Conecte-se agora

Conheça Mailza Gomes, a mulher que irá substituir Gladson

Mailza Gomes será a quarta mulher a representar o Acre no Senado Federal. Antes dela, apenas Marina Silva (à época filiada ao PT) se elegeu senadora acreana. As outras duas foram Iris Célia e Laélia Alcântara (suplente de Adalberto Sena, que morreu durante o mandato). Mailza diz que trabalhará para ser porta-voz do governo de Gladson Cameli em Brasília.

Publicado

em

A Eleição passou, mas o jogo das cadeiras ainda nem começou. Com a vitória de Gladson Cameli para governador do Acre, a primeira suplente dele, Mailza Gomes, vai assumir o posto de senadora. Será a quarta vez em que uma mulher assume uma das cadeiras do Senado Federal para representar o Acre. Antes dela, Íris Célia Cabanellas e Laélia Alcântara (esta suplente) assumiram o posto, e Marina Silva, que foi eleita em 1994.

Estudante de Direito, a futura senadora do Acre já tem carreira política. Além de ter sido secretária e primeira-dama de Senador Guiomard, no interior do Acre, a suplente de Gladson Cameli tem uma história de militante das causas sociais e acredita estar preparada para ajudar o Acre no Congresso Nacional.

“Eu tenho a visão de que o Acre precisa muito de ajuda, e vou ajudar o nosso governador Gladson Cameli como devo: trabalhando pelo Acre, junto aos ministérios e às instituições, defendendo e trazendo ajuda para o nosso povo, para o nosso estado. Essa é uma missão importante e legítima, e vou honrar essa oportunidade”, pontua Mailza Gomes.

Mailza, que tem dois filhos, diz saber da importância de um senador, e se comprometeu em não abandonar as causas pelas quais tem lutado nosúltimos anos. “Criamos projetos importantes para aproximar as pessoas da política. Temos que mostrar a importância da política à sociedade e saber ouvir a todos, todos os dias, sem exceção”, acredita.

A suplente, que a partir de janeiro assumirá a vaga deixada por Cameli em Brasília, também quer criar e defender projetos que valorizem a mulher em todos os setores, sejam eles públicos ou privados. Ela acredita que terá nas mãos ferramentas importantes junto ao governo federal para ajudar as mulheres do Acre.

“Temos de ter um olhar especial, importante e ininterrupto para com as famílias carentes, as mulheres que são pilar importante em nossa sociedade. Projetos de valorização, incentivo e qualificação das mulheres também será nossa bandeira de luta. Vamos defender as famílias mais carentes e trabalhar ao lado delas”, completa Mailza.

Quem é Mailza Gomes?

Mailza Gomes é acadêmica de Direito, mãe de dois filhos e é casada com o ex-prefeito de Senador Guiomard, James Gomes. Ex-primeira dama do município de Senador Guiomard, também foi gestora de pastas como Administração, Assistência Social e Cidadania.

Desenvolveu projetos relevantes como o “Prefeitura no Bairro”, em que montava estrutura de atendimento social, médico, odontológico, farmácia, cinema, teatro e parque para crianças. Com atendimento prioritário para mulheres, onde dispunha de serviços de beleza, palestras e orientação, ajudou na promoção da cidadania, cultura e lazer aos munícipes da cidade.

Mailza também criou o projeto “Natal Feliz”, uma grande festa tradicional para a distribuição de brinquedos às crianças do município, além de cestas básicas e às famílias carentes e comemoração em grande estilo na praça central da cidade acreana.

A ex-primeira-dama de Senador Guiomard pretende atuar principalmente nas questões sociais, em defesa das mulheres, de projetos de desenvolvimento e amparo as famílias carentes do Estado. Atuar como parceira do Governo de Gladson Cameli, dando suporte as necessidades do Estado sendo sua porta-voz em Brasília.

Propaganda

Acre

Jenilson Leite recebe Comissão de concursados da Polícia Militar

Publicado

em

O deputado estadual Jenilson Leite (PCdoB), vice-presidente da Assembleia Legislativa do Acre, recebeu na sala de reuniões da Casa os membros da Comissão dos aprovados do concurso da Polícia Militar que estão no cadastro de reservas do certame. Dentre os participantes tinha duas pessoas de Cruzeiro do Sul.

Durante o período eleitoral, o então candidato Gladson Cameli (Progressistas) assinou um documento se comprometendo convocar todos os aprovados do concurso. Contudo, na semana passada ele deu garantia de convocar somente os 250 classificados dentro do número previsto de vaga. Deixando de fora os 537 que também obtiveram aprovação em todas etapas prevista no edital do certame. O documento também foi assinado pelo vice-governador Major Rocha, que ficou responsável na atual gestão pela área de segurança.

Os componentes da comissão do cadastro de reservas procuraram o deputado para cobrar um posicionamento do gestor, haja vista que foi ele o precursor da luta em defesa da prorrogação do prazo de validade do certame, de seis meses para dois anos, ainda gestão passada. Além disso, o deputado apresentou requerimentos e se reuniu algumas vezes com chefe da SGA, na época Sawana Carvalho, para cobrar celeridade nas etapas do concurso devido à demora para realização de uma fase para outra.

Amanhã, terça-feira (19), na sessão ordinária, o deputado vai fazer uma fala cobrando uma posição do governador e da cúpula de segurança do estado. Além disso, os aprovados farão uma manifestação durante a sessão contra o governo, bem como o documento que em Gladson Cameli se compromete em convoca-los, será lido em plenário. “ É um dever nosso, enquanto representante da sociedade, defender a convocação desses jovens que almejam um emprego, além disso, a área de segurança necessita do trabalho dessas pessoas. Eu já encabecei essa luta no governo passado, e vou continuar fazendo até vê-los eles serem convocados, isso vocês podem ter certeza”, garantiu o parlamentar.

Para Jose, um dos representes da Comissão, na campanha o governador se comprometeu em chamar o quantitativo excedente do número de vaga, mas até agora não deu uma posição, por isso ele vieram pedir o auxílio do deputado Jenilson e de todos os membros da Casa.

Além da falta de posição do governador, outra preocupação dos aprovados que estão fora do número de vaga previsto, é que o prazo do concurso expira em junho de 2020

Continuar lendo
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.