Conecte-se agora

Grupo oferece oficinas de maracatu para estudantes em Rio Branco; saiba mais

Atividade tem apoio da Fundação Garibaldi Brasil e serão realizadas nas escolas Marilda Gouveia e Escola Técnica de Saúde Maria Moureira da Rocha.

Publicado

em

Com o objetivo de ampliar o conhecimento e a prática do maracatu dentro das comunidades, o grupo Maracatu Nação Pé Rachado realizará oficinas nos próximos dias 10 e 17 de novembro, em Rio Branco. As atividades serão voltadas aos estudantes das escolas Marilda Gouveia e da Escola Técnica de Saúde Maria Moureira da Rocha. A ação tem apoio da Fundação Municipal de Cultura Garibaldi Brasil (FGB), por meio do edital 01/2018, do Fundo Municipal de Cultura.

Além das oficinas nas escolas, o projeto “Conhecendo e Vivenciando o Maracatu” incluirá a realização de uma apresentação de encerramento no Calçadão do Novo Mercado Velho, no dia 18 de novembro, às 17h. O grupo Nação Pé Rachado também vai se apresentar no Mercado da Sobral, no dia 25 de novembro, às 17h e na Praça da Juventude do Bairro Cidade Nova, no dia 1º de dezembro, às 17h.

O grupo Nação Pé Rachado nasceu em janeiro de 2017, em Rio Branco-AC, por meio de um projeto proposto pela Secretária de Estado de Políticas para Mulheres. A partir de então, o maracatu se mantêm atuante na cidade, realizando apresentações artísticas com a finalidade de levar ao público a alegria desta manifestação cultural, fortalecendo a cultura afro-brasileira e contribuindo para a propagação desse patrimônio brasileiro.

SERVIÇO:

Locais e data das oficinas:

– Escola Marilda Gouveia, dias 10 e 17 de novembro, de 08h às 12h;

– Escola técnica Maria Moreira da Rocha, dias 10 e 17 de novembro, de 13h às 17h

Apresentações:

Apresentação de Encerramento das Oficinas no Calçadão do Novo Mercado Velho:

Dia 18 de novembro às 17h.

Apresentações do Grupo Nação Pé Rachado:

Mercado da Sobral dia 25/11/2018 às 17h.

Praça da Juventude do Bairro Cidade Nova dia 01 de dezembro de 2018 às 17h.

Propaganda

Cotidiano

Monitorado é preso após tentar ir para a Bolívia escondendo tornozeleira eletrônica

Publicado

em

Por

O jovem Victor Oliveira da Silva, 21 anos, que cumpria pena no município de Epitaciolândia com o uso de tornozeleira eletrônica, tentou burlar o sistema de monitoramento, mas acabou preso. Ocorre que na noite da última sexta-feira, 19, ele resolveu que iria para a cidade de Cobija (lado boliviano).

Segundo a polícia, como é monitorado por tornozeleira, tentou enrolar o equipamento com papel alumínio, achando que o sistema não acusaria seu percurso pela cidade.

O plano de Victor não saiu como o planejado. Além de o sistema acusar que ele estava burlando as regras impostas, o mesmo foi abordado pela Policia Boliviana pouco tempo depois que chegou em Cobija.

Como estava com a canela cheia de papel alumínio o fato chamou atenção dos Bolivianos e Victor foi conduzido até a FELCC. A Policia Civil de Epitaciolândia foi acionada e juntamente com os Agentes do Monitoramento conduziram Victor para o lado brasileiro.

Para os Agentes, o monitorado relatou que estava se sentindo ameaçado e que a Juiza da Vara de Execuções Penais, Doutora Luana Campos, disse a ele que poderia sair de casa toda vez que tal fato ocorresse. Victor disse ainda que iria para a cidade de Brasileia, porém o caminho mais seguro seria por Cobija. Victor será encaminhado para o presídio na Capital.

Continuar lendo

Cotidiano

Traficante é preso com quase 4 kg de maconha na Rodoviária Internacional de Rio Branco

Publicado

em

Agentes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) prenderam nesta sexta-feira (19) Thomas da Silva Mesquita, na Rodoviária Internacional de Rio Branco por tráfico de drogas e por integrar facção criminosa. A apresentação do traficante aconteceu na manhã deste sábado (20) na Divisão de Investigações Criminais no bairro Cadeia Velha em Rio Branco.

De acordo com o Delegado Pedro Resende, coordenador da DRE, os agentes receberam a informação que uma pessoa iria transportar drogas para o interior do estado, os policiais se deslocaram até a rodoviária e avistaram o jovem com as características citada pelo denunciante. Foi feito uma abordagem em Thomas e em posse do jovem foi encontrado dentro da mochila quatro barras de maconha, totalizando quase 4 kg.

“A DRE recebeu informação de que um homem franzino estaria em Rio Branco para buscar uma droga e levar para o município de Tarauacá. Após constatar na lista de passageiros a possibilidade de ser essa pessoa, foi feito uma vigilância. Thomas estava no rol de espera do terminal e durante a abordagem encontraram com ele essa quantidade de maconha”, afirmou o delegado.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão e o jovem foi encaminhado a Delegacia, onde confessou ser membro de uma facção. Thomas disse ainda, que a droga seria distribuídas nas “bocas de fumo” no município de Tarauacá, no interior do Acre.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.