Conecte-se agora

“Rio Branco é a capital da hospitalidade”, diz Alckmin

Publicado

em

Durante almoço neste sábado, 15, com o candidato ao governo do Acre, Gladson Cameli (Progressistas), Major Rocha e apoiadores, em um restaurante no 2º Distrito de Rio Branco, o candidato à Presidência da República, Geraldo Alckmin (PSDB), falou em criar uma guarda nacional e reforçar em parceria com os Estados da Amazônia a segurança nas regiões de fronteira. Alckmin reforçou a proposta de criação de um governo itinerante que começa a partir do Acre. O tucano também agradeceu a receptividade dos eleitores acreanos.

“Gladson vai ser um grande governador. Médico tem um olho clínico. Ele e Rocha vão trabalhar a quatro mãos. Caminhamos no mercado municipal [Elias Mansour] e ao lado do terminal rodoviário. E eu quero dizer que Rio Branco é a capital da hospitalidade. Sendo eleito, o primeiro estado que vou me fazer presente é aqui no Acre.”

Ao lado de Alckmin, Gladson afirmou que Major Rocha, seu vice, correligionário do presidenciável, será um parceiro e um vice que vai governar o Estado com ele.

Foto de Luciano Tavares

Cameli citou ainda as futuras parcerias com a eventual gestão de Alckmin para a construção da BR-364, manutenção da BR-317, além da conclusão da ponte do Madeira.b”A ponte sobre o rio Madeira será inaugurada pelo senhor no primeiro semestre do ano que vem” afirmou Cameli.

Propaganda

Acre

Minoru Kinpara apresenta propostas na comunidade São Paulino

Publicado

em

O candidato ao Senado (Rede), Minoru Kinpara, visitou no domingo, 23, as comunidades São Paulino, o ramal do Barata e a Gleba São Jorge, localizada no ramal do vinte, quilômetro 7, sentido Sena Madureira/Manoel Urbano. No encontro, Kinpara conversou com pequenos produtores rurais e povos indígenas da região. O candidato ao Senado ratificou a necessidade de investimentos para a comunidade, como a melhoria da infraestrutura de escoamento da produção, com redução dos custos e aumento da renda dos produtores rurais.

Segundo dados do Censo Agropecuário, a agricultura familiar corresponde a 70% dos alimentos consumidos no Brasil e constitui a base econômica de 90% dos municípios brasileiros com até 20 mil habitantes, respondendo por 35% Produto Interno Bruto (PIB).

“Sem investimento em infraestrutura, abertura de ramais, é impossível gerar renda e fortalecer a cadeia produtiva. Compreendo a importância dos pequenos produtores rurais para o fortalecimento da economia”, ressaltou Kinpara na Gleba São Jorge.

Para Kinpara é necessário um olhar atento às políticas públicas voltadas à agricultura familiar, porque o segmento produz 87% da mandioca, 70% do feijão, 46% do milho, 38% do café, 34% do arroz e 21% do trigo do Brasil. Na pecuária, é responsável por 60% da produção de leite, além de 59% do rebanho suíno, 50% das aves e 30% dos bovinos do país.

Continuar lendo

Acre

Candidatos ao governo cumprem agenda no interior e na Capital

Publicado

em

A candidata Janaína Furtado (Rede) cumpre agenda nesta segunda-feira, dia 24, pelas comunidades localizadas na BR-364. Durante o dia, a política vai visitar as comunidades do Acurauá, Gregório e Liberdade. À noite, ela mantém agenda em Cruzeiro do Sul, com os apoiadores de campanha.

Já o candidato David Hall (Avante) vai fazer panfletagem no Centro de Rio Branco, a partir das 9 horas. Pela tarde, a partir das 15 horas, o candidato a governador do Acre repetem o ato político. No período noturno, Hall não terá agenda pública de campanha.

Ulysses Araújo (PSL) fica parte da segunda em Cruzeiro do Sul, onde conversa com a equipe de campanha na região e dá entrevista à TV Juruá. De lá, segue para Tarauacá, onde visita bairros e líderes comunitários aliados da campanha na região. Ulysses retorna a Rio Branco pela noite.

Continuar lendo

Acre

Ulysses critica o descaso do atual governo com os municípios

Publicado

em

O candidato a governador pelo PSL, Coronel Ulysses Araújo, liderou a Carreata Pró-Bolsonaro de Cruzeiro do Sul reunindo milhares de pessoas, no sábado, 22. Ulysses aproveitou domingo para reunir seguidores de Rodrigues Alves e Mâncio Lima.

Durante os eventos, Coronel Ulysses criticou o descaso do atual governador do Estado que abandonou as cidades do interior, deixando de gerar empregos. A falta de trabalho é um dos motivos para a ampliação do poder das facções e do aumento de mortes.

“O governador abandonou o Acre, foi incompetente, não incentivou o setor privado, obrigando os empresários a pagarem uma alta carga tributária, prejudicando a economia local. Essa crise deixou milhares de jovens desempregados, um exército que aos poucos está sendo cooptado pelo crime, matando homens e mulheres”, disse.

Coronel Ulysses ainda apontou que os mesmos “petralhas” vêm tentando estimular a violência, resultando no atentado contra o candidato a presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro.

“Querem calar o povo, querem acabar com nossos sonhos. Esse atentado representou um atentado contra nossa democracia e não podemos deixar que esses petralhas transformem o Brasil em uma Venezuela. Nossa Bandeira nunca será vermelha”, afirmou.

A Carreata Pró-Bolsonaro de Cruzeiro do Sul é a quarta mobilização realizada pelos seguidores de Bolsonaro. No sábado, 29, Rio Branco receberá uma carreata semelhante as realizadas em Sena Madureira, Assis Brasil, Epitaciolândia e Brasileia.

Acidente

Coronel Ulysses lamentou o acidente ocorrido com o candidato a deputado estadual Renê Fontes, neste domingo, na BR-364. A equipe do candidato a governador foi a primeira a chegar no local após o capotamento e a realizar os primeiros socorros.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.