Conecte-se agora

Marina: “independente de quem ganhe a presidência serei oposição”

Publicado

em

A presidenciável acreana Marina Silva (Rede), que não  chegou ao segundo turno, votou pela manhã no prédio do INCRA, no Aviário, em Rio Branco. Apesar de ter declarado voto no candidato do PT, Fernando Haddad, Marina afirmou que será oposição, seja quem for o vencedor da disputa presidencial.

“No segundo turno nos colocamos numa situação jamais imaginada depois de todos os escândalos apurados pela Lava Jato. Por outro lado, uma outra candidatura que representa o desrespeito à democracia, à proteção dos índios, aos negros e às mulheres. O meu voto foi na defesa dos índios e do meio ambiente. Entendi que a candidatura de Haddad pelo menos não faz uma ameaça imediata a esses grupos vulneráveis. Nesse momento, temos que olhar para aquilo que está acima de nós e não para os nossos interesses. Agora, independente de quem ganhe serei oposição,” declarou.

Acompanhada apenas de militantes do seu partido, o voto de Marina, dessa vez, não teve cobertura da imprensa nacional. Apenas alguns jornalistas acreanos que trabalham como correspondentes de veículos da grande mídia acompanhavam a ex-senadora e ministra. Ela falou também do seu futuro político.

“O futuro da Marina Silva a Deus pertence. Eu sou como Jó, Deus dá, Deus tira, e louvado seja Deus. Entrei nessa eleição olhando de baixo para cima para ver o que está acima de nós e o que está acima de nós é o Brasil,” disse ela.

Em relação a Rede que não superou a cláusula de barreira Marina disse que está sendo feito um debate interno para ver se haverá fusão com outro partido.

“Saímos maiores do ponto de vista do Congresso Nacional. Agora, nós temos um deputado federal e cinco senadores. A Rede tendo apenas três anos de criada é, segundo a Fundação Getúlio Vargas, o partido que mais ajudou a combater a corrupção e que tem compromisso com o meio ambiente, o desenvolvimento sustentável e a geração de emprego. Se será uma fusão com outro partido, como o PPS que se colocou à disposição para esse debate, ou se continuaremos a defender o nosso legado será uma discussão interna que faremos”, afiançou Marina Silva.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Propaganda

Acre

ANTT publica novas regras para cálculo do frete mínimo

Publicado

em

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou as novas regras para o cálculo do frete mínimo de transporte de cargas. Com as alterações publicadas ontem (18), a nova resolução sobre o tema prevê que o cálculo do frete mínimo passará a considerar 11 categorias na metodologia coeficientes dos pisos mínimos. A resolução também amplia os itens levados em consideração para o cálculo.

Segundo a norma, o cálculo do piso mínimo de frete levará em consideração o tipo de carga e serão aplicados dois coeficientes de custo: um envolvendo o custo de deslocamento (CCD) e, outro, de carga e descarga (CC), que levará em consideração o número de eixos carregados. A resolução determina ainda que será levada em consideração a distância percorrida pelo caminhoneiro.

A resolução da ANTT detalha a multa para quem contratar o serviço abaixo do piso mínimo. A pena a ser aplicada é de duas vezes a diferença entre o valor pago e o piso devido, sendo que é de no mínimo R$ 500 e de, no máximo, R$ 10.500. Já quem ofertar contratação do transporte de rodoviário de carga abaixo do piso mínimo pode ser multado em R$ 4.975.

No final de maio, a agência reguladora anunciou o fim da aplicação de multa aos caminhoneiros que descumprissem a tabela ou denunciassem a empresa que não paga valor mínimo do frete. De acordo com a ANTT, a aplicação de penalidades aos caminhoneiros acabava desmotivando os motoristas a denunciar as empresas que estavam pagando o preço abaixo da tabela. Com a alteração, nenhum caminhoneiro autônomo pode ser multado caso esteja transportando cargas no valor abaixo do piso mínimo de frete estabelecido.

De acordo com a ANTT, a medida estabelecida na resolução desmotivava os motoristas a denunciar as empresas que estavam pagando o preço abaixo da tabela, pois eles recebiam o mesmo tipo de punição aplicada às empresas embarcadoras. Com a alteração, nenhum caminhoneiro autônomo pode ser multado caso esteja transportando cargas no valor abaixo do piso mínimo de frete estabelecido.

A ANTT informou ainda que vai aprofundar, até janeiro do próximo ano, os estudos para tratamento de cargas especiais – vidros, animais vivos, guincho para reboque de veículos, produtos aquecidos, logística reversa de resíduos sólidos, granéis em silo, entre outros -; tratamento específico de cargas fracionadas e para transporte dedicado voltando vazio. A agência vai analisar ainda o destaque do diesel na fórmula do piso mínimo.

Continuar lendo

Acre

Artesãos acreanos faturam mais de R$ 400 mil em Pernambuco

Publicado

em

Dez artesãos de Rio Branco participaram da 20ª edição da Fenearte, que ocorreu em Olinda (PE), no período de 3 a 14 de julho. A equipe do Acre foi destaque da feira, comercializando 3.904 peças com o faturamento efetivo de R$ 326.224,00 e R$ 75.684,00 em encomendas, totalizando R$ 401.908,00.

O artesanato acreano apresentado na Fenearte conquistou vários lojistas nacionais e internacionais. Os profissionais receberam encomendas do Museu de Artes de São Paulo (Masp) e da Ucrânia.

A coordenadora estadual do artesanato acreano, Suelany Paiva, está satisfeita com o resultado da feira. “O grupo está se fortalecendo ainda mais, trabalharemos para que o Acre continue sendo destaque com seus produtos que conquistam o mercado”, enaltece Suelany.

Para a secretária de Estado de Empreendedorismo e Turismo, Eliane Sinhasique, o artesanato acreano tem um alto valor agregado, pois, usa produto madeireiro e não madeireiro da floresta acreana, além da criatividade dos artesãos. “Isso faz com que as peças sejam mais valorizadas no mercado nacional e internacional. Precisamos que mais pessoas desenvolvam suas habilidades artesanais, já está comprovado que um bom artesanato gera renda e é um trabalho rentável financeiramente”, destacou.

Fonte: Agência de Notícias do Acre

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.