Conecte-se agora

Binho atribui derrota de Jorge Viana a distorção do projeto “Florestania” nos últimos anos

Publicado

em

Da mesma forma que o governador Sebastião Viana (PT) tenta atribuir o fracasso de algumas de suas ações à frente da administração ao presidente Michel Temer (MDB) que ocupa a Presidência da República há dois anos, o ex-governador Binho Marques (PT) tenta justificar a derrota do projeto da Frente Popular do Acre (FPA) depois de 20 anos ocupando a cadeira do Poder Executivo Estadual.

Sem citar nomes, mas deixando nas entrelinhas que o governador Sebastião Viana poderia ser o responsável pelo fracasso eleitoral do PT que resultou na derrota de cardeais petistas no Senado, Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa, nas eleições deste ano, Binho destaca que o maior prejudicado seria o senador Jorge Viana, que estaria pagando por possíveis erros de seu irmão.

Para o ex-governador, “amigo Jorge, você pagou uma conta muito alta, que não era sua. São coisas desse tempo”. Lembrando do apelido que os filiados, dirigentes e militantes de partidos de esquerda atribuem ao candidato a presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), mas claramente se referindo a outra pessoa, Binho Marques ressalta que a derrota de JV “são coisas do coiso”.

Outro fator que Binho Marques destaca como responsável pela derrota de Jorge Viana, seria o que ele classifica como desvirtuamento do projeto da FPA na administração de Sebastião Viana. “Do nosso projeto de um Acre justo e republicano, que noutros tempos chamávamos de florestania, não sobrou o endereço”, disse Marques, que não detalha conquistas do governo atual.

Finalizando seu post no Facebook, Binho Marques reforça que o projeto político iniciado por Jorge Viana e continuado por ele, foi “desvirtuado e torturado que foi nos últimos anos. por tudo isso, que imagino que saibas tanto quanto eu, admiro ainda mais tua postura serena nestes tempos de traição e amnésia coletiva. agora, é hora de dar tempo ao tempo. ele é senhor da razão”.

 

Propaganda

Destaque 2

Após patrocinar publicidade contra o governo, presidente da FIEAC é recebido por Gladson Cameli

Publicado

em

Após patrocinar publicidade contra o governo, o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Acre (FIEAC) José Adriano, foi recebido pelo governador na manhã de hoje (24) na Casa Civil.

Adriano fez questão de publicar nos grupos de redes sociais da FIEAC uma foto tirada por sua assessoria durante cumprimento ao governador Gladson Cameli. O assunto tratado no encontro não foi divulgado pela assessoria do Palácio Rio Branco.

O encontro acontece no mesmo dia em que o presidente da FIEAC foi bombardeado por sites e a colunistas políticos que criticam o vídeo que retrata o abandono do Parque Industrial de Rio Branco após 20 anos.

Recentemente, José Adriano foi convidado para se filiar no MDB e passou a circular no grupo de Flaviano Melo que apoia a pré-candidatura do deputado estadual Roberto Duarte para a prefeitura de Rio Branco.

Durante sua reeleição, este ano, Adriano confessou a amigos e empresários, seu desejo de ser candidato a vice-prefeito ano que vem. A princípio, essa pré-candidatura seria por um partido da Frente Popular, mas com a derrota dos irmãos Vianas o plano mudou.

Continuar lendo

Destaque 2

Na capital, Governo dá continuidade em obras de revitalização de pontos turísticos

Publicado

em

Fotos: Sérgio Vale

As obras de recuperação de um dos maiores patrimônios históricos do Estado continuam ocorrendo. Na manhã de ontem, 23, a fonte luminosa, que enfeita o entorno do Palácio Rio Branco, no centro da capital, já apresentava uma nova pintura. A ideia , segundo a Secretaria de Estado de Infraestrutura e de Desenvolvimento Urbano (Seinfra), é manter a funcionalidade do ponto turístico.

Além do Palácio, a Seinfra também deu início no início deste mês de maio às obras de recuperação e revitalização do Estádio Arena da Floresta. Lá, a proposta é garantir mais conforto e tranquilidade ao público.

Segundo o secretário, Thiago Caetano, a revitalização que ocorre no Palácio não é a geral, mas boa parte do ambiente está sendo cuidado. “É uma forma de trazer o funcionamento novamente sob Palácio. O governador passa a despachar de lá”.

Outro ponto positivo, de acordo com Caetano, é a revitalização de um dos pontos históricos e turístico de Rio Branco. “É uma obrigação do governo oferecer manutenção e funcionalidade ao seu patrimônio. Essa revitalização faz parte do Projeto do Governador em resgatar a memória histórica do Povo Acreano, oportunizar espaços turísticos de Lazer e dar maior utilidade aos patrimônios do estado”, afirma o secretário.

Além da fonte, o obelisco, que também fica na parte externa, passa por reforma.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.