avenida Mâncio Lima, os participantes fizeram alongamento e puderam escolher entre percursos de 5 e 10 Km. A Corrida teve o apoio da Federação Acreana de Atletismo e no percurso de 10 Km, os participantes foram até a Variante. Os que optaram pelos 5 km foram até a Ponte da União e voltaram para a Avenida Mâncio Lima.

A chefe da CIRETRAN, Tainara Martins, cita as 7 mortes registradas na cidade e estradas vizinhas e os 107 acidentes de trânsito de janeiro a março desse ano e destaca que “é necessário envolver a comunidade em atividades assim apostando na conscientização. Desses 107 acidente, 94% foram motivados por imprudência humana. A intenção é que as pessoas entendam que somos todos responsáveis pela segurança no trânsito”.

O vencedor do percurso de 10 Km, Isangelo Batista da Silva, diz que ” vim correr pela atividade física em si e pelo objetivo que é diminuir as mortes no trânsito”.

As atividades do Maio Amarelo em Cruzeiro do Sul prosseguem até o dia 31, quando haverá o encerramento no Teatro dos Nauas, às 8 horas da manhã, com a presença de todos os chefes de CIRETRANs do Estado e do diretor geral do Detran, Luís Fernando.

Vencedores da Corrida Maio Amarelo

Do percurso de 10Km: Isangelo Batista da Silva e Cleidiane Marta Silva

Vencedores do percurso de 5 km: Raimundo Nonato Souza Costa e Silvania Lima Barbosa

Continuar lendo

Cidades

Terremoto com magnitude 8 atinge o Peru e é sentindo em várias cidades do Acre

Publicado

em

Às 2:45 da madrugada deste domingo, 26, os moradores de Cruzeiro do Sul sentiram um forte tremor de terra que durou cerca de um minuto e foi o mais forte ocorrido na região. As pessoas relatam inclusive quedas da cama.

Muita gente, mesmo de madrugada, procurou saber o que estava acontecendo e em pouco tempo os grupos de conversas pelo whatsapp e demais redes sociais multiplicavam a informação.

Há notícias de que em Feijó, os moradores também sentiram a terra tremer. O abalo também foi sentido por moradores de Rio Branco, Tarauacá e Jordão, segundo relatos colhidos nas redes sociais.

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, relatou o abalo. “São 02:49 da madrugada, nossa cidade acaba de ser balançada pelo o maior terremoto que já presenciei. Foi demorado e forte”, disse o gestor em sua página no facebook.

No Corpo de Bombeiros e no SAMU não foram registradas chamadas de emergência por causa do terremoto. Mas muita gente procurou os dois serviços para obter mais informações sobre o forte tremor de terra.

O monitor de terremotos destacou um intenso abalo sísmico que atingiu 8 pontos de magnitude, registrado próximo à no Peru, 80 km a sudeste de Lagunas O violento abalo teve seu epicentro localizado a 114 km de profundidade. Apesar da grande intensidade do abalo, a profundidade em que ocorreu o evento favorece a dissipação da energia antes de chegar à superfície. A magnitude do evento sismico foi equivalente a explosão 750 bombas atômicas.

Desde 1979, foram registrados 51 tremores em um raio de 100 km ao redor do epicentro. O sismo mais próximo foi registrado a 12 km, no dia 31 de julho de 1997 e atingiu 4.1 magnitude na escala richter. O tremor mais significativo ocorreu em Brasil, a 211 km de Tarauacá no dia 24 de novembro de 2015, a 661 km de distância do evento atual e atingiu 7.6 magnitudes.

Videos enviados por internautas do ac24horas mostram o momento exato do terremoto.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.