Conecte-se agora

Alckmin diz que voto em Bolsonaro é o passaporte para a volta do PT

Publicado

em

O candidato tucano à Presidência da República, Geraldo Alckmin, disse que os eleitores de Jair Bolsonaro (PT) que escolheram o concorrente como forma de enfraquecer o Partido dos Trabalhadores (PT) podem sofrer um efeito reverso. Para ele, o voto em Bolsonaro é a garantia do retorno dos petistas ao Palácio do Planalto.

“É um equívoco. Tem muita gente votando no Bolsonaro porque é contra o PT, só que é o passaporte para o PT voltar”, disse ele. A declaração foi dada durante entrevista à imprensa na manhã deste sábado, 15, na sede do PSDB em Rio Branco.

“Votar no Bolsonaro é trazer o PT de volta, porque no segundo turno ele perde para o PT, perde para o Ciro, perde para o Geraldo, perde para a Marina.”

Na avaliação do tucano, Jair Bolsonaro não tem o devido preparo para tirar o país da atual crise econômica e social. Ele criticou os radicalismos tanto da esquerda quanto da direita.

“O Brasil não vai voltar a crescer com radicalismo de esquerda, o PT, que levou o país a essa situação, e nem com Bolsonaro, que não tem a menor condição no momento tão difícil esse que o Brasil está vivendo”, afirmou o presidenciável.

Sobre a pesquisa Datafolha para presidente divulgada nesta sexta, 14, o ex-governador de São Paulo afirmou que os dados apontam que o pleito está estabilizado. Para ele, as definições de fato só vão ocorrer nos últimos dias antes do primeiro turno.

Na pesquisa, Geraldo Alckmin oscilou um ponto para baixo, saindo de 10% para 9%, em cotejo com o levantamento realizado no dia 10 deste mês. De acordo com ele, a redução está dentro da margem de erro. “Está indefinido esse quadro eleitoral.”

O tucano afirmou ainda que chegará ao segundo turno, e que sairá vencedor na disputa. O otimismo foi reforçado com comparações feitas por ele desta eleição com as mais recentes realizadas no país, como a de 2016 para prefeito de São Paulo.

“O João Doria não tinha 10%. Ganhou a eleição no primeiro turno. O próprio Aécio [Neves] em 2014, a 15 dias da eleição, a Marina tinha o dobro da intenção de votos dele”, declarou.

Bandeira do Acre

Antes do início da coletiva, Geraldo Alckmin e sua mulher, Lu Alckmin, receberam presentes do presidente da executiva estadual do PSDB, Pedro Corrêa. O candidato ganhou como recordação uma bandeira do Acre com seu nome grifado logo abaixo da estrela vermelha. Já Lu Alckmin foi agraciada com porções de castanha-do-Brasil e a tradicional farinha de Cruzeiro do Sul.

Propaganda

Acre

Minoru Kinpara apresenta propostas na comunidade São Paulino

Publicado

em

O candidato ao Senado (Rede), Minoru Kinpara, visitou no domingo, 23, as comunidades São Paulino, o ramal do Barata e a Gleba São Jorge, localizada no ramal do vinte, quilômetro 7, sentido Sena Madureira/Manoel Urbano. No encontro, Kinpara conversou com pequenos produtores rurais e povos indígenas da região. O candidato ao Senado ratificou a necessidade de investimentos para a comunidade, como a melhoria da infraestrutura de escoamento da produção, com redução dos custos e aumento da renda dos produtores rurais.

Segundo dados do Censo Agropecuário, a agricultura familiar corresponde a 70% dos alimentos consumidos no Brasil e constitui a base econômica de 90% dos municípios brasileiros com até 20 mil habitantes, respondendo por 35% Produto Interno Bruto (PIB).

“Sem investimento em infraestrutura, abertura de ramais, é impossível gerar renda e fortalecer a cadeia produtiva. Compreendo a importância dos pequenos produtores rurais para o fortalecimento da economia”, ressaltou Kinpara na Gleba São Jorge.

Para Kinpara é necessário um olhar atento às políticas públicas voltadas à agricultura familiar, porque o segmento produz 87% da mandioca, 70% do feijão, 46% do milho, 38% do café, 34% do arroz e 21% do trigo do Brasil. Na pecuária, é responsável por 60% da produção de leite, além de 59% do rebanho suíno, 50% das aves e 30% dos bovinos do país.

Continuar lendo

Acre

Candidatos ao governo cumprem agenda no interior e na Capital

Publicado

em

A candidata Janaína Furtado (Rede) cumpre agenda nesta segunda-feira, dia 24, pelas comunidades localizadas na BR-364. Durante o dia, a política vai visitar as comunidades do Acurauá, Gregório e Liberdade. À noite, ela mantém agenda em Cruzeiro do Sul, com os apoiadores de campanha.

Já o candidato David Hall (Avante) vai fazer panfletagem no Centro de Rio Branco, a partir das 9 horas. Pela tarde, a partir das 15 horas, o candidato a governador do Acre repetem o ato político. No período noturno, Hall não terá agenda pública de campanha.

Ulysses Araújo (PSL) fica parte da segunda em Cruzeiro do Sul, onde conversa com a equipe de campanha na região e dá entrevista à TV Juruá. De lá, segue para Tarauacá, onde visita bairros e líderes comunitários aliados da campanha na região. Ulysses retorna a Rio Branco pela noite.

Continuar lendo

Acre

Ulysses critica o descaso do atual governo com os municípios

Publicado

em

O candidato a governador pelo PSL, Coronel Ulysses Araújo, liderou a Carreata Pró-Bolsonaro de Cruzeiro do Sul reunindo milhares de pessoas, no sábado, 22. Ulysses aproveitou domingo para reunir seguidores de Rodrigues Alves e Mâncio Lima.

Durante os eventos, Coronel Ulysses criticou o descaso do atual governador do Estado que abandonou as cidades do interior, deixando de gerar empregos. A falta de trabalho é um dos motivos para a ampliação do poder das facções e do aumento de mortes.

“O governador abandonou o Acre, foi incompetente, não incentivou o setor privado, obrigando os empresários a pagarem uma alta carga tributária, prejudicando a economia local. Essa crise deixou milhares de jovens desempregados, um exército que aos poucos está sendo cooptado pelo crime, matando homens e mulheres”, disse.

Coronel Ulysses ainda apontou que os mesmos “petralhas” vêm tentando estimular a violência, resultando no atentado contra o candidato a presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro.

“Querem calar o povo, querem acabar com nossos sonhos. Esse atentado representou um atentado contra nossa democracia e não podemos deixar que esses petralhas transformem o Brasil em uma Venezuela. Nossa Bandeira nunca será vermelha”, afirmou.

A Carreata Pró-Bolsonaro de Cruzeiro do Sul é a quarta mobilização realizada pelos seguidores de Bolsonaro. No sábado, 29, Rio Branco receberá uma carreata semelhante as realizadas em Sena Madureira, Assis Brasil, Epitaciolândia e Brasileia.

Acidente

Coronel Ulysses lamentou o acidente ocorrido com o candidato a deputado estadual Renê Fontes, neste domingo, na BR-364. A equipe do candidato a governador foi a primeira a chegar no local após o capotamento e a realizar os primeiros socorros.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.