Conecte-se agora

Bolsonaro é eleito presidente do Brasil e acreanos fazem festa em frente ao Palácio Rio Branco

Publicado

em

Jair Messias Bolsonaro (PSL) é o mais novo presidente eleito do Brasil ao derrotar em segundo turno o petista Fernando Haddad, interrompendo um ciclo de vitórias do PT que vinha desde 2002. A vitória foi confirmada às 19h18 (hora de Brasília), quando, com 94,44% das seções apuradas, Bolsonaro alcançou 55.205.640 votos (55,54% dos válidos) e não podia mais ser ultrapassado por Haddad, que naquele momento somava 44.193.523 (44,46%).

Com a vitória, milhares de acreanos sairam de suas casas e foram as ruas soltando fogos em comemoração . O principal ponto de encontro é a praça em frente ao Palácio Rio Branco, no centro da cidade. Milhares de eleitores de Bolsonaro fazem a festa. O candidato ao governo do Acre do partido de Bolsonaro derrotado nas eleições, Coronel Ulysses Araújo, puxa a mobilização.

Aos 63 anos, capitão reformado do Exército, deputado federal desde 1991 e dono de uma extensa lista de declarações polêmicas, Jair Bolsonaro materializou em votos o apoio que cultivou e ampliou a partir das redes sociais e em viagens pelo Brasil para obter o mandato de presidente de 2019 a 2022.

Na campanha, por meio das redes sociais e do aplicativo de mensagens WhatsApp, apostou em um discurso conservador nos costumes, de aceno liberal na economia, de linha dura no combate à corrupção e à violência urbana e opositor do PT e da esquerda.

Com isso, se tornou um fenômeno eleitoral ao vencer a corrida presidencial filiado a uma legenda sem alianças formais com grandes partidos, com pouco tempo na propaganda eleitoral de rádio e TV e distante das ruas na maior parte da campanha, em razão do atentado no qual sofreu uma facada que o perfurou no abdômen.

Após quatro vitórias consecutivas do PT em eleições presidenciais (2002, 2006, 2010 e 2014), o novo presidente eleito se apresenta como um político de direita.

Vitorioso na primeira vez em que se candidatou a presidente, Bolsonaro sucederá Michel Temer (MDB), vice de Dilma Rousseff (PT) que assumiu o governo em 2016 devido ao impeachment da petista.

Anúncios

Cotidiano

Vão a 476 as urnas substituídas no país; Acre segue sem ocorrências, segundo o TSE

Publicado

em

Até às 14h00 (horário de Brasília) deste domingo, (29), foram substituídas 476 urnas eletrônicas das 97.024 que iniciaram a votação nas 57 cidades que estão tendo 2º turno das eleições municipais, de acordo com o 3º Boletim Informativo publicado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Um município, no estado de SP, passou a ter voto manual.

Rio Branco, no Acre, e João Pessoa, na Paraíba, seguem como as únicas cidades onde não houve substituições de urnas até a divulgação do último boletim do TSE. Na capital acreana, segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), há um total de 470 urnas de contingência, para o caso de problemas.

O estado que registrou maior número de urnas substituídas foi São Paulo, com 146 unidades. Já o Rio de Janeiro teve 129 urnas trocadas.

Ainda segundo o TSE, as 476 urnas substituídas correspondem a 0,33% do total de equipamentos utilizados neste segundo turno, disputado em 57 cidades brasileiras (18 capitais e outros 39 municípios).

O segundo turno ocorre nas localidades com mais de 200 mil eleitores, onde nenhum dos candidatos recebeu a maioria absoluta dos votos válidos para se eleger no primeiro turno, realizado no último dia 15 de novembro.

Continuar lendo

Destaque 2

Acusados de ferir motorista Uber com 12 facadas são presos; motivo teria sido preço da corrida

Publicado

em

Apesar de testemunhas terem dito inicialmente que o motorista de aplicativo identificado como Antônio Márcio Sandy da Silva, teria sido ferido com 12 facadas numa tentativa de assalto, a polícia militar afirmou ao ac24horas que o mesmo foi esfaqueado por causa do preço da corrida feita a dois homens na manhã deste domingo (29). Os militares relataram que houve uma discussão entre o profissional e dois homens que pediram o serviço. O crime aconteceu na Rua Cegonha, situada no bairro Novo Horizonte em Rio Branco.

A polícia atesta que Antônio recebeu uma corrida para pegar os clientes no bairro e ao chegar ao destino, dois jovens identificados como Wesley do Nascimento Eleutério, de 21 anos e Paulo Fernando Souza de Araújo, de 18 anos, que estariam ingerindo bebida alcoólica numa casa com duas mulheres, começaram a discutir com o motorista de aplicativo por causa do valor da corrida.

Um dos suspeitos pegou uma faca e feriu o motorista 12 vezes com a arma branca. Os ferimentos atingiram Antônio na cabeça, pescoço, braços, perna, costa, peito e abdômen. Mesmo ferido, o motorista conseguiu correr e caiu no terreno de uma casa.

Populares acionaram a ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Os paramédicos prestaram os primeiros atendimentos e conduziram a vítima ao Pronto-Socorro de Rio Branco em estado de saúde gravíssimo.

Policiais Militares estiveram no local e durante patrulhamento na região conseguiram prender os dois suspeitos de terem ferido o motorista de aplicativo. A dupla foi conduzida à Delegacia de Flagrantes (Defla) para os devidos procedimentos. O caso segue sob investigação dos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Continuar lendo

Destaque 3

Segundo turno das eleições pelo país têm trocas de urnas e prisões de eleitores

Publicado

em

Até às 11h30 deste domingo (29), foram substituídas 368 urnas eletrônicas das 97.024 que iniciaram a votação nas 57 cidades que estão tendo 2º turno das eleições municipais, de acordo com o 2º Boletim Informativo publicado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Em nenhum caso de substituição de urnas foi necessário voto manual, uma vez que as urnas que apresentaram problemas foram supridas por outras urnas eletrônicas.

Rio Branco, no Acre, e João Pessoa, na Paraíba, eram as únicas cidades onde não havia ocorrido substituições de urnas até a divulgação do boletim. Na capital acreana, segundo o TSE, há um total de 470 urnas de contingência, para o caso de problemas.

A capital acreana é também uma das que estão recebendo o auxílio da Força Federal no segundo turno, conforme aprovado pelo TSE, junto com São Luís (MA), Manaus (AM), Fortaleza (CE) e Caucaia (CE). A medida visa auxiliar na segurança e na manutenção da ordem pública.

Ainda segundo o TSE, as 368 urnas substituídas correspondem a 0,25% do total de equipamentos utilizados neste segundo turno, disputado em 57 cidades brasileiras (18 capitais e outros 39 municípios).

O segundo turno ocorre nas localidades com mais de 200 mil eleitores, onde nenhum dos candidatos recebeu a maioria absoluta dos votos válidos para se eleger no primeiro turno, realizado no último dia 15 de novembro.

O estado que registrou maior número de urnas substituídas foi São Paulo, com 103 unidades. Já o Rio de Janeiro teve 95 urnas trocadas.

As Eleições Municipais de 2020 já são as maiores realizadas no Brasil, com um índice médio de abstenção de 23,14% no primeiro turno (apenas um pouco mais do que o registrado em 2018), percentual considerado positivo, uma vez que o pleito foi realizado em plena pandemia de Covid-19.

Ocorrências

O Ministério da Justiça e Segurança Pública também está divulgando boletins com ocorrências de crimes pelo país. De acordo os dados divulgados até o meio-dia, 18 eleitores foram presos ou conduzidos a delegacias em razão de crimes relacionados às eleições.

Ainda de acordo com o ministério, foram apreendidos R$ 8.900 em dinheiro, 170 materiais de campanha e cinco veículos, com dois inquéritos abertos até o momento.

Continuar lendo

Acre

Chuva reduz movimentação de eleitores em bairros de Rio Branco

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale/ac24horas

Eleitores aptos a votar neste segundo turno das eleições municipais da capital acreana que não confirmaram o voto na manha deste domingo, 29, podem enfrentar dificuldades para votar no período da tarde. A chuva que cai em diversos bairros da cidade reduziu a circulação de pessoas em várias seções eleitorais.

Na região do bairro Sobral, a chuva diminuiu a movimentação de eleitores nas ruas, assim como na região central da capital acreana. Na parte alta de Rio Branco, a chuva já não caiu como em outras áreas.

A previsão do tempo já alertava que este domingo de eleição seria de céu encoberto com pancadas de chuvas pela tarde e à noite. A Divisão de Meteorologia do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) informou que neste segundo turno o sol apareceria entre muitas nuvens.

Portanto, além de levar caneta, fazer o uso da máscara e levar a identidade, o eleitor deverá reservar um guarda chuva pelo período da tarde. A temperatura mínima está prevista para hoje é de 24° e a máxima 34°. Segundo o Climatempo, a probabilidade de chuva era de 90%.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas