Conecte-se agora

Câmara entrega moções a grupos de ação social da Igreja Universal

Publicado

em

Grupos de ação social da Igreja Universal do Reino de Deus no Acre foram homenageados durante sessão solene na manhã desta segunda-feira, 03, na Câmara Municipal de Rio Branco.

Na oportunidade, os coordenadores do trabalho social da IURD receberam da Casa moções de louvor, homenagem que simboliza reconhecimento público do Legislativo atividades que colaboraram com a sociedade.

Proponente da sessão solene, o presidente da Câmara Municipal, vereador Manuel Marcos, que também é pastor da Igreja Universal, salientou que é “gratificante prestar esta justa homenagem para grupos socais tão relevantes para nossa sociedade”

“Voluntariamente eles contribuem de forma significativa para com o próximo, levando assistência aos idosos abandonados pela família, moradores de rua, viciados, jovens necessitados sem perspectiva de futuro, analfabetos, detentos e seus familiares, mulheres vítimas de violência e gestantes desamparadas”, acrescentou Manuel Marcos.

Obreira da Universal, a deputada estadual Dr. Juliana Rodrigues lembrou que as obras sociais da instituição religiosa seguem a determinação bíblica cristã de ajudar o próximo com amor e voluntariedade.

“É um trabalho feito com amor, de forma voluntária. É um trabalho sem nada em troca, de forma voluntária, sem cobrar nada, apenas pelo prazer de ajudar o próximo.”

Atualmente cerca de 3, 3 mil voluntários atuam nos programas sociais da Universal, doando parte do seu tempo e conhecimento profissional para ajudar a população, fornecendo encaminhamento profissional, aconselhamento jurídico, assistência social, apoio na luta contra o vício das drogas, exames clínicos, saúde, esporte, lazer e cultura. Mas a atividade vai além. Os grupos saem às ruas de Rio Branco distribuindo alimento e oferecendo abrigo.

Os homenageados:

Bruno da Silva Santana – Universal Sócio Educativo

Marcos Vinícios da Silva – Calebe

Eliezer Rodrigues Duarte Neto – Evangelização

Alessandro Aparecido Vieira – Saúde

João Marcos Barreto Alves – Obreiro

Adilson Resende de Oliveira – Universal nos Presídios

Henrique Santana Gomes – Força Jovem Universal

Luciane Pereira Rodrigues Duarte – Raabe

Regilene Lúcia de Nazaré Ferreira de Mesquita – Escola de Mães

Joana porto Muniz Nunes – Godllywood Girls

Katiane Santiago Santos Ventura – Escola Bíblica Infantil.

Propaganda

Acre

Trabalhadores da Saúde anunciam manifestação para terça-feira (19)

Publicado

em

Depois de reunirem aproximadamente 300 trabalhadores em assembleia, os sindicatos da área de Saúde anunciaram que farão uma manifestação na manhã de terça-feira, 19, no Centro de Rio Branco.

Em nota, os sindicatos destacam que o mês de março ficou marcado para iniciar as demissões dos servidores do Pró-Saúde. Por isso, eles buscam uma resposta emergencial, visando evitar que mais de mil famílias fiquem desempregadas.

“A luta para efetivação dos servidores do Pró-saúde continua. O embate ocorre desde a gestão passada. A solução para evitar as demissões era transformar a fundação paraestatal de direito privado, criada em 2008, em autarquia. Além dessa regularização, há a necessidade de reintegrar os servidores que já foram demitidos do Pró-saúde”, pontua a nota.

Os sindicatos destacam que o governador Gladson Cameli, durante campanha eleitoral, utilizou a pauta da regularização dos trabalhadores do Pró-Saúde como uma de suas bandeiras.

“Mas o fato não se concretizou até o momento. Os sindicatos não foram convidados para uma conversa. Vale lembrar que, de acordo com o que foi apurado por esse estudo, os servidores do Pro-Saúde gerariam um impacto somente de 0,3% do orçamento geral do Estado”, prossegue o comunicado dos sindicatos.

Ficou decido que representantes da Procuradoria Geral do Estado, Casa Civil, Secretaria da Fazenda e Secretaria da Saúde recebam os sindicalistas na segunda-feira, 18, para uma reunião na Casa Civil, a partir de 14h.

Continuar lendo

Acre

Acre decreta situação de atenção devido à cheia do Rio Madeira

Publicado

em

Em publicação divulgada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira, 15, está o decreto que declara Situação de Atenção no Estado do Acre, em razão da cheia no Rio Madeira. Conforme consta no DOE, o governador do Estado, Gladson Cameli, considerou a situação de calamidade pública enfrentada pelo Acre no ano de 2014, também em razão do transbordamento do Rio Madeira em trechos da BR-364, para fazer o decreto.

Segundo a publicação, “o objetivo é promover a articulação entre os principais atores envolvidos com atemática de recursos hídricos, acompanhar a evolução da cheia na bacia do rio Madeira e adotar medidas com vistas a prevenir ou minimizar os impactos esperados”.

A decisão levou em consideração, ainda, os prognósticos técnicos a respeito de precipitação pluviométrica nos próximos dias, indicando a continuidade do aumento do nível dos rios.

Diversos órgãos do Estado deverão participar das reuniões relativas à Sala de Crise do Rio Madeira instituída pela Agência Nacional de Águas – ANA e emitir informes diários relativos à situação hidrometeorológica da bacia do Rio Madeira, propondo ações de preparação caso necessário.

“Todas as Secretarias de Estado e Órgãos Estaduais deverão igualmente manter-se em atenção, priorizando as ações e atividades requeridas ou solicitadas pelas CEDEC/Acre”, diz o decreto.

A Procuradoria-Geral do Estado também irá acompanhar as reuniões da Sala de Crise do Rio Madeira, e caso necessário, adotar medidas judiciais ou extrajudiciais para garantir o tráfego na BR-364.

Continuar lendo

Acre

Governo de Gladson Cameli decreta calamidade pública na saúde

Publicado

em

Foi publicado na edição desta sexta-feira, 15, do Diário Oficial do Estado, o decreto Nº 531, que declara a existência de situação de calamidade pública no serviço estadual de saúde, afetado pela insuficiência de profissionais da saúde. O documento é assinado pelo governador Gladson Cameli (Progressistas).

De acordo com a publicação, a declaração é decorrente da insuficiência de recursos humanos e da consequente insuficiência de atendimento à demanda e com isso a Secretaria de Estado da Saúde fica autorizada a adotar as medidas necessárias para a contratação de pessoal por tempo determinado para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público.

Os procedimentos administrativos devem ser agilizados e priorizados para o atendimento às áreas e às regiões mais prejudicadas. A Secretaria de Estado da Saúde adotar as medidas administrativas legalmente possíveis e necessárias para que a normalização da prestação das ações e serviços de saúde estaduais.

O decreto detalha que 658 servidores se aposentaram nos últimos anos, sem conta a exoneração de 1.769 profissionais da saúde entre os períodos de 2015 a 2018. Outro ponto é o aumento de 12 unidades/setores de saúde no Estado após os concursos públicos de 2013 a 2014, fato que aumentou consideravelmente a demanda por servidores em relação ao inicialmente planejado.

O decreto governamental revela ainda que em apenas 1 dos 11 quadrimestres, desde 2015, o Estado do Acre esteve fora das limitações para contratação de pessoal previstas na Lei de Responsabilidade Fiscal, impossibilitando o incremento do número de profissionais.

Com a publicação do decreto, é possível que um processo seletivo na área de saúde deva ser iniciado nos próximos dias. O governo do Estado ainda não confirmou essa possibilidade e deve ser pronunciar ainda durante toda esta sexta-feira, 15.

Continuar lendo
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.