Conecte-se agora

Cunhado não é parente, mas pode virar presidente da Aleac

Publicado

em

Bom dia! Boa tarde! Boa noite!

O deputado Nicolau Júnior (Progressistas) estaria disposta a abandonar a bancada dos mudinhos em definitivo. Depois que ampliou sua votação na reeleição para o segundo mandato, o cunhado do governador eleito Gladson Cameli (Progressistas), se articula nos bastidores para conseguir apoio dos colegas para chegar à presidência da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). Nicolau afirma que tem conversado muito com os colegas tanto de oposição quanto de situação e pretende fazer uma gestão moderna, enxuta, independente e que possa ajudar o governo do Acre a realizar projetos que mudem a realidade de todo o Estado e promova a mudança prometida durante a campanha.

A perspectiva de ocupar o mais alto posto do Poder Legislativo também despertou o orador que esteve contido nos últimos quatro anos. Nicolau destaca que deseja fazer uma administração de consenso e valorização dos parlamentares, caso ele chegue ao cargo de presidente da Aleac. Caso o critério confiança seja levado em conta por Gladson Cameli, o lobby do Poder Executivo terá Nicolau Júnior como alvo. Dizem que cunhado não é parente, mas nesse caso faz uma diferença enorme. “Tenho recebido apoio dos colegas que conseguiram se reeleger. O Jenilson manifestou interesse em se candidatar, mas acredito que vamos fazer uma chapa com a participação de todos os blocos”, destaca Nicolau.

Apoio das maiores bancadas
Nicolau acredita que consegue o apoio das maiores bancadas compostas por Progressistas, MDB e o PSDB do vice-governador Major Rocha. “Abri o diálogo com o Mazinho Serafim, que não fez objeção ao meu nome como presidente. Ainda não conversei com o Vagner Sales e com a deputada Antonia Sales, mas fizemos uma campanha limpa em Cruzeiro do Sul e nos municípios do Juruá, acho que podemos fechar uma aliança. O deputados do PSDB estarão na nossa composição, eu tenho certeza. Sem contar que o objetivo de todos é trabalhar para o bem do Estado, compromisso que é de todos os parlamentares que se elegeram pela situação e oposição”, diz o cunhado do governador.

Um fim de semana agitado


O final de semana da votação do segundo turno das eleições presidenciais será agitado em Cruzeiro do Sul. As principais lideranças políticas de oposição e futura situação devem continuar os debates sobre a escolha de nomes para o secretariado de Gladson Cameli, além de debaterem a composição da Mesa Diretora da Aleac para a próxima legislatura. O MDB em peso foi mobilizado para as reuniões que devem acontecer para evitar confrontos dentro do grupo de partidos aliados a Cameli. Os emedebista dizem que teriam uma carta na manga que poderá fazer toda diferença na escolha dos dirigentes da Assembleia Legislativa. Resta saber se os progressistas concordarão.


FRASE – “Se está preso é porque cometeu um crime, então, tem que pagar para estar lá. Não é o estado que tem que pagar. Vamos tentar uma política que tudo que o Estado vá construir pegar esses presidiários para trabalharem para que possam ganhar o dinheiro para a família. É uma forma de fazer ele entrar na sociedade”, do governador eleito Gladson Cameli, sobre um possível projeto para que o reeducandos paguem pelo período em que permanecerem encarcerados.

Roxim virou atleta


À espera de uma definição para saber qual cargo ocupará na administração do governador eleito Gladson Cameli, Roxim começou a ocupar espaços que antes eram exclusivos dos atletas do primeiro escalão do governo petista. Da mesma forma que Dudé, Léo Rosas e parte do staff dos gestores do PT, Roxim começou a correr todos os dias no Parque do Tucumã. Em um bate-papo com o novo atleta, ele disse que está acontecendo uma verdadeira briga de foice no escuro por cargos. Roxim disse que a expectativa é que tenha pelo menos a oportunidade de abrir e fechar a porta do carro do governador. “Acho que consigo, ne?” É esperar que o dono da caneta valorize seu fiel escudeiro na época das nomeações.

Propaganda

Blog do Ray

Quase uma briga de casal no exercício do poder

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Ray

Vagner Sales acredita que não haverá disputa no voto para escolher dirigentes da Aleac

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Ray

Daniel se mantém Zen e deputado mesmo sem os votos de Nil Figueiredo

Publicado

em

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.