Conecte-se agora

Acre registrou 29 mortes violentas no mês de setembro, mostra monitor de violência

Publicado

em

As mortes violentas [homicídios, latrocínios] mantiveram queda no mês de setembro de 2018, marcando 29 casos registrados nos 20 dias do mês, e atingiu a menor marca dos últimos nove meses, chegando à média de 3.4 mortes para cada 100 mil habitantes.

No mês antetior, o Acre teve a terceira maior média de mortes para cada 100 mil habitantes. Foram 35 homicídios durante aquele mês, o que mostra que tem havido redução no quantitativo de mortes. Os dados são do Monitor da Violência, do portal G1.

Nos últimos meses já foram 333 homicídios no estado acreano. Os crimes, em queda, foram registrados da seguinte forma: janeiro (52); Fevereiro e Março (30); Abril (33); Maio e Junho (37); Julho (50); Agosto (35); Setembro (29).

Anúncios

Acre 01

Mais 179 novos agentes da Polícia Civil tomam posse e irão reforçar segurança do Acre

Publicado

em

Foto: Marcos Vicentti/Secom

Em frente ao Palácio Rio Branco, o governador Gladson Cameli (Progressistas) realizou na tarde desta quinta-feira, 26, uma cerimônia dando posse aos novos 179 agentes da Polícia Civil que irão reforçar o sistema de segurança do Estado. Na ocasião, foram empossados 120 agentes de polícia civil, 20 delegados, 19 escrivães e 20 auxiliares de necropsia.

Feliz, o governador Gladson Cameli destacou o compromisso firmado com toda a sociedade e com os policiais civis.

“Durante a campanha eleitoral de 2018, eu me comprometi com a nomeação de cada um. Esse é um compromisso que eu fiz também com a população do nosso estado: de apoiar e valorizar os profissionais de segurança, e compromisso é para sempre”, afirmou Cameli.

Em outro ponto, Gladson destacou que os profissionais também assumiram com a posse o compromisso de zelar pelo bem-estar e pela segurança da população.

“Eu estou honrando o meu compromisso com vocês. Agora eu peço de coração que assumam a honra e o compromisso de ser um servidor do estado do Acre”, pediu.

Durante a solenidade, a Secretária de Estado de Justiça e Segurança Pública também apresentou 36 veículos de um total de 75. Com investimento total no valor de R$ 3,5 milhões sendo R$ 708 mil com recursos próprios e 2,8 milhões por meio de recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública e Combate à Criminalidade.

Continuar lendo

Acre 01

Liderando pesquisas, Tião Bocalom não vai ao debate da TV Acre nesta sexta-feira

Publicado

em

O candidato a prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (PP), que lidera as pesquisas, não vai participar do debate desta sexta-feira (27) com a prefeita Socorro Neri (PSB), que está sendo anunciado pela TV-ACRE.

A confirmação da ausência chegou ao BLOG pelos assessores políticos do candidato. O argumento é que a direção da emissora está notificada há 5 dias de que, Bocalom não se faria presente, por ter outra programação de campanha agendada para o horário. Na nova pesquisado IBOPE, Tião Bocalom (PP) aparece com 61% contra 32% da prefeita Socorro Neri (PSB).

Mais política no BLOG DO CRICA.

Continuar lendo

Acre 01

Socorro Neri exonera diretora-presidente do Saerb ligada aos irmãos Correia, do Podemos

Publicado

em

Na caneta, a prefeita Socorro Neri (PSB) deu o troco nos irmãos Correia, Railson Correia [vereador] e o ex-deputado Raimundinho Correia, o “Raimundinho da Saúde”, presidentes da Executiva Municipal e Estadual do Podemos, ao exonerar nesta terça-feira, 24, a diretora-presidente do Serviço de Água e Esgoto de Rio Branco (Saerb), Maria Josilene de Lima Pontes, que estava no cargo desde março deste ano.

A exoneração foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE). A exoneração de Maria Josilene de Lima Pontes foi motivada, após os irmãos Correia anunciarem apoio a Tião Bocalom (Progressistas).

Quem assume cumulativamente o cargo de diretor-presidente do Saerb é José Herivelton de Holanda Trindade, que vai ficar respondendo pelo órgão por tempo indeterminado.

Continuar lendo

Acre 01

O dilema do PT

Publicado

em

O PT, que mandou e desmandou no Acre por cerca de 20 anos, aparentemente vive um verdadeiro dilema. Principalmente os remanescentes que são ideológicos até a medula: Votar no adversário tradicional da Florestania, Tião Bocalom, ou na prefeita Socorro Neri, parceira política da eleição de 2016 e 2018, mas que largou os companheiros a própria sorte?

Pouco importa para onde vão os votos do PT. A eleição está praticamente definida e o desempenho do partido nas urnas no 1º turno foi pífio na capital. A soma dos fatores não altera o produto.

Particularmente acredito que a maioria dos petistas anula o voto, vota em branco ou se abstém. Porém, alguns estão com gosto de sangue na boca e querem cravar no “Boca” por pura vingança. Também por via das dúvidas: Vai que a Socorro Neri ganha, sabe-se lá, coisas sobrenaturais acontecem.

Quando o PT diz que os filiados votarão de acordo com suas convicções é só discurso. Segundo as “convicções”, que fundamentam o PT, nenhum dos dois merece os votos. Nem Bocalom, muito menos Socorro Neri.

Para completar, com a onda do antipetismo quebrando na praia o dilema do PT não é escolher entre Bocalom e Socorro Neri. O buraco é mais embaixo. A questão é que o presidente do partido, Cesário Braga, não quer contar, passa por 2022. Por enquanto, ele vai comendo sardinha e arrotando caviar com a eleição dos quatro prefeitos petistas. Três do Alto Acre e um do Juruá. (Até rimou).

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas