Conecte-se agora

A boa comida faz sucesso no Novo Mercado Velho de Rio Branco

Publicado

em

Longe de ser um lugar pomposo, luxuoso ou refinado, o novo Mercado Velho, carrega em sua história momentos de resistência, lutas.
Em tempos difíceis, chegou a ser descriminado por abrigar bêbados e pessoas em situação de rua. Rodeado por ratos, era também lugar preferidos de prostitutas e desocupados. Era um amontoado de lojas onde seus proprietários não demonstravam a menos preocupação com a segurança deles próprios, e de quem passava por ali. Tragédia anunciada.

Em 2006 o antigo Mercado Municipal, ressurgiu das cinzas para se tornar o maior ponto turístico de Rio Branco. Foi restaurado! Com cores vivas e marcantes, traz em sua reconstrução detalhes de uma época próspera e romântica.

Hoje, mudou de nome: é conhecido como Novo Mercado Velho. De frente paro rio, onde suas águas descem lentamente, é imponente e soberano. Ao contrário dos comércios que o rodeia, não tem um dia sequer que não receba uma visita ilustre.

As pensões que antes quase não recebia clientes, hoje estão lotadas, é ponto preferido de artistas, turistas, trabalhadores que aproveitam a hora do almoço, ou a brisa do fim da tarde para um bom passeio ou saborear as delícias da culinária acreana.

Vale a pena ver esse vídeo. O Videomaker do ac24horas conversou com turistas, visitantes e trabalhadores, personagens que continuam fazendo com que a história de nossa cidade seja cada mais mais rica e alegre.

video

Propaganda

Destaque 2

Taxas de cartórios no Acre sofrem reajuste a partir de 2020; entenda

Publicado

em

Os deputados estaduais aprovaram na última semana de trabalho da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) o Projeto de Lei enviado pelo governador Gladson Cameli (Progressistas) que atualiza os valores dos serviços cartorários no Acre. Com isso, as tabelas de taxas cartoriais do estado aumentaram seus valores. Segundo os parlamentares, ficou acordado entre governo e Aleac que apenas as tabelas referentes a transferências e averbações de imóveis não irão sofrer aumento. O projeto aprovado segue para sanção do governador Gladson Cameli.

O Projeto altera e institui novos dispositivos à Lei n.º 1.805, de 26 de dezembro de 2006, que já tratava da fixação de valores pelos serviços notariais e de registros. O texto do PL decreta quais serviços serão acrescentados aos valores, que são: “o pagamento dos títulos apresentados para protesto dentro do tríduo legal; a intermediação de renegociação de dívidas no âmbito dos Tabelionatos de Protesto e as Sessões de Conciliações e Mediações realizadas pelos Serviços de Notas e de Registros do Estado do Acre”.

O documento informa que “a apresentação, distribuição e todos os atos procedimentais pertinentes às duplicatas e demais títulos e outros documentos de dívidas encaminhados a protesto independem de depósito ou pagamento prévio dos emolumentos [taxas] e despesas, cujos valores devidos serão exigidos dos interessados, de acordo com regras editadas pela Corregedoria-Geral da Justiça, que utilizará como parâmetros normas e orientações expedidas pelo Conselho Nacional de Justiça e legislação infraconstitucional afeta à matéria em espécie”.

Para o governo, havia a necessidade de atualizar as tabelas de serviços notariais. O Acre é um dos estados onde é a Assembleia Legislativa quem determina os valores a serem fixados. Trata-se de uma reestruturação nos cartórios do estado. Conforme solicitado, os estabelecimentos não conseguiriam manter os serviços se não se fizessem essa reestruturação.

Confira o projeto de lei aprovado e seus anexos com os novos valores:
CARTORIOS

Continuar lendo

Destaque 2

Videomaker mostra o sonho de crianças acreanas que escreveram cartas para o Papai Noel

Publicado

em

Essa semana o ac24horas foi até a sede dos Correios, em Rio Branco, para ver de perto a quantidade de cartas endereçadas ao Papai Noel. São milhares, quase incontáveis. Os pedidos são os mais variados que vão desde uma casa nova a um simples sacolão.

O videomaker  Kennedy Santos, foi até alguns endereços de cartas destinadas ao bom velhinho não apenas para mostrar o que desejam, mas também ajudar a divulgar seus desejos.

Alguns pedidos são simples e até curiosos. Em uma dessas histórias, uma criança que apenas uma sandália de borracha. Ela mora numa casa simples da periferia de Rio Branco.

Vamos mostrar também a história da pequena Ana, que nasceu surda, e há anos vive a expectativa de uma solução duradoura para um problema crônico que a impede de uma vida normal na escola. O roteiro poderia ser corriqueiro, se a carta não tivesse sido escrita pelo próprio irmão, que abriu mão de seu pedido pessoal ao Papai Noel.

Mas nada se compara ao pedido das professoras de uma escola rural, em prol da pequena Tayla, que com uma deficiência não consegue se firmar na escola e nem em casa por falta de uma cadeira de rodas apropriadas às limitações físicas impostas por uma doença crônica.

Assista esse vídeo na íntegra e se emocione:

video

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Mais lidas