Conecte-se agora

Viaturas ficaram sem abastecer em posto por “pendência” financeira

Publicado

em

Viaturas da Polícia Militar do Acre ficaram sem abastecer nesta quarta-feira, 07. A informação, que passou a circular em grupos de WhatsApp e nas redes sociais, foi confirmada pela Associação dos Militares do Acre.

O presidente da entidade, sargento Isaque Ximenes, considerou grave o provável corte no abastecimento dos veículos que dão suporte ao serviço de segurança ostensivo da população principalmente por causa da atual onda de violência.

“O maior prejudicado em si é a população. Ficamos sabendo através de informações diversas que houve uma falta de combustível. Não ficamos sabendo oficialmente. Estamos aguardando e se formos procurados por nossos policiais militares, nos pronunciaremos e procuraremos mediar essa situação junto ao comando.”

A assessoria de imprensa da Polícia Militar informou que alguns veículos não haviam abastecido devido a “pendência administrativa” e “questão contratual” com o posto de combustíveis com quem a instituição possui contrato, porém o problema foi solucionado e o abastecimento voltou ao normal na tarde desta quarta-feira.

“O comando da Polícia Militar está empenhando todos os esforços para solucionar essa situação, essa pendência administrativa. Todas elas já estão sendo abastecidas durante a tarde de hoje [quarta-feira, 08] e o policiamento segue normal. A população pode ficar tranquila que as ocorrências serão atendidas do mesmo jeito”, informou a assessoria.

Propaganda

Destaque 6

Após reportagem, secretaria realiza intervenção no Parque da Maternidade, em Rio Branco

Publicado

em

Após o portal de notícias ac24horas publicar nesta sexta-feira (18) reportagem mostrando o estado de abandono do Parque da Maternidade, com o esgoto invadindo a calçada e a ciclovia no trecho da avenida Getúlio Vargas, a Secretaria de Infraestrutura realizou ação emergencial de intervenção no local ainda na tarde de ontem, continuando neste sábado (19).

LEIA MAIS: Esgoto invade espaço usado por pedestres e ciclistas no Parque da Maternidade

A primeira medida foi drenar o esgoto que estava acumulado, usando caminhão específico para este tipo de serviço. Segundo o secretário Thiago Caetano, o problema foi resolvido de forma parcial, já que a sua origem está na parte interna da Maternidade Bárbara Heliodora, onde o caminhão não conseguiu chegar.

Durante este sábado, os funcionários vão trabalhar fazendo a roçagem do mato no entorno.

Continuar lendo

Destaque 6

Empresários do Acre dialogam com gestores da Sefaz e Acisa

Publicado

em

Empresários ligados à Associação Comercial do Acre (Acisa), apresentaram demandas e exigências à equipe financeira do Governo do Acre. A convite do presidente da instituição, Celestino Oliveira, os diretores da Acisa receberam a secretária da Fazenda, Semíramis Oliveira e equipe.

Durante a reunião, muitas pautas foram discutidas, dentre elas o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Os empresários, de vários segmentos, apresentaram números do Estado, demandas, dificuldades encontradas no cotidiano e na gestão anterior, deixando claro que a Acisa está de portas abertas para um bom relacionamento nos próximos anos.

“Este é um momento importante para nós, para rever o que deu errado no passado. A parceria entre empresários do setor público e privado é de suma importância, porque não tem como pensar somente em um setor sem integrar o outro. Desta forma, sucessivamente todos melhoram”, disse Celestino.

Empresários de vários segmentos apresentaram números do Estado, demandas e dificuldades encontradas no cotidiano – Foto: Assessoria

Em seu discurso, a secretária Semíramis se deixou a disposição e falou da da importância da parceria com empresários. “Deixo as portas da Sefaz abertas e reitero nosso compromisso para que possamos tentar resolver as mais diversas situações. Entendemos que quando o empresário está bem, a Sefaz está bem e o Estado automaticamente fica bem. O ICMS representa 30% da arrecadação do Estado”, explicou.

Além da secretária, a equipe técnica da Sefaz também esteve presente, Breno Caetano, coordenador do Departamento de Assessoramento Tributário, Nabil Ibrahin Cham Choum, diretor de Administração Tributária e Vanessa Brandão, diretora da Receita Estadual.

No desfecho da reunião, o presidente Celestino passou a presidência para que Siglia Abraão assuma interinamente, enquanto ele goza de férias. Síglia entra para a história como a primeira mulher a estar presidente da entidade.

Continuar lendo

Destaque 6

Mazinho denuncia Gerlen no MP por prática de nepotismo

Publicado

em

O prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim (MDB), que na semana rompeu com o governador Gladson Cameli (Progressistas) ao não ter seus pedidos de indicação de cargos do governo no município atendidos, e declarou que seria oposição, resolveu abrir mais um impasse, envolvendo o seu rival político, o deputado Gerlen Diniz.

De acordo com o Mazinho, um ofício foi enviado ao Ministério Público cobrando providências responsabilizando o deputado Gerlen, pelo ato “nepotismo cruzado”. Segundo ele, o parlamentar teria utilizado de sua influência política para nomear seu irmão e sua cunhada como membros da guarda militar do governador, “retirando do pequeno efetivo de Sena Madureira dois policiais militares”, salientou o prefeito, que enfatizou que o teor da situação se encontra publicado na edição diário oficial do Estado do dia 10 de janeiro de 2019.

“Tendo uma de suas metas como gestor o apoio à Segurança Pública e aos serviços desempenhados pelo Comando do 8º BPM, afirmo que a retirada teve fins Politiqueiro de dois membros da corporação, parentes do deputado e afetou o trabalho voltado à população, reduzindo ainda mais o efetivo e abrindo espaço para o aumento da marginalidade”, explica o prefeito em uma publicação em sua página no facebook.

Segundo o prefeito, com muito esforço e apoio da Prefeitura Municipal, foi conquistado e pactuado um Convêncio para incentivar a Polícia Militar no desenvolvimento de suas atividades, reflexo disso é a redução da criminalidade e ocorrências de homicídios.

“É dever de todo político, escolhido pelo voto, velar pela legalidade de seus atos, o que não foi observado pelo então deputado que de forma escusa intermediou a retirada de seus parentes para atender interesses próprios junto ao Governo do Estado”, acusou Mazinho.

O ac24horas procurou o deputado Gerlen Diniz para comentar a situação, mas até o fechamento desta matéria, ele não atendeu nenhuma de nossas ligações.

O governo do Acre, por meio do porta-voz, Rogério Wenceslau, informou que o efetivo da PM tem milhares de homens, “é simples substituir dois militares, seja onde for, aí o prefeito Mazinho deu uma forçada de barra”, comentou.

Questionado se os militares citados serão substituídos, Wenceslau disse que não podia garantir tal ato. “Tenho que checar com a PM, mas o rodízio de militares em todas as unidades é rotina”.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Leia Também

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.