Conecte-se agora

Haddad vai seguir em busca do apoio de Ciro Gomes até domingo

Publicado

em

O candidato à Presidência da República pelo PT, Fernando Haddad, afirmou nesta quinta-feira (25), em Recife, que tem feito todos os acenos possíveis para que Ciro Gomes (PDT), terceiro colocado no primeiro turno, declare apoio à sua candidatura. No último dia 7, Ciro disse que não votaria em Bolsonaro, mas em seguida viajou para a Europa e não chegou a participar da campanha de Haddad. Ele retorna ao país hoje (26). O PDT, partido de Ciro, declarou “apoio crítico” à candidatura de Haddad, também sem participar de atos de campanha do petista.

“Vou continuar fazendo aceno porque boto o país acima de tudo. Temos que ter humildade, tem que partir de mim o exemplo, esses gestos, para demonstrar que vamos fazer um governo amplo, de unidade nacional, democrático e popular, que vai ter que tomar medidas, mas sempre olhando quem mais precisa do Estado”, afirmou Haddad. O presidenciável disse ainda que conversou novamente com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e pediu para que eles compartilhem o que chamou de “momento da virada” nas eleições.

O petista também comentou outros apoios recebidos nos últimos dias, como os da candidata derrotada no primeiro turno Marina Silva (Rede), do ex-presidente nacional do PSDB Alberto Goldman e do senador eleito por Pernambuco, Jarbas Vasconcelos (PMDB). “Essas pessoas se vêem obrigadas a demonstrar, por gestos, esse risco que estamos correndo. Eles sabem o que representa o Jair Bolsonaro, saído do porão da ditadura, uma pessoa que enaltece a tortura, a violência, em todo o discurso”, criticou Haddad.

O presidenciável também fez um apelo pelo voto dos indecisos e voltou a direcionar críticas ao adversário: “Entre erros e acertos, nossos governos mudaram a vida de dezenas de milhões de pessoas. Vamos corrigir os erros e manter os acertos. Agora o que eles querem é transformar acerto em erro. O Bolsonaro já se comprometeu com a política econômica do Temer. Por acaso está dando certo a política econômica do Temer? Antes da eleição ele já convidou o DEM para o governo. É o caminho do desastre”.

Nordeste

Após conceder entrevista à imprensa, Fernando Haddad participou de um comício na Pátio do Carmo, no centro do Recife. Ele estava acompanhado da esposa, Ana Estela, do senador Humberto Costa (PT-PE), além do governador de Pernambuco, o aliado Paulo Câmara e o prefeito da capital do estado, Geraldo Júlio, ambos do PSB.

Durante seu discurso aos apoiadores, Haddad comentou o resultado da pesquisa do Instituto Datafolha, divulgado na noite de hoje e afirmou estar confiante em uma virada. “No Datafolha, em três dias, a distância entre nós caiu seis pontos. O Bolsonaro disse no domingo que vai varrer a oposição. Pois ele não vai ter oposição porque ele não vai ser governo. Nós vamos virar”, disse. Segundo o levantamento, considerando os votos válidos, Bolsonaro tem 56% da preferência, enquanto Haddad aparece com 44%. No levantamento anterior, os candidatos tinham 59% e 41%, respectivamente.

Haddad segue em agenda pelo Nordeste durante esta sexta-feira. Pela manhã, participa de uma caminhada no centro de João Pessoa. À tarde, embarca para Salvador onde terá um encontro, a partir das 16h, com artistas, no bairro de Ondina e depois também faz uma caminhada na região. Às 20h, participa da última sabatina antes das eleições, na TVE da Bahia, com transmissão simultânea pela Rádio Educadora da Bahia e redes sociais.

Anúncios

Acre

Acre tem mais 183 infectados e registra 727 mortes pela Covid-19

Publicado

em

O estado do Acre confirmou nesta quarta-feira, 2, 183 novos casos de contaminação pelo novo coronavírus. Segundo a secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), 68 são resultados de RT-PCR e 115 de testes rápidos. Assim, o número de infectados subiu de 36.563 para 36.746 nas últimas 24 horas.

De acordo com o Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), mais 1 notificação de óbito foi registrada nesta quarta, sendo do sexo masculino, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 suba para 727 em todo o estado. Morador de Rio Branco, J.A.R., de 59 anos, deu entrada no dia 23 de novembro, no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into-AC), e faleceu nesta terça-feira, 1º de dezembro.

O Acre, até o momento, registra 101.544 notificações de contaminação pela doença, sendo que 64.384 casos foram descartados. Atualmente, 414 exames de RT-PCR seguem aguardando análise pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou pelo Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 31.908 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 156 pessoas seguem internadas.

Continuar lendo

Acre

Ufac descarta retorno às aulas após publicação de portaria do MEC

Publicado

em

Foto: Ascom/Ufac

A Universidade Federal do Acre (Ufac), por meio de nota, informou na manhã desta quarta-feira, 02, que não irá acatar a Portaria n° 1.030, de 1° de dezembro de 2020, do Ministério da Educação (MEC), publicada no Diário Oficial da União (DOU) que determina o retorno das aulas presenciais a partir de 4 de janeiro de 2021.

Em nota, a Ufac afirmou que tanto as atividades presenciais nos campi da Ufac e no Colégio de Aplicação (Cap) continuarão suspensas por tempo indeterminado, por meio de decisão do Conselho Universitário (Consu), a partir da Resolução nº 4, de 30 de março de 2020.

“A decisão considerou o grave momento de emergência sanitária mundial e as orientações da Organização Mundial da Saúde, das autoridades sanitárias locais e as recomendações para o enfrentamento da pandemia pela COVID-19 do Comitê de Prevenção e Contenção ao Coronavírus, da Ufac. Mas, sobretudo, teve como base o princípio mais caro a todos os seres humanos: a preservação da vida”, afirmou a Ufac em nota.

Em outro trecho, a Ufac destacou que o cenário de pandemia, permanece agravado pelo aumento de casos, reinfecções e sobrecarga no sistema público de saúde.

“Além disso, a portaria não observa a autonomia universitária de cada Ifes para avaliar as condições e o momento adequado e seguro para retorno gradual das atividades presenciais”, escreveu em nota.

Após a repercussão nas redes, o Ministério da Educação (MEC) revogou a portaria. A repercussão negativa das instituições e de especialistas que disseram que a medida era inconstitucional acabaram fazendo o governo voltar atrás.

Continuar lendo

Acre

Fux suspende decisão e posse de Ribamar Trindade será cancelada

Publicado

em

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu na manhã desta quarta-feira, 2, os efeitos do mandado de segurança que obteve liminar favorável na última terça-feira, 1, proferida pelo desembargador Roberto Barros, do Tribunal de Justiça do Acre, que garantia a posse do secretário da Casa Civil, Ribamar Trindade, no cargo de Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE).

A decisão do STF “congela” a posse de Ribamar que havia sido marcada pelo presidente da Corte de Contas, conselheiro Cristóvão Messias, para a manhã desta quinta-feira, 3, virtualmente.

O pedido de suspensão da decisão foi feito pelo próprio presidente do TCE/AC. Conforme decisão de Fux, a decisão do TJ/AC fica suspensa até análise do mérito pelo STF.

Continuar lendo

Acre

Socorro diz que entregará prefeitura enxuta e com dinheiro em caixa

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale/ac24horas

A prefeita de Rio Branco, Socorro Neri (PSB), recebeu na manhã desta quarta-feira, 2, o prefeito eleito Tião Bocalom (PP) na sede da Prefeitura de Rio Branco. No auditório da PMRB, a gestora do município, acompanhada da equipe transição liderada pelo chefe da Casa Civil, Márcio Oliveira, deu boas vindas ao futuro gestor pelos próximos 4 anos.

Neri enfatizou que será entregue um relatório de gestão e que deixará saldo nas contas da prefeitura além de uma série de obras em execução e que deverão ser iniciadas e terminadas na gestão Progressista. “Estamos trabalhando para deixar tudo o mais transparente possível. Vamos deixar a prefeitura enxuta, com saldo e com uma série de investimentos e obras direcionados para os próximos meses”, disse.

Chamando de “amiga” e “professora” Socorro, Bocalom afirmou que conhece Neri desde a prefeitura de Acrelândia, quando ajudou na instalação da primeira creche do município. “A nossa história é bonita. Não podemos apagar nossa história por causa de política”, disse.

Bocalom nega que fará qualquer reforma administrativa e que está satisfeito por saber que assumirá uma prefeitura sanada. “Vamos herdar um trabalho bom e com certeza nós daremos continuidade a ele com a nossa marca”, frisou.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas