Conecte-se agora

Defensoria lança 2ª edição do casamentos homoafetivos

Publicado

em

A Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE/AC), por meio do Núcleo da Cidadania, lançou nesta quarta-feira, 10, a 2ª edição do projeto “Casar é Legal”. A ação social gratuita é destinada àqueles que não possuem condições financeiras para custear o serviço.

O projeto tem por objetivo unir casais homoafetivos pelo amor e justiça, a fim de enaltecer o princípio constitucional da isonomia, uma vez que a Constituição Federal veda qualquer tipo de discriminação, seja por origem, raça, sexo, cor, idade ou outras particularidades.

Para a realização do projeto, a DPE/AC conta com a parceria do Tribunal de Justiça do Acre (TJ/AC), por meio da Vara de Registros Públicos, do Fórum de ONGs LGBT do Acre, dos Cartórios de Registro Civil das Pessoas Naturais da Comarca de Rio Branco, do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Acre (OAB/AC), da Ouvidoria da DPE/AC, da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) e da Prefeitura do Município de Rio Branco, por meio da Fundação Municipal de Cultura Garibaldi Brasil.

O “Casar é Legal” visa garantir a cidadania, resgatar a dignidade humana e ressaltar o combate à intolerância e ao preconceito. A cerimônia do casamento coletivo está prevista para o dia 5 de dezembro.

Como participar:

Período de inscrições: 11 de outubro a 11 de novembro de 2018.

Local das inscrições: Sede da Defensoria Pública, Núcleo da Cidadania, sala 301, Av. Antônio da Rocha Viana, 3057, bairro Santa Quitéria, próximo ao Horto Florestal.

Horário: das 8 às 14 horas.

Documentos necessários: Cópia da certidão de nascimento atualizada, RG, CPF, comprovante de endereço e o nome de duas testemunhas.

Para mais informações: 99974-8452/ 3215-4185/3215-4186/3215-4187

Propaganda

Destaque 5

Sebastião e Gladson encerraram período de transição de governo

Publicado

em

Foto: Gleilson Miranda/Secom

Em coletiva de imprensa na Casa Civil na tarde desta terça-feira, 18, o governador Sebastião Viana e o governador eleito Gladson Cameli se reuniram para anunciar o encerramento do período de transição governamental com a entrega dos relatórios finais organizados pelas equipes.

O relatório de transição apresentado pelo governo do Estado engloba o período de 2015 a 2018, destacando as conquistas, investimentos e detalhes econômicos, enquanto o relatório apresentado pela equipe do governador eleito traz as medidas de trabalho e gestão para o próximo quadriênio.

O governador Sebastião Viana destacou que a próxima gestão assume o governo com conquistas da gestão anterior e R$ 1,3 bilhão para investimentos, mas também com desafios como o déficit previdenciário. E desejou sucesso a Gladson Cameli, afirmando que o êxito do governo é o êxito do povo do Acre.

Já o governador eleito destacou o trabalho exemplar das equipes de governo durante o processo de transição, de forma respeitosa e com abertura junto à gestão atual.

Leia mais: http://www.agencia.ac.gov.br/

Continuar lendo

Destaque 5

Nível do rio Acre subiu em todas as cidades banhadas pelo manancial

Publicado

em

O nível do rio Acre registrou elevação em todas as seis cidades banhadas pelo manancial. O alerta é da Defesa Civil Estadual que detectou a subida pelo monitoramento.

O ponto mais preocupante no momento foi registrado em Xapuri (distante 180 km da capital), onde o rio subiu 1,5 metros, se aproximando da cota de alerta que é de 13,50 metros.

A informação foi repassada pelo sub coordenador da Defesa Civil Estadual, major bombeiro militar Cláudio Falcão, que confirmou estado de alerta da equipe no acompanhamento do nível do rio em todas essas cidades.

“No momento a situação não é tão preocupante. Mas mantida essa constância de chuvas registradas desde o mês de novembro, em janeiro, pelas previsões, existe o risco do rio Acre atingir a conta de alerta aqui em Rio Branco, que é de treze metros e cinquenta. Estamos realizando acompanhamento diário nos pontos de níveis para evitar qualquer surpresa”, disse Falcão.

Outra preocupação da Defesa Civil civil é o “comportamento” do rio Madeira e seus afluentes na região da Ponta do Abunã, por onde passa a BR-364, que liga o Acre a Rondônia. No início mês, segundo Falcão, uma equipe do Corpo de Bombeiros do Acre percorreu todos os trechos onde a rodovia está recebendo obras de elevação e mapeou os pontos vulneráveis.

O quadro atual está dentro da normalidade, mas as castigantes chuvas nas cabeceiras desses rios pode alterar o cenário de tranquilo para preocupante.

Continuar lendo

Destaque 5

Em Rio Branco, choveu 80% do previsto para dezembro

Publicado

em

A Defesa Civil Municipal informou que já choveu 203 mm até esta segunda-feira, 17, o equivalente a 80% do previsto para o mês, que é de 253 mm.

Em Rio Branco, o rio Acre amanheceu com 5,47 metros nesta segunda-feira. O manancial subiu nove centímetros nas últimas 24 horas.

Especialista em gestão de risco e com ampla experiência em situações de cheias, o coordenador da Defesa Civil Municipal, George Santos, disse que uma enchente em Rio Branco não está descartada e que a prefeitura trabalha na atualização do plano de contingência.

“De novembro a abril é o nosso período chuvoso. Os organismos meteorológicos dizem que vai chover dentro na normalidade em dezembro. Estamos em vias de atualização do Plano de contingência”, informou.

Uma enchente em dezembro está quase descartada. O único registro de alagamento no mês foi na década de 1970.

Continuar lendo
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.